Ourilândia do Norte: Bando furta monomotor do aeroporto da cidade

Cinco homens participaram a audaciosa ação. A Polícia Civil acredita que a pequena aeronave tenha sido levada para a Bolívia, onde serviria ao narcotráfico
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
A aeronave roubada do aeroporto de Ourilândia do Norte

Continua depois da publicidade

Um avião monomotor, que presta serviço à Secretaria Especial Indígena, do Ministério da Saúde (SM), foi furtado, no início da manhã desta quinta-feira (27), do aeroporto de Ourilândia do Norte, no sudeste do Pará. A ação dos bandidos foi toda registrada pelas câmeras de segurança do aeroporto.

A aeronave é um monomotor modelo 206 PT-JDM e pertence à empresa de Taxi Aéreo Piquiatuba, que está oferecendo R$ 50 mil de recompensa a quem der informações sobre o paradeiro da aeronave, que podem ser feitas pelos telefones (93) 9912-7799/98803-3083/99105-2335. A Polícia Civil já iniciou as investigações e, as primeiras suspeitas, é que a o avião possa ter sido furtado para ser usado no transporte de droga.

As imagens das câmeras de segurança mostram cinco homens chegando ao aeroporto, portando arma de grosso calibre, em uma caminhonete Hilux de cor prata. Os criminosos cortaram o cadeado do portão do hangar e do cadeado da hélice do avião, usado justamente para evitar que a aeronave seja roubada.

Na sequência eles abastecem o monomotor, com combustível que eles levaram, retiraram do hangar e levantaram voo. Ao analisar as imagens, a Polícia Civil observou que os criminosos possuem amplo conhecimento em aeronaves, já que tiveram todos os cuidados para calibrar os pneus e completar o tanque de combustível com gasolina próprio para avião.

Eleuterio Gomes e Tina DeBord