Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Eleições 2018

Geraldo Alckmin visita a região de Carajás neste sábado (07)

Pré-candidato do PSDB fará campanha para presidente em Marabá, Curionópolis e Canaã dos Carajás
Continua depois da publicidade

O pré-candidato a presidente da República pelo Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB – Geraldo Alckmin, desembarca em Marabá às 8 horas do sábado (07), onde se reúne com empresários e apoiadores do PSDB no município. De lá, o pré-candidato segue de carro para os municípios Curionópolis – onde pretende visitar Serra Pelada – e, depois, vai à Canaã dos Carajás.

Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho (Pindamonhangaba, 7 de novembro de 1952) é um médico, professor universitário e político brasileiro. Foi Governador do Estado de São Paulo entre 2001 e 2006 e de 2011 a 2018, quando renunciou para disputar as eleições de outubro daquele ano.

Formado em medicina pela Universidade de Taubaté, iniciou sua carreira política em Pindamonhangaba, onde foi eleito vereador, presidente da Câmara dos Vereadores e prefeito. Depois, foi eleito para a Assembleia Legislativa nas eleições de 1982 e para deputado federal em 1986 e 1990. Em 1988, foi um dos fundadores do PSDB. Entre 1991 a 1994, presidiu o PSDB-SP. Em 1994, elegeu-se vice-governador de Mário Covas. Em 2000, concorreu à prefeitura de São Paulo, sendo derrotado no primeiro turno. Com a morte de Covas, em março de 2001, assumiu o governo e se reelegeu em 2002.

Em março de 2006, renunciou ao governo paulista para concorrer à presidência na eleição do mesmo ano. Obteve 39,17% dos votos no segundo turno, sendo derrotado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2008, candidatou-se a prefeitura de São Paulo, sendo novamente derrotado no primeiro turno. Em 2009, foi nomeado secretário de desenvolvimento do estado de São Paulo pelo governador José Serra.

Foi eleito governador no primeiro turno da eleição de 2010, retornando ao Palácio dos Bandeirantes em janeiro de 2011. Em 2014, reelegeu-se governador no primeiro turno. Alckmin foi o político que por mais tempo comandou o governo de São Paulo desde a redemocratização do Brasil.

Em 9 de dezembro de 2017, Alckmin foi eleito presidente nacional do PSDB, substituindo o senador mineiro Aécio Neves. A convenção que o elegeu com 470 votos a 3, foi uma das maiores da história do partido, com mais de quatro mil presentes.

Após a eleição como presidente do PSDB, em 9 de dezembro de 2017, Alckmin lançou sua pré-candidatura ao Planalto. Em 23 de fevereiro de 2018, após a desistência do prefeito manauara Arthur Virgílio Neto, virou candidato único das prévias. A cúpula do partido homologou em 6 de março de 2018 a candidatura de Alckmin.

Ao deixar o governo paulista, Alckmin perdeu o foro privilegiado e passou a ser investigado pela Justiça Eleitoral de primeira instância devido a alegação, refutada por Alckmin, de que a empreiteira Odebrecht repassou-lhe ilicitamente 10 milhões de reais nas campanhas de 2010 e 2014.

Marabá

Presidente Michel Temer poderá visitar Marabá na 2ª quinzena de março

Equipe da comunicação do governo federal já esteve na cidade sondando local para o evento, que ainda não tem data confirmada
Continua depois da publicidade

O blog apurou nesta quarta-feira, dia 7, que o presidente da República, Michel Temer (MDB), deve vir a Marabá entre os dias 15 a 20 deste mês de março para entregar título rurais junto com o Incra e o Programa Terra Legal. Seria um ato previsto para acontecer, paralelamente, em 10 a 12 municípios da Amazônia, com outras ações em Belém, Acre e Rondônia, por exemplo.

