Mais sobre “espaços”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O leitor, que assina Gregório de Matos Guerra, faz o pertinente comentário abaixo no post “Os “espaços” ocupados pelas tendências petistas no governo de Darci Lermen” . Confira:

Alguém seria capaz de fornecer, também, dados dos espaços e acordos explícitos e ocultos entre o Prefeito e os vereadores? Zé Dudu? Wanterlor? Prof. Leônidas? Outra pessoa? Acho que seria muito importante estar se conscientizando sobre a ligação daqueles que deveriam ser os nossos verdadeiros escudeiros, fiscais, oradores, cobradores, defensores e promotores do povo: os nobres vereadores. O que acontece aqui em Parauapebas (e não é inédito), não é bem diferente daquilo que a TV mostrou que ocorre no Governo do DF, e que ocorreu no mensalão. É bem análogo, mas a pressão nessa localidade aqui é bem menor, além de que governo e oposição, no fim das contas, acabará na mesma – o verdadeiro duelo não é travado entre PT versus PMDB, mas sim, PT e PMDB juntos contra o POVO.

Câmara Municipal tornou-se sinônimo de: APÊNDICE DA PREFEITURA! É um jogo de influência tremendo. Tudo vale para albergar aqueles vereadores com o fim de sempre votar pró-governo, principalmente no que tange em aprovar as contas do município, além da Lei Orçamentária, entre outras. São malotes de dinheiro público para vereador, cargos na estrutura da PMP, que vai dos mais baixos, como Vigilante e ASG até a Secretário Municipal e Assessorias I. Exemplo clássico disso, é do Ver. Antônio Massud: este sujeito que foi eleito em 2004 na coligação de Faisal para prefeito (contra Darci, o vencedor de tal pleito, que obteve apenas 4 vereadores contra 6 de Faisal). Logo após as eleições, Massud aos poucos, curiosamente, resolve apoiar o governo de Darci, claro, em contrapartida é o vereador que mais fez da PMP um “cabide eleitoral” enviando, inclusive, por meio de bilhetinhos os seus eleitores para serem lotados nas secretarias. E agora, enviou esse tremendo inoperante Marivaldo para ser Secretário! Bem, o caso de Adelson, então, esse aí que só se segura apoiando hipocritamente o governo Darci, em troca da secretaria que simplesmente tem o 2º maior números servidores da PMP, a SEMSA! Retire esses privilégios desses caras pra saber se no outro dia a ideologia não muda? Na boca de tais, o governo é um paraíso, e após, será o inferno….

Eita, meu povo, e como fica o boa gerência e eficiente Administração Pública….?

Publicidade