Praça São Félix de Valois em Marabá se transforma em sala de cinema no sábado

A iniciativa tem patrocínio da Vale, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Neste sábado (2), a Praça São Félix de Valois, na Marabá Pioneira, vai se transformar numa sala de cinema ao ar livre. Trata-se da apresentação do projeto Cultura na Praça, patrocinado pela Vale, via Lei Rouanet, com apoio da prefeitura e da Secretaria de Cultura.

A programação inicia a partir das 17 horas, com a exibição da aventura infanto-juvenil, “D.P.A – Detetives do Prédio Azul”. O projeto tem por objetivo ampliar o contato das pessoas com o cinema brasileiro e a ocupar artisticamente os espaços públicos. Além da sessão de cinema, artistas locais terão espaço para apresentar a sua arte.

Antes de Marabá, o Cultura na Praça  passou pelas cidades de Canaã dos Carajás, Parauapebas e Curionópolis, na vila de Serra Pelada. Graças ao patrocínio da mineradora, o projeto ainda seguirá para cidades de Alto Alegre do Pindaré, Igarapé do Meio e Vitória do Mearim, no  Maranhão

O cineasta e coordenador geral do projeto Vivas Cultura, Gilberto Scarpa fala da iniciativa. “Além do acesso à produção cinematográfica nacional, queremos estimular o encontro das famílias nos espaços públicos. Pois quando transformamos praças em salas de cinema, estimulamos novas experiências à população”, ressalta.

CulturaNaPraça_1

A gerente de Patrocínios da Vale, Christiana Saldanha, destaca a importância da parceria.  “É por acreditar no potencial transformador que tem a cultura e o acesso ao conhecimento, que a Vale patrocina projetos como esse”.

O Cultura na Praça vai promover também uma oficina de audiovisual com profissionais locais nesta sexta-feira, 1º de junho, para alunos da Escola Municipal José Mendonça Virgulino, na Marabá Pioneira.

Sobre o Filme “D.P.A – Detetives do Prédio Azul”

Os Detetives do Prédio Azul, Pippo (Pedro Henriques Motta), Sol (Leticia Braga) e Bento (Anderson Lima) se infiltram na festa de Dona Leocádia (Tamara Taxman), a terrível síndica que é, literalmente, uma bruxa. Eles presenciam um crime mágico quase perfeito, que condena o Prédio Azul a uma demolição de emergência. Para salvar o edifício, eles precisam sair pela cidade do Rio de Janeiro para investigar os principais suspeitos, que são quatro poderosos bruxos. Para resolver esse caso, o trio vai contar com a ajuda do porteiro Severino (Ronaldo Reis), que empresta sua Kombi azul novinha para a missão. A aventura fica completa quando Tom (Caio Manhente), Mila (Letícia Pedro) e Capim (Cauê Campos), os detetives veteranos, são trazidos de volta ao Rio para ajudar no caso, tornando os Detetives do Prédio Azul mais imbatíveis do que nunca.

Serviço

Marabá – 02/06 Local: Praça São Félix de Valois, a partir das 17h.

Ascom Vale
Publicidade