Jacundá: Sindicato dos Trabalhadores reúne categoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Há dois anos à frente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do município de Jacundá, a sindicalista Vera Lúcia Batista, explica que o encontro teve quatro objetivos: apresentação de relatório das atividades desenvolvidas durante o ano passado, prestação de contas da diretoria executiva, discussão e votação do planejamento anual estratégico e discussão e votação do orçamento sobre o programa deste ano. “Nós, como representante da classe trabalhadora, precisamo prestar contas de tudo que realizamos, e ouvir a categoria para traçar novas metas”.

Como exemplos de conquistas de 2017, a sindicalista lista a realização da Feira do Produtor, a legalização do sindicato e reuniões com agentes fomentadores. “Além disso, intermediamos a aquisição de 40 toneladas de calcário e compramos 5 quilos de sementes de açaí, pois sabemos que o desenvolvimento de Jacundá está ligado à agricultura, porém, com muitos desafios”.

Entre esses desafios, Vera Lúcia cita problemas relacionados à infraestrutura do município. “Estradas e pontes representam uma pedra no sapato. Não se pode falar em desenvolver o campo sem ter boas estradas”. Para que seja solucionada essa questão, ela aponta para que seja implementada uma política de desenvolvimento capitaneada pelo governo municipal.

Para este ano, a líder sindical acredita que os trabalhos serão redobrados. “Pretendemos dobrar o volume de calcário transportado para Jacundá e trabalhar a recuperação de áreas degradas a partir do plantio de fruticultura, como o açaí”.

Durante o encontro os sindicalistas participaram de palestras sobre INSS Digital e perdas de direitos sociais. O deputado estadual Carlos Bordalo e a advogada Cláudia de Souza Vieira e o advogado Renan Freitas discorreram sobre previdência social.

Publicidade