Parauapebas: Município conclui primeira fase de imunização contra Covid-19

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, foram imunizados 1.748 profissionais da área médica nessa primeira remessa de vacinas enviadas ao município pelo Ministério da Saúde, além de indígenas e idosos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas (Semsa) concluiu a imunização dos profissionais de saúde com a primeira remessa de vacina contra a Covid-19, que foi enviada pelo Ministério da Saúde (MS). De acordo com os dados da secretaria, 1.748 profissionais foram imunizados.

A prioridade foi para os que atuam na linha de frente do atendimento aos casos de pessoas com a doença. A vacinação iniciou dia 19, na ala de atendimento aos casos de Covid-19 do Hospital Geral de Parauapebas (HGP) e prosseguiu na UPA, Serviço Móvel de Urgência (Samu), Unidades Básicas de Saúde (UBS) polo, Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), UBS da zona rural, setor de Epidemiologia e no Aconchego do Idoso.

Após receber a primeira dose da vacina, o enfermeiro Thiago Tinelli, da ala de Covid-19 do HGP, disse que a imunização deixa os profissionais mais tranquilos para trabalhar. “A vacinação é importante porque imuniza a gente, que está na linha de frente, e nos dá mais segurança nessa batalha. Isso certamente nos ajuda a oferecer um atendimento de mais qualidade à população”, ressaltou o enfermeiro.

Ainda segundo a Semsa, os profissionais da rede privada também foram vacinados, 110 doses foram aplicadas em quem trabalha na linha de frente da Covid-19 no Hospital Yutaka Takeda, UTI Intensicare, Hospital São Sebastião e Hospital Santa Terezinha. No aconchego dos idosos foram vacinados os profissionais de saúde que atuam lá e também 17 idosos.

Ainda de acordo com a secretaria, a vacinação dessa primeira fase também contemplou a comunidade indígena. Foram aplicadas 1.057 doses pelos profissionais da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). As aldeias estão no território de Parauapebas, por isso os imunobiológicos foram recebidos pelo município.

A Semsa informa que, na última quinta-feira (21), o município repassou aos profissionais da Sesai todas as doses destinadas aos indígenas. O atendimento ocorreu nas próprias aldeias.

O número de doses que o Ministério da Saúde enviou a Parauapebas não foi suficiente para atender a nossa demanda de profissionais de saúde, somente 40% deles foram vacinados nesta primeira remessa. Estamos aguardando o envio de mais doses. Tanto os profissionais de saúde quanto a comunidade podem ficar tranquilos que mantemos total transparência e controle da aplicação das doses”, afirma Michelle Ferreira, diretora da vigilância em saúde da Semsa.

No total, diz a secretaria, Parauapebas recebeu na primeira remessa 2.822 doses, das quais 2.404 são Coronavac e 418 Astrazeneca. O município agora aguarda o envio de novas doses da vacina pelo Ministério da Saúde para prosseguir com o plano de vacinação de acordo com as orientações estabelecidas no Plano Nacional de Imunização.

(Tina DeBord- com informações da Ascom PMP)

Publicidade