O sul do Pará é um barril de pólvora prestes a explodir

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O MST ameaça, ainda hoje, interditar a curva do “S”, palco do massacre em Eldorado dos Carajás que deixou o município conhecido em todo o mundo.

A PA 160, que liga Parauapebas à Canaã dos Carajás está interditada e nesta madrugada um motorista de ônibus tentou atravessar o cerco, foi agredido por manifestantes e agora está internado em Parauapebas.

É preciso que o governo federal intervenha imediatamente para que não aconteçam outras tragédias como as de Eldorado. Fala-se que o governo do estado enviou uma equipe da Polícia Civil para apurar os atos de vandalismo. Não vai dar em nada. A polícia civil nada pode fazer! um relatório citando os fatos que as fotos publicadas no Blog do Bacana comprovam, e nada mais.

Se as interdições persistirem e passado um certo tempo, os ânimos chegarão ao limite máximo. Qualquer atitude simples de qualquer das partes será conduzida como se fosse um palito de fósforo riscado dentro de um paiol de pólvora.

Já vi isso acontecer antes e alerto as autoridades para que tomem as devidas providências imediatamente, sem questionar se A ou B tem razão, se o movimento é legítimo e se as atitudes foram corretas. É preciso conter os ânimos e acordar com as lideranças do movimento uma desocupação pacífica e imediata das estradas, antes que o pior aconteça.

Publicidade