A data exata ainda não está definida, mas uma equipe da Comunicação do Palácio do Planalto esteve em Marabá nos últimos dias e conheceu as três principais estruturas que poderiam receber o evento com a presença do presidente da República. Eles estiveram no Plenário da Câmara Municipal (capacidade para 400 pessoas), Ginásio Renato Veloso (7 mil pessoas) e o recém-inaugurado Centro de Convenções, que tem teatro com capacidade para 1.200 pessoas. Todavia, o local exato só será confirmado quando vier a equipe de segurança, que avalia vários itens para definir o espaço ideal.

A reportagem do blog esteve na sede do Incra nesta quarta-feira para buscar informações sobre a entrega de títulos, com o superintendente interino do órgão, Valciney Ferreira Gomes, mas este estava participando de uma conferência com a Ouvidoria Agrária Nacional por videoconferência.

Ordem de serviço

Nesta sexta-feira, dia 9, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (MDB), estará em Marabá para assinar a ordem de serviço para a empresa Cejen Engenharia, vencedora da licitação, executar as obras da Orla do Rio Itacaiunas, em Marabá. O projeto executivo será avaliado pela equipe do professor PHD e engenheiro civil Remo Magalhães de Souza, da Universidade Federal do Pará, para possíveis ajustes. Este seria o último evento de Helder em Marabá, já que tem de se desincompatibilizar do cargo até o final deste mês, caso queira concorrer ao cargo de governador nas eleições de outubro deste ano.

Por Ulisses Pompeu – Correspondente em Marabá

Novo Diretor de Operações da Vale visita laticínio Estação, na APA do Gelado

A intenção é fortalecer a geração de empregos e renda com a produção rural
Continua depois da publicidade

O novo Diretor de Operações Ferrosos Norte da Vale, Antonio Padovezi visitou na última semana, a Estação Laticínios, localizada na Apa do Gelado. Ele conheceu as instalações e conversou junto com a Fundação Vale e técnicos do laticínio sobre o  funcionamento e a capacidade do empreendimento.  O objetivo foi iniciar um processo gradativo de análises e discussões, sobre a necessidade do laticínio ser autossustentável. Isso dentro da política municipal de diversificação econômica de Parauapebas, de forma independente da mineração, no futuro, por meio de outras vocações da região, como a cadeia leiteira.

Inaugurado em 2015, numa iniciativa da Fundação Vale em parceria com a Vale e a prefeitura municipal de Parauapebas, o laticínio tem beneficiado produtores locais.

Somente de janeiro a maio de 2017, foram pagos cerca de R$ 500 mil (meio milhão de reais) com a aquisição de leite na região. Entre as propostas está retomar a atividade com mix de produtos mais diversificados, o que irá depender também do aumento da coleta e da visão empreendedora dos produtores sobre os seus negócios.

Saúde

Parauapebas: usuários atendidos no Centro de Atenção Psicossocial – Caps – conhecem belezas naturais de Carajás

“Eu me senti renovada durante todo o passeio. É relaxante esse contato com a natureza. Além disso, gostei muito das brincadeiras e de toda a interação com o grupo”, relatou uma usuária.
Continua depois da publicidade

O contato com as belezas naturais de Carajás encantou o grupo de usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), que teve a oportunidade de conhecer trilhas, grutas, cavernas e a linda cachoeira de Águas Claras durante um passeio realizado na terça-feira (30). “Os passeios terapêuticos e culturais compõe as ações do CAPS e têm como objetivo oportunizar o acesso ao conhecimento cultural, socialização em grupo e liberdade para ocupar os espaços da cidade e da natureza”, informou a gerente do estabelecimento de saúde, Gardênia Lima.

A visita foi realizada graças à parceria com o ICMbio, por meio do programa de Uso Público e do Centro de Visitantes do Mosaico de Carajás, e contou com a participação da equipe multiprofissional do CAPS e de integrantes do Grupo de Capoterapia, que animou os visitantes com brincadeiras e danças.

“Os passeios terapêuticos devem ser realizados pelo menos uma vez por mês e compõe as ações extra muros do Caps ofertadas aos usuários do serviço”, acrescentou Gardênia Lima.

“Eu me senti renovada durante todo o passeio. É relaxante esse contato com a natureza. Além disso, gostei muito das brincadeiras e de toda a interação com o grupo”, relatou uma usuária.

