Polícia Civil prende acusado de assassinato cometido em janeiro deste ano

Investigações o apontam como autor do assassinato de Felipe da Silva Alves, 22 anos, ocorrido no Bairro Nova Vida II
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
André Luís Carvalho Pereira

Continua depois da publicidade

Investigadores do Departamento de Homicídios da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas deram cumprimento, nesta sexta-feira (24), a Mandado de Prisão Preventiva expedido pela Justiça e capturaram André Luís Carvalho Pereira, apontado como autor do assassinato de Felipe da Silva Alves, 22 anos, ocorrido em 16 de janeiro deste ano. 

Natural de Lago Verde (MA), Felipe foi morto quando estava na casa de um amigo, na Rua Morumbi, Bairro Nova Vida II. O dono do imóvel precisou sair por alguns minutos e disse que o rapaz, que estava deitado em uma rede, tomasse conta de uma criança de cinco anos até que voltasse.

Porém, assim que se afastou alguns metros, ouviu alguém gritar “É um assalto” e, em seguida, escutou os estampidos de pelo menos três disparos de arma de fogo. Ao voltar rapidamente, Felipe Alves já estava morto. A criança foi ferida de raspão em uma das pernas.

Testemunhas contam que os atiradores chegaram em um carro preto, desceram do veículo, atiraram no jovem e deixaram a casa em seguida. No local, comentários davam conta de que a execução teria como motivo uma briga entre facções criminosas que atuam em Parauapebas.

Felipe Alves, que morava com a família na VS-10, não tinha passagem pela polícia e era tido como pessoa sem inimigos ou envolvimento com o crime; perfil confirmado por seus familiares, que chegaram logo após o assassinato, assim que foram avisados.

(Caetano Silva)