Redenção

Redenção não terá carnaval oficial pelo quarto ano consecutivo

A Prefeitura Municipal de Redenção, por meio do gestor municipal Carlo Iavé Furtado de Araújo, decidiu não realizar o carnaval em praça pública neste ano de 2019. De acordo com o prefeito, o recurso que seria investido na folia será aplicado em obras na cidade. “O carnaval é bom, porém não vamos realizá-lo aqui em nossa cidade. O dinheiro que seria utilizado vai ser aplicado na drenagem profunda das avenidas Benjamim Guimarães, Bahia e Nova Prata e na construção da ponte da Avenida Mato Grosso”, anunciou ele.

A notícia não agradou boa parte dos redencenses. “Este prefeito é o pior que já entrou aqui nesta prefeitura. Ele disse que com o dinheiro vai construir obras? Tem que fazer festa. O carnaval acontece apenas uma vez por ano, têm que fazer circular dinheiro em nossa cidade, assim, os empresários ganham, os vendedores ambulantes ganham e todos nós saímos ganhando. Ano passado não teve, tivemos que sair para o município vizinho para comemorar, agora teremos que ir de novo? Faz festa para o povo prefeito”, desabafou o borracheiro Júlio Cezar da Silva.

Em contrapartida, há também quem concorde com a medida e apoie o prefeito, como a dona de casa Nazaré Aparecida de Jesus: “Acredito que o prefeito sabe o que está fazendo. Só acho que investir em obras não seria o ideal, sabemos que tem recurso para isso. Que tal o prefeito investir na saúde publica? Pois, sabemos que aqui em Redenção a saúde está ruim. Prefeito, repense a sua posição e aplique na saúde o dinheiro que veio destinado para o carnaval”, sugeriu a dona de casa.

Em 2018 o prefeito Carlo Iavé Furtado também não realizou o evento tradicional em Redenção. Com o dinheiro que seria aplicado no carnaval, foi adquirida uma van equipada para transportar pacientes renais que fazem hemodiálise no Hospital Regional de Redenção. Vale ressaltar que a última festa de carnaval realizada em Redenção ocorreu em 2015.

Deixe seu comentário