Pacientes que têm sofrimento mental leve ou severo são atendidos no Caps por uma equipe formada por psiquiatras, psicólogos, enfermeiros e técnicos. Dentre as atividades promovidas pelo departamento, que é vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estão a realização de grupos terapêuticos e a produção de materiais artesanais.

Política

Deputado Beto Salame viabiliza audiência entre vereadores de Jacundá e Ministro da Saúde

Eles foram reivindicar o funcionamento da UPA do município, cuja estrutura física já está pronta
Continua depois da publicidade

Em audiência intermediada pelo deputado federal Beto Salame (PP/PA), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, recebeu, na manhã desta terça-feira (10), dez vereadores da Câmara Municipal de Jacundá para tratar da situação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) naquele município, que já está com sua estrutura física concluída, mas ainda não está em funcionamento.

A reunião foi solicitada ao deputado pelos vereadores Rafael Garrancho e Daniel dos Estudantes, ambos do Partido Progressista. Participaram também o presidente da Câmara, vereador Lindomar Marinho (PT), além dos vereadores Marta Costa (PT), José Wilson (PRB), Eliane Pinheiro (PR), Railane Santos (PSL), Edson Ferreira (PSL), Thales Borges (PR) e Marisa Alves (PDT). O gabinete do deputado Beto Salame, que se encontrava cumprindo agenda em Marabá, foi representado pelo ex-prefeito João Salame.

O vereador Rafael Garrancho explicou que apesar de ser Categoria 1, a mais básica, a estrutura física construída em Jacundá é muito maior e corresponde a UPA Categoria 3. Que é desejo do município instalar no local um Hospital de Pequeno Porte. O vereador Daniel dos Estudantes solicitou do ministro apoio para colocar a UPA e o Hospital em funcionamento, em parceria com o Governo do Estado e as prefeituras da microrregião.

Para o funcionamento da UPA estima-se gastos da ordem de 500 mil reais por mês. O Ministério da Saúde participa com cerca de 270 mil reais. O restante tem que ser bancado pelo Governo do Estado e prefeitura. Sobre os equipamentos para a UPA, o ministro Ricardo Barros sugeriu a destinação de emendas parlamentares ou parceria com o governo do Estado.

O ministro autorizou que uma parte do prédio seja usado para a UPA e a outra para o Hospital, mas exigiu que o atendimento seja 24 horas, como preconiza o programa. “Desde que esse requisito seja atendido, coma presença de pelo menos dois médicos ao dia, vocês estão autorizados a proceder as mudanças que estão reivindicando”, disse Ricardo Barros.

Na oportunidade ficou acertado que será realizada em Jacundá uma reunião com representantes da Prefeitura, da Secretaria de Saúde do Governo do Estado e técnicos do Ministério da Saúde, para debater qual a melhor equação para o funcionamento da UPA e acerca do pleito do hospital de pequeno porte microrregional.

O vereador Daniel dos Estudantes avaliou como extremamente positiva a reunião e agradeceu ao ministro e ao deputado Beto Salame pela iniciativa. “Saímos daqui esperançosos de darmos um salto de qualidade na saúde de Jacundá e agradecemos o empenho do deputado Beto Salame e do nosso ministro Ricardo Barros”, finalizou. (Com informações da Assessoria Parlamentar)

Política

Deputado Federal Beto Salame percorre municípios do nordeste do Pará

Em Capanema, Concórdia do Pará, Tomé-Açu, Santa Maria e São Domingos do Capim, ele se reuniu com lideranças políticas e anunciou emendas
Continua depois da publicidade

Por Eleutério Gomes – de Marabá

No último fim de semana, de sexta-feira (7) a domingo (9), o deputado federal Beto Salame (PP/PA), acompanhado do ex-prefeito de Marabá, João Salame Neto, esteve na região nordeste do Estado, onde manteve reuniões com prefeitos, vereadores e lideranças políticas de vários municípios. As visitas visam fortalecer alianças e ouvir reivindicações que possam, pela intermediação dele, ser atendidas pelo governo federal.

