Tolerância Zero acaba com festa de aniversário e encontro social em Jacundá

Mais de 150 pessoas foram abordadas na noite de sexta-feira na cidade. Participaram da operação Polícia Militar, Polícia Civil, Agentes de Trânsito e fiscais da Vigilância Sanitária
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um batalhão de agentes de segurança pública e da Vigilância Sanitária deram início à Operação Tolerância Zero, na noite de sexta-feira (19), em Jacundá. Mais de 160 pessoas foram abordadas em bares, encontros sociais e aniversários. Nesses locais haviam aglomerações com mais de 30 integrantes.

O novo comandante da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar, major Emmett Alexandre Moulton, disse que a operação obteve resultados positivos ao abordar 162 pessoas na noite de sexta-feira. “Pedimos, nesse momento, a colaboração da população. Em primeiro lugar, fazer uso de máscara de proteção, inclusive [a falta do acessório], pode causar multa ao infrator. Em segundo lugar, evite aglomerações e fique em casa para [se proteger e] proteger as pessoas do grupo de risco”.

“Fazer cumprir tanto o decreto municipal quanto o estadual no tocante ao combate mais eficaz contra a pandemia do novo coronavírus é o objetivo dessa operação que começou hoje”, detalhou o delegado de Polícia Civil Sérgio Máximo dos Santos. A transgressão aos decretos pode resultar em advertência, seguido por aplicação de multa no caso de reincidente e abertura de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Um total de 48 pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil de Jacundá, onde vão responder a TCO e três atos infracionais envolvendo adolescente, totalizado 51 pessoas. Também foi aplicada sanção administrativa contra três estabelecimentos comerciais e outros cinco fiscalizados.

Os agentes notificaram um total de 100 pessoas flagradas sem a máscara de proteção, objeto obrigatório em todo o País. Cinquenta e nove condutores de carros e motos foram abordados na noite de sexta-feira, onde 31 receberam multas por infringir o código de trânsito e três tiveram os veículos apreendidos.

Um grupo de 10 pessoas estava em aniversário e outras 20 pessoas realizavam encontro social numa chácara, além disso houve um flagrante de alcoolemia de um adolescente e 17 pessoas intimadas a prestar esclarecimento na Depol local.

“Todos os munícipes que foram contemplados com a ação receberam máscaras e orientações do uso das mesmas, bem como a importância do cumprimento do Decreto Municipal e Decreto Estadual, acerca do enfrentamento à pandemia”, conclui o major Emmett. Participaram da operação a Polícia Militar, Polícia Civil, DMTU e Vigilância Sanitária.

(Antonio Barroso)

Publicidade