Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

População de Jacundá pede justiça para a morte de professor

Motociclista que atingiu Jairo Miranda continua sem identificação. A Polícia Civil pede ajuda da população para identificar o “acrobata da morte”
Continua depois da publicidade

Estudantes, educadores e amigos do professor Jairo Miranda, morto ao ser atingido por uma moto na noite de sábado (29), em Jacundá, estão mobilizando uma manifestação pela paz no trânsito que acontecerá a partir das 16h desta quarta-feira (3), com ponto de concentração na Escola Maria da Glória Rodrigues Paixão.

O professor Jairo se preparava para sair com sua moto na Rua 10 de Julho, Bairro Aparecida, que foi atingido imprudentemente por uma moto modelo Honda Fan, cor preta, pilotada um rapaz com identidade ainda desconhecida, que empinou o veículo causando o acidente. Na garupa estava um passageiro também não identificado.

Os dois, logo após atingirem o professor, saíram do local sem prestar socorro. E, na fuga, atingiram ainda outra moto em que estavam mãe e filho. Neste caso, ambos estão hospitalizados na cidade de Tucuruí, para onde foram transferidos do Hospital Municipal Maria Cecília de Oliveira. Enquanto o professor teve morte instantânea.

Veja também:  Acidente com morte na madrugada divide opinião de internautas em Marabá

Diante do caso e de outros semelhantes registrados na cidade, moradores vão promover uma mobilização para chamar atenção das autoridades. No texto distribuído pelas redes sociais, o alerta para os inúmeros casos de acidentes provados por motociclistas que empinam moto na cidade.

“Chega de violência no TRÂNSITO! Sociedade de modo geral nos ajudem. Precisamos nos unir e darmos um basta neste cenário triste na história de Jacundá. Amanhã, contamos com a sua presença nesse grande ato. Junte-se a nós! Concentração a partir das 16:00h, em frente a EEEM Profª Maria da Glória”.

Por outro lado, um inquérito foi aberto Pela Polícia Civil de Jacundá e a investigação para identificar o autor do acidente continua. A polícia pede ajuda da população para que forneça qualquer informação sobre o paradeiro da dupla da moto que matou o professor Jairo Miranda.

Deixe uma resposta