“Nem sempre os prefeitos e lideranças podem ir a Brasília, em busca de melhorias em ministérios e secretarias especiais. Por isso, como um dos representantes do Pará no Congresso, venho até eles, ouvi-los e levar suas demandas ao poder central”, explica Beto Salame.

Em Tomé-Açu, ele participou de reunião do Partido Progressista (PP), com a presença da prefeita em exercício Aurenice Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, para tratar das eleições suplementares de 4 junho próximo, quando será escolhido o novo prefeito do município, já que o prefeito eleito em outubro último, José Hildo Alves, foi cassado pelo TSE.

Nessa reunião, cujo objetivo foi debater a participação do PP no pleito, estiveram presentes também os ex-prefeitos José Alves e Gedeão Chaves, este também ex-deputado estadual, e o vereador Gedeão Chaves Jr.

Em Capanema, Beto Salame ouviu reivindicações da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) e participou de reunião política com a presença do prefeito Chico Neto.

“Quero, neste momento, reconhecer a sensibilidade e manifestar minha gratidão pela preocupação do deputado Beto Salame para com a saúde púbica de Capanema”, disse o prefeito Chico Neto, destacando ainda que, de todas as emendas parlamentares destinadas ao município, a de Beto “é uma das três maiores em benefício do povo”.

Em São Domingos do Capim. Ao lado do prefeito Paulo Elson da Silva e Silva – Elsinho – e do ex-prefeito de Bujaru, Emanoel Muniz, Beto discursou e disse que estava ali naquele momento para reafirmar os compromissos assumidos em campanha e confirmar a destinação de uma emenda de R$ 700 mil para investimentos no setor da saúde. “Vamos continuar trabalhando para ajudar o povo batalhador deste município. Quero dizer também que conseguimos ainda um caminhão basculante para a Secretaria de Obras e que continuaremos à disposição do povo de São Domingos do Capim, em Brasília”, manifestou-se Salame.

Eltinho, por seu turno, agradeceu ao apoio do deputado e lembrou de outros políticos que, em época de eleição, se dirigem ao município para pedir votos, depois desaparecem, “ao contrário do deputado Beto Salame, que sempre esteve de mãos dadas com São Domingos do Capim”.

Beto e João Salame também estiveram em Santa Maria do Pará, onde se reuniram ainda com o prefeito de Ourém, além de políticos e militantes do partido.

Na ocasião, o deputado disse que estava ali para refirmar seu compromisso de poder ajudar esses municípios. “Já destinei emenda parlamentar para a aquisição de uma retroescavadeira, a fim de ajudar na infraestrutura de Santa Maria”, afirmou Salame, que ouviu palavras de apoio e agradecimento, em seguida.

O deputado federal e o ex-prefeito de Marabá estiveram também em Concórdia do Pará, onde cumpriram a mesma rotina, de reforçar os laços político-partidários e declarar a apoio às demandas da população.

Flona Carajás

II Circuito Ecológico marca comemoração dos 19 anos das Unidades de Conservação de Carajás

A visita foi gratuita e aberta ao público, 62 pessoas se inscreveram, diretamente na sede do ICMbio para visitar a Floresta.
Continua depois da publicidade

As unidades de conservação que compõe o mosaico de Carajás, Floresta Nacional de Carajás e Floresta Nacional do Itacaiúnas, comemoraram 19 anos desde a publicação do Decreto Federal 2.486 de 02/02/98, que as criou. E para comemorar a data o ICMbio, por meio do Centro de Visitantes do Mosaico de Carajás, em parceria com o Setor de Uso Público da Flona, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou no sábado (18), o II Circuito Ecológico de Carajás.

A visita foi gratuita e aberta ao público, 62 pessoas se inscreveram, diretamente na sede do ICMbio para visitar a Floresta. A servidora pública Kaciane Gomes Barbosa ficou sabendo do passeio, se inscreveu e ainda levou mais dez amigos para conhecer as belezas naturais de Carajás.

