Esportes

Remo conquista vaga antecipada com empate contra o Paysandu

Paysandu Sport Club e Clube do Remo voltaram a se enfrentar pelo Campeonato Paraense de 2019. Na tarde deste domingo (24), Leão e Papão fizeram um duelo bastante equilibrado, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém, e o placar de 1 a 1, foi o reflexo do que foi a partida válida pela 9ª rodada do Parazão. O Remo saiu na frente com um golaço de falta assinalado por Douglas Packer, aos 22 minutos do 1° tempo. O Paysandu empatou no último lance da primeira etapa, no chute de fora da área de Diego Matos, que contou com a falha do goleiro Vinícius, aos 45 minutos.

Com o resultado, o Clube do Remo já se garantiu nas semifinais do Parazão com uma rodada de antecipação. Os azulinos chegaram aos 16 pontos e seguem na liderança do Grupo A1. Já o Paysandu, apesar de ser o único time invicto na competição estadual, ainda não se garantiu matematicamente na semifinal. O Papão é líder do Grupo A2, com 19 pontos, e precisa só de um empate na última rodada para se garantir.

O jogo: Papão x Leão – Remo classificado para as semifinais!

O Paysandu chegou primeiro com Marcos Antônio, que arriscou um chute forte, o goleiro Vinícius se esticou todo e fez a defesa. O Remo respondeu quando Djalma tocou bem na direita para Geovane que cruzou, a bola passou na boca do gol e o zagueiro Victor Oliveira cortou para escanteio. Na cobrança de escanteio, o goleiro Mota saiu mal e o zagueiro Kevem cabeceou na trave, a bola sobrou para o mesmo Kevem que mandou por cima.

Outra vez o Papão chegou quando se aproveitou de um vacilo azulino, Geovane escorregou sozinho, a bola ficou com Vinícius Leite que carregou e chutou, mas a o goleiro Vinícius bem posicionado fez a defesa. O Leão voltou a atacar quando Dedeco sofreu falta próxima da área. O meia Douglas Packer cobrou com perfeição, no ângulo do goleiro Mota, um golaço, 1 a 0, aos 22 minutos, festa do Fenômeno Azul no Mangueirão.

O time bicolor teve que sair para o jogo em busca do empate. Thiago Primão lançou bola na área, o atacante Paulo Henrique disputou com o zagueiro Marcão e ganhou escanteio para o Papão. Em uma falta ensaiada, a bola foi lançada dentro da área remista, o atacante Paulo Henrique ficou de frente para empatar, mas o goleiro Vinícius esperto saiu para fazer o corte. Novamente o bicolor estadual levou perigo com Nicolas, que fez boa jogada individual, entrou na área e cruzou, a bola passou da defesa do Remo e do atacante Paulo Henrique.

O Leão Azul quase marcou o segundo, quando Douglas Packer cruzou na medida para a cabeçada de Gustavo Ramos, a bola passou muito perto do travessão do goleiro Mota. Quem marcou mesmo foi o Paysandu. O lateral-esquerdo Diego Matos recebeu passe e sozinho disparou, o goleiro Vinícius foi tão confiante na bola que deixou passar, falhando feio, 1 a 1, aos 45 minutos, festa da Fiel Bicolor.

Após a correria do primeiro tempo, os times deram uma maneirada na etapa final e se respeitaram bastante dentro de campo. O Remo chegou primeiro com Dedeco, que se livrou da marcação e tocou para trás, Gustavo Ramos chutou e a bola bateu no zagueiro Micael dentro da área, a torcida azulina e os jogadores do Leão pediram pênalti, mas o árbitro Joelson Nazareno Ferreira Cardoso, da CBF, mandou o jogo seguir.

Outra vez o Leão chegou. Douglas Packer cobrou escanteio, o atacante Mário Sérgio cabeceou e o goleiro Mota defendeu quase em cima da linha, um verdadeiro milagre do arqueiro bicolor. A torcida azulina ficou no “uh”. O árbitro levou o clássico até aos 49 minutos. Placar final: Paysandu 1 x 1 Remo.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Mota; Bruno Oliveira, Micael, Victor Oliveira e Diego Matos; Caíque Oliveira, Marcos Antônio (Alan Calbergue) e Thiago Primão (Alex Galinho); Vinícius Leite, Nicolas e Paulo Henrique (Paulo Rangel). Técnico: Leandro Niehues

REMO: Vinícius; Geovane, Marcão, Kevem e Rafael Jansen; Djalma, Dedeco, Diogo Sodré (Echeverría) e Douglas Packer; Mário Sérgio (Alex Sandro) e Gustavo Ramos (David Batista). Técnico: Márcio Fernandes

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (CBF)

Assistentes: José Ricardo Guimarães Coimbra (CBF) e Bárbara Roberta Costa Loiola (CBF)

Quarto árbitro: Djonaltan Costa Araújo (CBF)

Quinto árbitro: Ignácio José de Almeida Pedro

Cartões amarelos: Marcos Antônio, Micael, Paulo Rangel e Diego Matos (Paysandu); Geovane, Rafael Jansen e Djalma (Remo)

Gols: Douglas Packer, de falta, aos 22 minutos do 1° tempo para o Remo; Diego Matos, aos 45 minutos do 1° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém

Classificação do Parazão 2019

Grupo A1

1° Remo: 16 pontos

2° Águia: 13 pontos

3° Bragantino: 12 pontos

4° Castanhal: 10 pontos

5° São Francisco: 5 pontos

Grupo A2

1° Paysandu: 19 pontos

2° Independente: 17 pontos

3° Paragominas: 16 pontos

4° Tapajós: 7 pontos

5° São Raimundo: 3 pontos

Por Fábio Relvas / Foto: Paysandu Sport Club

Deixe seu comentário