Marabá sedia segunda regional da Associação PanAmazônia

Evento fortalece a criação de uma rede empresarial cooperativa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Reinaldo Zucatelli assina termo de posse como diretor da Mesa da PanAmazonia de Marabá para um mandato de dois anos

Continua depois da publicidade

Brasília – O CEO do Grupo Zucatelli, Reinaldo Zucatelli tomou posse na quinta-feira (17), em concorrida cerimônia na sede da Associação Comercial e Industrial de Marabá (ACIM), como Diretor Regional da PanAmazônia, para o sul e sudeste do Pará. O evento marca um processo de expansão iniciado em 2019, após a instalação da primeira regional, em Cuiabá, Mato Grosso.

Fundada em Manaus (AM), a organização multilateral do terceiro setor que atua há mais de dez anos, reúne em seus quadros empreendedores com perfil liberal, que adotam na prática antiga filosofia: “A União faz a força”.

Com esse espírito, Zucatelli terá pela frente a missão de coordenar com as demais entidades de classe e sindicatos de produção, uma agenda comum que não está ao alcance do governo, que é tratado como parceiro para os objetivos maiores: traçar prioridades e destravar os obstáculos que emperram o desenvolvimento da região.

Empresários associados à ACIM, prestigiaram o evento

Missão

A tarefa não será fácil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base em dados compilados em 2019, dos resultados do Censo Demográfico 2010, os estados da Amazônia Legal somam 25.474.365 habitantes. OS números estão desatualizados, uma vez que por problemas orçamentários, o Censo 2020 não foi realizado.

De acordo com os dados do último Censo, as maiores taxas de crescimento populacional ocorreram na região Norte (2,09% em média), com destaque para os Estados de Amapá e Roraima, que apresentaram crescimento médio de 3,45% e 3,34%, respectivamente, acima da média nacional.

Segundo o IBGE, a migração para região e maior taxa de fecundidade foram os elementos que fizeram a região Norte crescer mais. Apesar disso, as regiões Norte e Centro-Oeste continuam sendo as regiões menos populosas do País e com alguns índices do IDH que preocupam os membros da PanAmazônia.

Entre os Estados da Amazônia Legal, o Pará é o mais populoso, atingindo a marca de 7,5 milhões de habitantes. Amazonas tem 3,4 milhões de habitantes, e Mato Grosso, 3 milhões. O Estado menos populoso é o Amapá, com 669 mil habitantes.

O instituto também avaliou os graus de urbanização nos Estados: um quarto da população da região Norte vive na zona rural. Maranhão e Pará apresentam índices de urbanização abaixo de 70%, sendo os Estados mais rurais do país, junto com Piauí, no Nordeste.

Diante desses dados, a PanAmazônia quando instalou em Cuiabá a primeira Mesa Redonda — instância de discussão para avaliar projetos e diagnosticar soluções —, o diretor José Lacerda, também conselheiro da organização, iniciou esses diálogos, envolvendo todas as instâncias de poder público e privado.

Em linha direta com o Blog do Zé Dudu , Zucatelli explicou o objetivo da expansão da entidade que já atua em oitos países da Amazônia Continental (leia a reportagem aqui).

O diretor-executivo da PanAmazônia, Belisário Acer, expos os objetivos da PanAmazônia aos empresários presentes ao evento.

O presidente da ACIM, empresário João Tatagiba, recebe das mãos do diretor-executivo da PanAmazônia, Belisário Arce, a medalha alusiva aos 10 anos da entidade

Representando o presidente da organização no evento, empresário Alexandre Zucatelli, que não pode comparecer ao evento porque, também na quinta-feira, recebeu das mãos do presidente da Associação Comercial do Amazonas, Ataliba David Antonio filho, condecoração em Manaus, pelo transcurso das comemorações dos 150 anos da fundação da entidade, coube ao executivo Belisário Arce, a tarefa da entrega das medalhas alusiva aos “10 Anos da PanAmazônia” para os novos associados, os empresários João Tatagiba, presidente da ACIM e Claudia Aparecida Felipe, diretora.

Arceconfirmouaprevisão para agosto da criação da Mesa de Imperatriz, no Maranhão, e em data a ser definida, da Mesa de Balsas, no mesmo estado.

Reportagem: Val-André Mutran – Correspondente do Blog do Zé Dudu em Brasília.