Parauapebas: Semel vai iniciar aulas do PEC em dois polos da cidade

As aulas começam nesta terça-feira (10). O projeto, que foi reformulado, vai preparar crianças e adolescentes de 6 a 17 anos em diversas modalidades esportivas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) inicia, nesta terça-feira (10), as aulas das escolinhas de inciativa esportivas. O objetivo do projeto social desenvolvido pela prefeitura, além da inclusão social, é preparar os alunos ao longo da caminhada para no futuro, quem sabe, se tornarem atletas com reconhecimento nacional e até mundial.

Par essa nova etapa, após a paralisação devido à pandemia, a inciativa social foi toda reformulada e recebeu o nome de Projeto Esporte e Cidadania (Pec). “Estamos realizando treinamentos e reuniões de nivelamento juntos aos instrutores. A preocupação da Semel é que tudo ocorra dentro dos protocolos de segurança e, para isso, alguns cuidados precisam ser respeitados, como o distanciamento durante a permanência em sala de aula e o uso de máscaras, tanto para professores quanto alunos. Não será permitido o compartilhamento de objetos pessoais, como garrafas de água”, explicou a coordenadora do PEC, Rosânia Correia.

Segundo a Semel, o PEC vai preparar crianças e adolescentes de 6 a 17 anos em diversas modalidades esportivas como karatê, judô, jiu-jitsu, capoeira, balé, bicicross, xadrez, vôlei, futebol, handebol e futsal. O projeto ainda conta com aulas de zumba, que esse ano abriu espaços para jovens a partir de 16 anos.

Por conta da pandemia, apenas algumas modalidades foram liberadas e devem funcionar somente em dois, dos dez polos, que estão sendo preparados para o retorno total, mas até lá precisam ser liberados pelos órgãos de saúde.

Nesta terça-feira, voltas às aulas no Polo do Ginásio Poliesportivo Islander Sousa, com as modalidades: Karatê, capoeira, judô, jiu-jitsu, balé e voleibol; e Polo da Praça da Juventude, com as modalidades: Judô, capoeira, karatê e balé.

De acordo com a Semel, para os dois polos as modalidades de futsal e zumba tem previsão de iniciar no final de agosto. “Muitas pessoas têm nos perguntado se o futebol vai voltar ainda esse ano. Sim, estamos nessa expectativa, mas queremos analisar melhor o cenário em relação à pandemia, para poder liberar as modalidades de equipes. Aguardamos também os processos licitatórios, que ainda estão em tramitação, para a aquisição de equipamentos para iniciarmos o futebol e outras modalidades. Precisamos pensar na proteção de todos, por isso vamos voltar com as aulas aos poucos”, esclareceu o secretário municipal de Esporte e Lazer, Leandro Gambeta.

No total, a Semel realizou cerca de 2 mil inscrições, porém apenas 40% desse número está programado para começar as atividades juntamente com 40 instrutores. Para os alunos da faixa etária de 6 a 17 anos, as aulas devem acontecer das 8h às 17 horas. Já os alunos matriculados na zumba, as aulas inicialmente serão às 19h, sempre de segunda a sexta-feira, de acordo com seu respectivo polo.

Tina DeBord – com informações da Ascom PMP