375 mil empresas estão ativas no Pará; veja ranking dos municípios

Embora número de CNJPs cadastrados seja considerável, só 125 mil eram de fato geradores de emprego com carteira assinada, segundo o Ministério do Trabalho. Belém lidera estatísticas.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

As 15 cidades mais empreendedoras do Pará reúnem aproximadamente 249 mil empresas ativas no estado, todavia o número pode chegar a 375 mil consideradas as outras localidades mais distantes da realidade dos principais centros urbanos. As informações constam de um rastreamento feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) com dados de 2019 a que o Blog do Zé Dudu teve acesso.

De acordo com o instituto, a capital paraense detém 27,5% das empresas ativas no estado, o que representa 103 mil unidades. Isso não necessariamente quer dizer que todas elas estejam gerando emprego e renda no estado. O Blog levantou junto ao Ministério do Trabalho que apenas 30 mil empresas de Belém geram de fato empregos formais com carteira assinada, o que corresponde a um terço das unidades ativas.

Em Ananindeua, segundo município mais populoso do Pará, estão 33,1 mil empresas abertas, aproximadamente 9% do total do estado. Dessas, contudo, apenas 7.000 são empregadoras. O IBPT também registra 19,3 mil empresas em Santarém; 16,7 mil em Marabá; 14,1 mil em Parauapebas; e 11,9 mil em Castanhal. Esses municípios são as principais praças econômicas paraenses, do ponto de vista da movimentação financeira urbana.

Segundo o Ministério do Trabalho, Santarém registra 7.300 estabelecimentos empregadores; Marabá, 6.500; Parauapebas, 4.900; e Castanhal, 4.500. No Pará inteiro, o total de empresas que conta com empregados com carteira registrada é de 125,2 mil unidades. Elas recrutavam 726 mil trabalhadores em 2019, de acordo com números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Publicidade

Relacionados