Esportes

Parauapebas é goleado pelo Bragantino dentro do estádio Rosenão e cai para o quarto lugar da Chave A2

Por Fábio Relvas Fotos: Carlos Campos O Parauapebas Futebol Clube decepcionou o seu torcedor na tarde deste domingo (04), quando caiu para o Bragantino, pelo placar de 4 a 2, e …

Por Fábio Relvas
Fotos: Carlos Campos

O Parauapebas Futebol Clube decepcionou o seu torcedor na tarde deste domingo (04), quando caiu para o Bragantino, pelo placar de 4 a 2, e despencou na Chave A2 do Campeonato Paraense. O time ocupa agora o 4º lugar com cinco pontos conquistados. A partida foi realizada no Estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, válida pela quinta rodada do estadual.

O jogo: Parauapebas 2 x 4 Bragantino – Que tiro foi esse PFC!

As duas equipes enfrentaram a chuva e o gramado pesado do Estádio Rosenão. O Bragantino chegou primeiro com Kleber Queiroz, que cruzou e a bola passou assustando; Max Carrasco respondeu para o Parauapebas, mas o chute foi por cima da meta. O Tubarão do Caeté chegou pela segunda vez e foi fatal: Alan Calbergue cobrou falta e o zagueiro Ronny Taperaçu subiu com estilo para marcar, aos 17 minutos do 1º tempo, 1 a 0 para os visitantes.

Com o gol sofrido, o PFC se soltou mais em campo. O lateral-esquerdo Rafinha chutou e a bola passou perto. Em seguida, o atacante Monga ganhou na dividida e chutou para a boa defesa de Paulo Ricardo, que colocou para escanteio. De tanto insistir, o Gigante de Aço chegou lá: Maninho tocou pelo meio para Max Carrasco, que ajeitou para o chute certeiro de Luiz Fernando, a bola foi no ângulo, um golaço, aos 36 minutos, 1 a 1.

WhatsApp Image 2018-02-04 at 21.48.24 (2)

Na segunda etapa, em menos de um minuto, Romarinho pegou uma sobra de bola e mandou um chutaço, na gaveta: outro belo gol no Rosenão, 2 a 1, Bragantino. Logo depois, aos cinco minutos, o PFC voltou a empatar, quando Maninho passou da marcação e bateu forte no canto, deixando o goleiro Paulo Ricardo sem ação, 2 a 2. O jogo pegou fogo e logo depois, o Gigante de Aço quase virou a partida: Ângelo fez boa jogada pela direita e cruzou para Maninho, que sozinho mandou para fora.

O time do PFC seguiu em cima. Tiago Baiano cruzou da direita para Monga, o atacante bateu de primeira e o goleiro Paulo Ricardo fez a defesa. Em uma jogada mais forte, o meia Wellington Cabeça derrubou o adversário e recebeu o segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho. Daí em diante, o Parauapebas se perdeu em campo. Alan Calbergue chutou de fora da área, e Bruno salvou para escanteio.

Maninho fez grande jogada individual, se livrou da marcação, mas chutou em cima de Paulo Ricardo. O Tubarão do Caeté teve a chance com Paulo de Tárcio, que mandou de voleio para a defesa do goleiro Bruno. Romarinho fez jogada pela esquerda e cruzou rasteiro, o goleiro Bruno salvou na primeira e na sobra Felipe Maracanã não perdoou e marcou, aos 36 minutos.

Para fechar o placar, o lançamento na frente chegou para Dock, que driblou o goleiro Bruno e ampliou, 4 a 2, aos 39 minutos.

FICHA TÉCNICA

PARAUAPEBAS: Bruno; Tiago Baiano, Cris, André Ribeiro e Rafinha; Max Carrasco, Amaral (Ângelo), Wellington Cabeça e Luiz Fernando; Monga (Matheus Moreno) e Evandro (Maninho).
Técnico: Léo Goiano

BRAGANTINO: Paulo Ricardo; Pedro Henrique, Romário, Ronny Taperaçu e Gabriel Lima; Keoma (Felipe Maracanã), Paulo de Tárcio, Kleber Queiroz (Dock) e Alan Calbergue; Pecel (Aslen Mendes) e Romarinho.
Técnico: Artur Oliveira

Árbitro: Joel Alberto Teixeira Rezende
Assistentes: Jhonathan Leone Lopes e Antônio Alves Teixeira Filho
Quarto-árbitro: André Michel Petri Galina

Cartões amarelos: André Ribeiro, Max Carrasco e Wellington Cabeça (Parauapebas); Pecel (Bragantino)
Cartão vermelho: Wellington Cabeça

Local: Estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um comentário em “Parauapebas é goleado pelo Bragantino dentro do estádio Rosenão e cai para o quarto lugar da Chave A2

Deixe seu comentário