Notícias

Coautora do assassinato de professor do IFPA se entrega à polícia

Chegou ao fim na tarde desta terça-feira, dia 14, a cassada de 11 dias que a polícia empreendeu em busca de Thais Santos Rodrigues, acusada de ser co-autora do assassinato do professor Ederson Costa dos Santos, do IFPA Industrial, em Marabá. A acusada entregou-se na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil por volta das 16 horas de hoje. Ela é namorada do policial militar Felipe Freire Sampaio Gouveia, acusado de ser o autor dos disparos que tirou a vida do professor no último dia 4 deste mês.

Thais chegou em uma viatura da Polícia Civil, com o rosto coberto, acompanhada por três investigadores e o delegado responsável pelo caso, Ivan Pinto da Silva.

O homicídio do professor Ederson Santos causou grande repercussão em todo o Pará porque sua morte ocorreu a sangue frio e foi filmada. Ele não teve direito de defesa e foi covardemente assassinado com dois tiros na cabeça, após uma discussão de trânsito na madrugada do último dia 4, em frente ao Sesi, no Bairro Novo Horizonte. Felipe Gouveia e Thais aparecem em filmagens de câmeras de segurança instaladas em consultório que fica na Avenida Tocantins.

Gouveia foi preso na quinta-feira da última semana, dia 9, em um quartel da PM de Imperatriz, foi trazido para Marabá e daqui levado para um presídio para policiais na Região Metropolitana de Belém.

O destino de Thais será outro. Ela foi submetida ao exame de corpo e delito e será transferida para o Centro de Recuperação Feminino de Marabá (CRFM), ao lado do CRAMA, no Km 14 da Rodovia Transamazônica.

Ulisses Pompeu – de Marabá

Deixe seu comentário