Pará

Pará aplicou mais de R$ 800 milhões em segurança pública em 4 meses

Todavia, gasto por pessoa é 11º pior entre Unidades da Federação. Ao mesmo tempo, estado é 6º em número absoluto de assassinatos e violência disparou mais de 100% em 10 anos.

Falta de dinheiro não é problema para combater a criminalidade no Pará. O estado liquidou nos primeiros quatro meses deste ano exatos R$ 817.896.305,97 em segurança pública. As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu, que consultou a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e comparou os gastos do Pará com as despesas em segurança apresentadas pelas demais Unidades da Federação.

O mais populoso estado da Região Norte, com 8,51 milhões de habitantes, até aplica o 9º maior volume absoluto de recursos. No entanto, quando dividido pelo tamanho de sua população, o Pará apresenta o 11º menor investimento por pessoa (R$ 96), menos da metade de estados mais “tranquilos” (ou menos violentos).

Vale ressaltar que o Pará é um dos lugares mais violentos do Brasil e o número de assassinatos registrados por aqui disparou 108,5% em uma década, conforme dados divulgados na semana passada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), por meio do “Atlas da Violência 2019”. O ano-base do estudo do Ipea, no entanto, é 2017.

A cada uma hora e 55 minutos, uma pessoa foi assassinada no Pará em 2017. Naquele ano, foram contabilizadas 4.575 vítimas, volume só inferior aos homicídios da Bahia (7.487), Rio de Janeiro (6.416), Ceará (5.433), Pernambuco (5.419) e São Paulo (4.631). Os jovens paraenses são as vítimas preferenciais da criminalidade.

Veja os investimentos em segurança pública nas 27 Unidades da Federação!

Deixe seu comentário