Eleições 2020: Candidato Toni Cunha diz que quer tirar Marabá do atraso

A partir de hoje, o Blog do Zé Dudu publica entrevistas com os cinco candidatos a prefeito de Marabá. O primeiro é Toni Cunha, ex-vice-prefeito do município e deputado estadual
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Antônio Carlos Cunha Sá, 38 anos, Toni Cunha, é formado em Direito. É delegado licenciado da Polícia Federal e, em 2106, foi eleito, pelo PTB, vice-prefeito de Marabá. Em 2018, saiu candidato a deputado estadual e chegou à Assembleia Legislativa do Estado do Pará com 33.498 votos. Agora, é candidato a prefeito pela Coligação Liberta Marabá, formada pelos partidos PTB, PMN, Patriota, Pode e PSB. O candidato a vice de Toni Cunha é o advogado Haroldo Gaia, ex-presidente da Subseção local da OAB/PA.

Blog do Zé Dudu – Qual o foco da sua campanha? O que o senhor pretende passar aos eleitores neste momento?

Toni Cunha – O foco é mostrar a cidade real, secular, mas com problemas básicos sem solução e, pior, sem sequer projetos para que sejam iniciadas as soluções. E mostrar que isso é uma situação absurda, diante do impressionante potencial orçamentário de Marabá. Em 100 anos a cidade jamais resolveu ou iniciou a solução de problemas básicos (saneamento, saúde, água, transporte coletivo etc.).

Zé Dudu – Como o senhor vê Marabá hoje?

Toni – Marabá é um gigante adormecido. Uma cidade que pode ser uma das melhores do País. Mas que, por conta de uma doutrina cruel de dominação de um povo foi acostumada com migalhas, tem muito pouco, não chegou nem perto da qualidade que seu orçamento e riqueza podem dar. Tudo muito tacanho, ultrapassado e superficial.

Zé Dudu – Caso eleito, qual será a sua prioridade ao assumir? Para onde serão direcionadas as suas primeiras ações?

Toni – Será prioridade máxima construir um novo e moderno hospital, com leitos de UTI; assumir o transporte coletivo e iniciar a compra de 70 ônibus novos para transportar a população que padece todo santo dia. Simultaneamente, recuperar a autoestima do servidor público, com um amplo processo de valorização. Não há serviços públicos de qualidade sem respeitar o componente humano. Muita coisa nova já se pode levar a efeito, de início.

Zé Dudu – Por que votar em Toni Cunha?

Toni – Tenho uma vida limpa, de muita luta de combate ao que está errado. Minha carreira como Delegado de Polícia Federal já mostra quem sou, o que fiz, meus valores em prol da coletividade. Não faço da política profissão, diferente dos políticos de mente tradicional. Minha atuação como vice prefeito e deputado também mostram isso. Tenho certeza que posso, junto com muitos cidadãos preparados e de mente nova, dar início a um processo de virada de página na história de nossa cidade de Marabá. Não apenas do ponto de vista administrativo, mas cultural. Quando o povo tiver acesso ao que pode ter, haja vista nosso enorme potencial, não aceitará menos. A partir daí, daremos um grande salto histórico e evolutivo enquanto povo.

Por Eleuterio Gomes – Correspondente do Blog do Zé Dudu em Marabá