Notícias

Vereadora solicita doação de área para construção de centro profissionalizante para mulheres em Parauapebas

O mercado de trabalho está cada dia mais exigente quanto a qualificação profissional dos trabalhadores e quem não se capacita, acaba ficando sem emprego ou sem a opção de uma …

luzinete-parauapebas1O mercado de trabalho está cada dia mais exigente quanto a qualificação profissional dos trabalhadores e quem não se capacita, acaba ficando sem emprego ou sem a opção de uma boa remuneração. Em Parauapebas essa realidade não é diferente. Com o intuito de fomentar a capacitação das trabalhadoras o município, a vereadora Irmã Luzinete (PV) apresentou o Requerimento Nº 014/2014, solicitando ao prefeito Valmir Mariano e ao Secretário Municipal de Obras, Raimundo Queiroga, a construção de um centro profissionalizante para mulheres na cidade.

A parlamentar argumentou que “para se destacar no mercado de trabalho a pessoa precisa se preparar para não ser apenas mais uma no meio da multidão em busca de emprego, e nada melhor do que aprofundar os conhecimentos das mulheres de nossa cidade e gerar oportunidade de emprego e renda do que fazer cursos profissionalizantes”.

4 comentários em “Vereadora solicita doação de área para construção de centro profissionalizante para mulheres em Parauapebas

  1. Pers Picácio Responder

    Se as mulheres têm as mesmas funções dos homens, e homens com funções que antes eram só de mulheres, porque um centro profissionlizante só para mulheres? para treinar qual profissão? Qual profissão ainda é exclusiva de mulheres? se existe essa profissão exclusiva é mesmo necessário um centro profissionalizante só para essa profissão?
    Ainda tem gente que parabeniza!!

  2. Solange Sousa Responder

    Parabéns pela iniciativa vereadora!!!!!!
    No mês das mulheres não há homenagem melhor de que saber que existe liderança preparando melhores perspectivas para todas nós!!!

  3. Antônio Carlos Bailão Responder

    Acho uma boa iniciativa….mas não seria melhor disponibilizar para ambos os sexos?

Deixe seu comentário