Rotary Club de Marabá comemora 40 anos de fundação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Por Eleutério Gomes – de Marabá

O Rotary Club completou ontem (28) 40 anos em Marabá. Nessa data, em 1978, Júlio Walfredo Aguiar fundou o clube de serviços e se tornou seu primeiro presidente, tendo como padrinho o Rotary Club de Santa Izabel. Alguns dos sócios pioneiros ainda vivem na cidade, como Paulo Bosco Rodrigues Jadão, Plinio Pinheiro Neto e Yule Climério Oliveira, entre outros.

Para celebrar essas quatro décadas, acontece amanhã (30) reunião festiva, a partir das 20h30, na sede do clube, durante a qual será concedida a comenda “Ideal de Servir” ao jornalista Patrick Roberto Carvalho e ao radialista Zeca Moreno.

Em Marabá, o Rotary arrecada fundos por meio de ações entre os companheiros da instituição, empresas e empresários de modo geral. Esses recursos são destinados à aquisição de cadeiras de rodas, cestas básicas e ações em datas comemorativas para a comunidade, entre outros.

O banco de cadeiras de rodas é um programa social que começou há mais de 20 anos em Marabá. As cadeiras são cedidas de forma gratuita a quem necessita. “É um ato solidário que beneficia quem necessita de mobilidade”, afirma a presidente Isabela Mendes Lobato Reis.

O clube disponibiliza, ainda, cadeiras para empréstimo a pessoas em processo de reabilitação, como também, podem ser cedidas em forma definitiva a pessoas portadoras de deficiência física irreversível.

Antônio Junqueira, sócio veterano do Rotary, afirma que, o que torna possível esses e outros projetos são os recursos financeiros recebidos nas campanhas e eventos realizados pelo clube, onde amigos, colaboradores, pessoas anônimas e empresas, contribuem com doações em dinheiro. “Sem esse apoio dos nossos colaboradores seria impossível manter o programa”, afirma Junqueira

O que é o Rotary?

É um clube de serviços humanitários à comunidade local e mundial, sem fins lucrativos. Cada clube escolhe e elege os sócios com base em uma classificação que identifique seu negócio ou profissão, a fim de garantir ampla representação comunitária, promovendo o seu objetivo estimulando a aplicação prática do “Ideal de Servir Rotariano”.

“Nossas ações são voltadas para promover a paz, combater doenças, fornecer água e saneamento em nível global, cuidar da saúde, apoiar a educação e favorecer desenvolvimento econômico, por meio de projetos sustentáveis em diversas áreas”, afirma Isabela.

São mais de 35 mil clubes espalhados pelo planeta, que congregam mais de 1,5 milhão de rotarianos em 217 países, com projetos espalhados por todas eles, tendo conseguido bastante êxito na campanha para a exterminação da poliomielite no Brasil e no mundo, por meio da Fundação Rotária, quando o Rotary Internacional trabalhou com os governos, investindo milhões de dólares na erradicação dessa doença. Hoje falta apenas 1% para erradicação total dessa doença no mundo.

informações da direção do Club

Publicidade