Em Canaã, prefeitura busca agência de viagem por R$ 1,8 milhão

Governo de Jeová argumenta que, embora quase tudo seja feito “onlinemente”, há atos oficiais que só podem ser resolvidos cara a cara. A seu ver, transporte aéreo garante máxima rapidez.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Realização de viagens para celebração de convênios com a finalidade de garantir aporte financeiro que subsidie construção, manutenção e conservação dos serviços e bens públicos; participação em congressos, eventos e capacitações a fim de aprimorar conhecimentos técnicos de equipes das secretarias municipais com foco na melhoria da qualidade dos serviços ofertados; reuniões e despachos referentes à prestação de contas junto a órgãos de controle com vistas a dirimir ocorrências que comprometam o perfeito andamento do serviço público e garantam a lisura dos processos realizados pelo município.

É com esse pretexto que o prefeito Jeová Andrade deu carta branca para que o governo de Canaã dos Carajás realize licitação para contratar agência de viagens que emita passagens aéreas nacionais e internacionais, “conforme demanda”. O gasto estimado com o serviço é de R$ 1,8 milhão e, segundo a prefeitura, o custo-benefício do transporte aéreo se dá em função de agilidade, segurança e tempo desprendido para a realização de uma atividade fora do município, o que permite resolver maior número de ocorrências no menor tempo possível, sem prejuízo às atividades convencionais do servidor.

Ainda de acordo com a administração, a maioria dos procedimentos públicos é realizada por meio de sistemas online, porém processos como assinaturas de convênios, termos de compromissos e discussões importantes precisam ser realizadas presencialmente, “na sede dos entes que formatam e nutrem as políticas públicas”, o que exige deslocamento “com a máxima rapidez”. Com a medida, segundo a prefeitura, usuários do Tratamento Fora do Domicílio (TFD) também serão beneficiados em casos de emergência de saúde.

A conferência das propostas comerciais será realizada no próximo dia 14. A empresa contratada somente emitirá passagens mediante interesse expressamente manifestado pelo governo municipal. O valor orçado para gastos com agências de viagem, diga-se de passagem, não chega a ser 0,2% da previsão de receita da Prefeitura de Canaã ao longo deste ano. Jeová Andrade espera faturamento de R$ 1 bilhão.

Relacionados