Comissão de Elaboração do Protocolo de Segurança reuniu para traçar a volta do futebol

A comissão voltará a reunir com a presença dos clubes paraenses na próxima terça-feira
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Comissão de Elaboração do Protocolo de Segurança no Combate ao Covid-19 reuniu por videoconferência nesta terça-feira (26/05) para traçar os planos sobre uma possível volta do futebol aos gramados do estado do Pará. O encontro foi bastante proveitoso e além dos membros da comissão, também participaram Jorge Pagura, diretor da comissão médica da CBF, e Diogo Netto, gerente da CBF Social.

“Fizemos a primeira reunião da comissão responsável pela elaboração do protocolo de segurança da retomada do futebol ao estado do Pará. Vários assuntos foram abordados, e a CBF se colocando a disposição da nossa comissão para ajudar no que for preciso, inclusive vai nos enviar, encaminhar, as diretrizes que estão sendo tomadas pela CBF, junto ao Ministério da Saúde, para que tenhamos um protocolo seguro, um protocolo que possamos executa-lo, afim de que no dia de retomada do futebol, nos estejamos seguro de que estaremos protegendo a vida daqueles que fazem com o que uma partida de futebol aconteça”, afirmou Paulo Romano, vice-presidente da FPF e  o responsável pela comissão.

A primeira reunião da comissão debateu pontos importantes para uma volta segura do futebol paraense, como a questão dos testes para as pessoas que estarão envolvidas no evento esportivo dentro do estádio, adotando a prevenção de saúde em tempos de pandemia do novo coronavírus. A segunda reunião que poderá definir datas, vai contar com a presença dos clubes, onde após o término será enviado um protocolo junto ao governo do Pará.

“Um dos assuntos que foi amplamente discutido é em relação ao teste daqueles que irão fazer parte da realização de um jogo de futebol. Este é um ponto fundamental para que nós tenhamos segurança e proteger aqueles que irão fazer com o que o futebol possa a ser retomado e com isso nós estaremos elaborando um protocolo. Já agendamos a próxima reunião para o dia 2 de junho, na próxima terça-feira, e nesta reunião estaremos estipulando datas para a conclusão do protocolo e provavelmente também, uma data prevista para que possamos retomar o futebol”, disse Paulo Romano.

Além do assunto sobre os testes para os profissionais que estarão atuando nas partidas, outra pauta relevante da reunião em relação à volta do futebol no estado do Pará, foi a questão da possibilidade dos jogos restantes para concluir o Campeonato Paraense de Futebol, sejam realizados em apenas um estádio, que provavelmente será o Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém.

Por Fábio Relvas

Publicidade