Com gol de Igor Goularte, Paysandu vence o Tapajós e dispara na liderança do Grupo A1

O tento único foi marcado ainda no primeiro tempo e garantiu o triunfo do Papão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Igor Goularte marcou o gol da vitória do Paysandu (Foto: John Wesley/Paysandu)

Continua depois da publicidade

O Paysandu Sport Club voltou a vencer no Campeonato Paraense de 2021. Jogando na manhã deste sábado (17), o Papão derrotou o Tapajós por 1 a 0, no Estádio Luiz Omar Pinheiro, o Mamazão, em Outeiro, e disparou na ponta do Grupo A1, somando 10 pontos. A partida foi válida pela sexta rodada do Parazão, na qual os bicolores tem um jogo a menos que os adversários.

O gol único da partida foi marcado pelo atacante Igor Goularte, que acertou um chute de bico e correu para o abraço, aos 19 minutos do primeiro tempo. O Paysandu volta a campo diante do Independente na próxima terça-feira (20), às 16h, no Estádio Municipal Antônio Dias, o Navegantão, em Tucuruí. A partida será válida pela sétima rodada do estadual.  

O jogo: Papão voltou a vencer!

O Tapajós começou assustando. Após a indecisão da defesa do Paysandu, PC Timborana mandou um chute venenoso e a bola passou assustando contra a meta do goleiro Victor Souza. O Boto chegou a marcar um gol quando, em boa jogada, a bola ficou com Rosivan, que chutou para o fundo do barbante do Papão, mas a arbitragem invalidou o tento, alegando impedimento.

O time bicolor marcou valendo: Jhonnatan deixou o atacante Igor Goularte na boa, que chutou de bico e fez, aos 19 minutos, 1 a 0 Papão. O Tapajós não sentiu o gol e foi para cima. Rosivan, em grande jogada individual, chutou para o gol, a bola passou muito perto da meta do goleiro Victor Souza. Depois do lance, o Boto perdeu mais duas chances claras de gol, ambas com Paulinho Curuá: primeiro, recebeu passe de Adauto e sozinho chutou para fora; na segunda tentativa, o volante passou pela defesa bicolor e, de frente, chutou a bola na trave.

No segundo tempo, os jogadores sentiram a forte temperatura e a partida perdeu em qualidade técnica. O Papão tentou ampliar em uma cobrança de falta na área, Ratinho levantou e Nicolas tentou duas vezes marcar de cabeça, mas a zaga do Boto afastou o perigo. Em outra tentativa bicolor, Nicolas passou da marcação e furou na hora da finalização, a bola ficou com Robinho, que chutou por cima do travessão da meta de Paulo Wanzeler.

O Papão começou a crescer na partida. Ari Moura driblou a marcação e chutou a bola por cima do travessão do Boto. O atacante Felipe Vigia, do Tapajós, entrou na área e caiu pedindo pênalti, mas arbitragem mandou seguir. Em uma boa jogada de Bruno Collaço pela esquerda, o lateral bicolor cruzou para Nicolas, que perdeu o tempo da jogada e a bola se perdeu pela linha de fundo. Placar final: Tapajós 0 x 1 Paysandu.

FICHA TÉCNICA

TAPAJÓS: Paulo Wanzeler; Michel (Bacuriteua), Ryan, Douglas e PC Timborana (Júnior); Paulinho Curuá, Carlos Andrey (Juninho Silva), Rosivan (Juninho) e Adauto; João Victor (Alex) e Felipe Vigia.
Técnico: Artur Oliveira

PAYSANDU: Victor Souza; Israel (Yan), Alisson, Perema e Bruno Collaço; Paulinho (Denilson), Jhonnatan, Ratinho (Elyeser) e Ruy (Robinho); Igor Goularte (Ari Moura) e Nicolas.
Técnico: Itamar Schulle

  • Árbitro: Elaine da Silva Melo (CBF)
  • Assistente 1: Márcio Gleidson Correia Dias (CBF)
  • Assistente 2: Nayara Lucena Soares (CBF)
  • 4º Árbitro: Murilo Augusto Amoras de Almeida (FPF)
  • Cartões amarelos: Douglas e Bacuriteua (Tapajós); Paulinho, Denilson, Jhonnatan e Lucas Isotton (Auxiliar Técnico) (Paysandu)
  • Gol: Igor Goularte, aos 19 minutos do 1° tempo para o Paysandu
  • Local: Estádio Luiz Omar Pinheiro, o Mamazão, em Outeiro

Por Fábio Relvas

Publicidade