Marabá

Acusado de roubo de moto aponta imitação de arma para PMs durante fuga e morre fuzilado

Cleison Batista Furtado, 18 anos, morreu por volta das 22h desse sábado (13), durante fuga em companhia de um comparsa, quando apontou uma imitação de pistola 9mm para uma guarnição da Polícia …

Cleison Batista Furtado, 18 anos, morreu por volta das 22h desse sábado (13), durante fuga em companhia de um comparsa, quando apontou uma imitação de pistola 9mm para uma guarnição da Polícia Militar e foi baleado. Enquanto tombava diante dos policiais, o colega dele, que de fato teria atirado contra os militares, desapareceu no matagal em meio à escuridão. Furtado e o colega estavam na moto Honda Biz branca de placa OTF-0026 quando, ao avistarem a guarnição da Ronda Ostensiva com Apoio de Motos (Rocam) à altura da rotatória do Bairro Tropical, aceleraram o veículo e despertaram suspeitas. Seguidos de perto pela PM, largaram a moto e se embrenharam no mato.

Arma imitação

O fato foi relatado pelo Cabo Dias, do 23º Batalhão de Polícia Militar, que comandava a guarnição formada também pelos soldados Leal e Mateus. Segundo ele, assim que a dupla entrou no matagal os policiais também entraram, mas, alguns metros adiante, foram recebidos a tiros.

Logo depois, avistaram Cleison Furtado que, segundo narra o cabo, corria e olhava para trás apontando a arma para os PMs, tendo sido baleado. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Municipal, onde já chegou sem vida. Diante da constatação de que a arma não era de verdade, Dias acredita que quem atirou contra a guarnição foi o indivíduo que fugiu pelo mato.

A moto foi roubada há uma semana, seu proprietário compareceu à Delegacia de Polícia Civil e reconheceu, pela foto, Cleison Furtado como uma das pessoas que lhe tomou o veículo, o qual provavelmente estava sendo empregado para o cometimento de outros crimes na cidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe seu comentário