Corpo de homem morto durante ação da PM continua sem identificação

Os detalhes do caso, assim como a identidade do morto, são desconhecidos. A equipe da Rocam que participou da operação prefere o silêncio. Mistério!
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Continua sem identificação, no Centro de Perícias Científicas, em Parauapebas, o corpo de um indivíduo de cor morena com várias tatuagens espalhadas pelo corpo. Ele morreu durante intervenção policial, sobre a qual não há informações, uma vez que os integrantes da guarnição da Rocam (Rondas Ostensivas com o Apoio de Motos), da Polícia Militar, que protagonizou o caso prefere silenciar sobre a situação.

Segundo as poucas informações colhidas pela Reportagem do Blog, o fato, cujos detalhes são desconhecidos, se registrou por volta das 23h40, de ontem, quinta-feira (17), no Bairro Cidade Jardim, em uma rua paralela à Rodovia PA-275, mais precisamente por trás de uma automecânica.

O desconhecido foi encaminhado para o necrotério do Hospital Geral de Parauapebas (HGP), depois removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) e transferido para o Centro de Perícia Científica Renato Chaves, onde aguarda que alguém da família apareça para reconhecimento do corpo. Caso contrário o cadáver será enterrado como indigente em 30 dias após ter dado entrada na câmara fria do CPC de Parauapebas.

(Caetano Silva)

Publicidade

Relacionados