Parauapebas e Marabá batem recorde de emprego na construção civil

Enquanto capital do ferro lidera volume financeiro de contratos, capital do cobre é campeã em quantidade de obras na área urbana. Na outra ponta, Pacajá, Vitória do Xingu e Barcarena afundam em demissões. Pará inteiro abriu 12,5 mil empregos com carteira assinada este ano.