“Foi tudo maravilhoso, primeiro por conhecer a Flona, que tanto é falada e explorada em nossa cidade, porém pouco conhecida de fato pela população, e segundo pela experiência do passeio em si, com tantas aventuras e paisagens únicas”, relatou Kaciane Gomes sobre a visita.

“Estou aqui em Parauapebas há dois anos e não sabia da existência dessas belezas naturais da Floresta de Carajás. Existem espécie de animais e flores que são únicas daqui, inclusive, em áreas bem específicas que se você sair delas não encontrará mais em nenhum outro lugar do mundo, isso é incrível! É bom saber que estamos em um lugar único no mundo e precisamos preservar. Passamos por cavernas, cachoeiras, parque ecológico. Vale a pena, desejo de coração que todos tenham a oportunidade de conhecer”, descreveu Daniel Lincoln da Silva, que é autônomo.

Roteiro do circuito ecológico

A concentração foi logo cedo, em frente à Portaria da Floresta Nacional (Flona) de Carajás, a turma saiu em dois ônibus. A primeira parada foi no Centro de Visitantes no Zoobotânico, onde foi realizada uma palestra sobre atuação do ICMbio, seus objetivos, o que é a Flona Carajás e seus desafios.

Durante a palestra os visitantes foram orientados sobre à importância de conhecer todas as riquezas naturais da região para então contribuir com a sua preservação. O objetivo foi também de despertar o sentimento de pertencimento da Floresta e de esclarecer que ela não é de propriedade do setor privado e sim de toda a comunidade, além de demonstrar que a região não tem apenas o potencial mineral mas também possui uma riqueza natural que pode beneficiar a comunidade de outras formas.

Após a palestra, os visitantes cantaram os parabéns alusivos aos 19 anos da Flona de Carajás e partiram para a Trilha Lagoa da Mata, onde caminharam por um percurso de um quilômetro, conhecendo diferentes espécies arbóreas e recebendo diversas informações sobre o ecossistema local. A Lagoa da Mata é uma zona de captação da água da chuva, mais parece uma panela, com uma vegetação que já vem sendo estudada por pesquisadores por conta da sua relevância.

Circuito Ecológico Carajás

Na sequência, os visitantes partiram para o Mirante da Mina de N4, onde tiveram a oportunidade de ver o avanço do processo de mineração na área, desde a sua implantação até os dias atuais.

O ponto seguinte de visitação foi a savana metalófila, um ambiente peculiar da região, onde se encontra uma vegetação ímpar, que cresce em formações rochosas de ferro. Neste local os visitantes tiveram a oportunidade de ver a floração da Ipomea Calvantei, flor endêmica de Carajás, que pode deixar de existir se houver avanço desordenado da mineração.

Algumas cavernas também foram visitadas, dentre elas a caverna ferrífera Mapinguari, protegida por lei e de grande relevância para o ecossistema. O ponto final do circuito foi a cachoeira de Águas Claras, a maior parte dos visitantes experimentou a maravilhosa sensação de relaxamento que o banho na cachoeira proporciona.

Marabá

Ministro do Planejamento faz visita informal a Marabá

O ministro Dyogo Henrique de Oliveira é natural de Araguaína, no Tocantins, e conhece de perto a realidade da força econômica da região.
Continua depois da publicidade

Na manhã desta quarta feira, dia 9, o prefeito de Marabá, Sebastião Miranda recebeu a visita do Ministro do Planejamento Dyogo Henrique de Oliveira. No encontro estavam presentes, além do prefeito e do vice Toni Cunha, os secretários de Planejamento do Município Karan El Hajjar, de Indústria e Comércio Ricardo Pugliese, do Procurador Geral do Município Absolon Mateus, do chefe de Gabinete, Walmor Costa e do presidente da Associação Comercial e Industrial de Marabá, Ítalo Ipojucan.

O encontro, que teve caráter informal, objetivou alinhar as ações futuras entre prefeitura e ministério para atração de projetos de desenvolvimento da economia regional. O ministro Dyogo Henrique de Oliveira é natural de Araguaína, no Tocantins, e conhece de perto a realidade da força econômica da região.