Sem dificuldades, Remo vence o Manaus no Baenão e avança para as semifinais da Copa Verde

O Leão Azul despachou o Gavião e agora encara o Paysandu em dois jogos pela competição nacional
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Clube do Remo não teve dificuldades e venceu o Manaus (AM), por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, 24, no Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém. O duelo entre paraenses e amazonenses foi válido pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Verde 2021. Com a classificação confirmada, o Leão Azul encara o Paysandu em dois jogos, com o primeiro marcado para a próxima quarta-feira, 1°, às 20h, no Estádio da Curuzu, e o segundo no dia 04 de dezembro, às 17h, no Estádio Baenão.

O Remo abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com dois gols do atacante Neto Pessoa, aos 32, de cabeça, e aos 42 minutos. No segundo tempo, o meia Erick Flores decretou a vitória remista, aos 28 minutos. Mas antes dos confrontos contra o maior rival, o Clube do Remo entra em campo diante do Confiança (SE), no próximo domingo, 28, às 16h, no Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Só a vitória interessa ao Leão Azul para permanecer na segunda divisão nacional.

O jogo: Vai ter Re x Pa!

O Remo chegou com Felipe Gedoz, que arriscou de longe e a bola passou perto da meta do goleiro Gleibson. Outra vez o Leão Azul chegou com Matheus Oliveira, que deu passe para Lucas Tocantins, o atacante deixou para Neto Pessoa, a bola desviou na zaga e foi para escanteio. O Manaus chegou com Daniel Costa, que cobrou falta e a bola saiu pela linha de fundo.

O time azulino tentou novamente com Matheus Oliveira, que cruzou na área, e o atacante Lucas Tocantins dividiu com o goleiro Gleibson, a arbitragem paralisou e deu falta em cima do arqueiro manauara. Após toque de bola pelo meio, Derlan disparou e a redonda passou a direita da meta do goleiro Vinícius. O Remo tentou com Lucas Tocantins, que invadiu a área e foi tocado pelo zagueiro Thiago Spice, mas a arbitragem mandou seguir o lance.

Só que o gol remista não demorou. Felipe Gedoz cobrou falta no segundo pau e Neto Pessoa cabeceou para o fundo do barbante, aos 32 minutos, 1 a 0 Leão. O Remo seguia na pressão. Após troca de passes, Igor Fernandes chutou, o goleiro Gleibson rebateu e na sobra, Lucas Tocantins finalizou mal para fora. Em mais uma tentativa azulina, Neto Pessoa cruzou da direita, Felipe Gedoz subiu de cabeça, mas a bola passou direto para o fundo do barbante, aos 42 minutos, 2 a 0 Leão Azul.

O terceiro quase saiu com Felipe Gedoz, que cobrou falta diretamente para o gol e acertou na trave, na volta, a zaga do Manaus despachou o perigo. No segundo tempo, Márcio Passos arriscou um chute de fora da área e assustou o goleiro Vinícius. O Remo voltou a pressionar. O meia Felipe Gedoz chutou, a bola pegou na defesa e na sobra, o mesmo Gedoz disparou para fora. No lance seguinte, Felipe Gedoz chutou colocado e o goleiro Gleibson fez a defesa, na sobra, a zaga conseguiu aliviar o perigo.

O Gavião tentou marcar com Philip, mas o chute parou na defesa do goleiro Vinícius, que espalmou para escanteio. Após a cobrança de escanteio, Vitinho cabeceou à queima-roupa, o goleiro Vinícius salvou o Remo na pequena área. O Leão respondeu rapidamente com Rafinha, que em jogada individual acabou chutando por cima da meta adversária e se machucando no lance.

Após boa tabela entre Jefferson e Neto Pessoa, Jefferson chutou forte e o goleiro Gleibson defendeu e na sobra, Erick Flores mandou para o fundo do barbante, aos 28 minutos, 3 a 0. Daniel Costa tentou diminuir em cobrança de falta, o goleiro Vinícius espalmou para escanteio. Placar final: Remo 3 x 0 Manaus.

FICHA TÉCNICA

REMO: Vinícius; Wellington Silva (Thiago Ennes), Romércio, Fredson e Igor Fernandes; Neto Moura, Lucas Siqueira e Felipe Gedoz (Erick Flores); Matheus Oliveira (Jefferson), Lucas Tocantins (Rafinha) (Ronald) e Neto Pessoa. Técnico: Eduardo Baptista

MANAUS: Gleibson; Edvan, Thiago Spice, Luís Fernando e Ronaell (Vitinho); Derlan, Márcio Passos, Júlio Rusch (Jefferson) e Daniel Costa; Jackie Chan (Philip) e Rafhael Lucas (Ibiapino). Técnico: Evaristo Piza

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)

Árbitro Assistente 1: Fabiano da Silva Ramires (ES)

Árbitro Assistente 2: Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Quarto Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (PA)

Cartões amarelos: Matheus Oliveira, Dr.Milton Alencar Júnior, Neto Moura e Thiago Ennes (Remo); Luís Fernando (Manaus)

Gols: Neto Pessoa, de cabeça, aos 32, e aos 42 minutos do 1° tempo; Erick Flores, aos 28 minutos do 2° tempo para o Remo

Local: Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém

Por Fábio Relvas / Foto: Samara Miranda (Ascom Remo)