Exército confirma instalação de colégio militar no Pará

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

ResizeO comandante militar do Norte, General Oswaldo Ferreira, confirmou nesta quarta-feira (9), em audiência com o governador Simão Jatene, que será instalado na capital do Estado um colégio militar. A reivindicação foi tema de diversas reuniões já realizadas em Belém e Brasília e, segundo o comandante, o projeto será concluído até o final deste ano. De acordo com Ferreira, o comandante do Exército Brasileiro, General Enzo Peri, já deu autorização para a construção da escola. “A nossa ideia é que a construção comece no verão do ano que vem”, informou.

O governador Simão Jatene comentou que a confirmação é resultado de um trabalho conjunto. “Ficamos felizes por saber que se trata de uma instituição respeitada, que tem como foco valores e princípios que consideramos fundamentais para a sociedade como um todo”, ressaltou.

O general Oswaldo Ferreira também agradeceu o Governo do Estado pelo apoio no processo de ativação do Comando Militar do Norte (CMN), concretizado há exatamente um ano. “Hoje podemos dizer que o comando está consolidado e é respeitado em todo o País”, disse.

Criado pela portaria nº 142, de 13 de março de 2013, do comandante do Exército, e ativado no dia 26 de junho de 2013, o CMN é o oitavo Comando Militar de Área do Exército e abrange os Estados do Amapá, do Maranhão e do Pará.

Já o Colégio Militar de Belém integrará o sistema de Colégios Militares do Exército Brasileiro, que tem hoje 12 unidades hoje no país.

Agenda – Também na manhã desta quarta-feira, o governador Simão Jatene reuniu-se na sede do Comando da Polícia Militar do Estado com o arcebispo de Belém, dom Alberto Taveira, e membros da Diretoria da Festa de Nazaré para tratar de assuntos referentes às negociações com o Exército Brasileiro para a cessão do terreno de dez mil metros quadrados, localizado ao lado da Basílica, para a Arquidiocese de Belém, e a realização do Congresso Eucarístico Nacional, que ocorrerá na capital paraense, em 2016. (Secom)

Publicidade

Relacionados