Mataram homem e deixaram faca cravada nas costas dele em Redenção

Os assassinos também escreveram com sangue, nas costas da vítima, a frase "Casa da Tábua vingança feita"
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O mês de março começou sangrento em Redenção. Na madrugada desta sexta-feira (1°), Antônio Neres da Costa Farias, mais conhecido na região como “Grande”, foi assassinado com três tiros e golpes de faca, na casa em que morava, na Avenida Marechal Rondon. Ele foi deixado de bruços, com um corte profundo no pescoço e a arma branca cravada até o cabo nas costas, onde estava escrito, com sangue, a frase “Casa da Tábua vingança feita”.

Em depoimento à Polícia Civil, a mulher de Antônio Farias, cujo nome não foi divulgado, contou que quatro ou cinco homens – ela não tem certeza – invadiram a casa, todos encapuzados, a trancaram no banheiro e, em seguida, mataram Antônio.

Apesar da inscrição no corpo da vítima, a Polícia Civil está investigando se a motivação do crime foi mesmo vingança ou o assassinato teve outra causa.

Várias operações policiais estão acontecendo na cidade para tentar diminuir o alto índice da violência na cidade. Somente em 2018, neste mesmo período, foram registrados 15 homicídios. Já neste ano de 2019, foram registradas seis mortes violentas, oito a menos que no ano passado, o que pode indicar que as autoridades estão no caminho certo.

Publicidade

Relacionados