Brasil

Clube do Remo vence o ABC no finalzinho e deixa a zona de rebaixamento da Série C

Por Fábio Relvas Foto: Fábio Will / Ascom Remo Após várias rodadas na zona de rebaixamento do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, finalmente o Clube do Remo …

Por Fábio Relvas
Foto: Fábio Will / Ascom Remo

Após várias rodadas na zona de rebaixamento do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, finalmente o Clube do Remo teve a sua saída da incomoda posição. Na noite deste domingo (29), o Leão Azul venceu o ABC-RN, por 1 a 0, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. A partida foi válida pela 16ª rodada da primeira fase.

O único gol do jogo foi assinalado pelo volante Dedeco, aos 41 minutos do segundo tempo, após dominar uma bola de frente para a meta e fuzilar para o fundo do barbante do goleiro Edson.

Com a vitória, o Leão Azul somou 18 pontos no Grupo A e saltou da lanterna para a oitava colocação. Agora restam apenas dois jogos para que os azulinos permaneçam fora do Z2 da competição nacional.

O próximo compromisso do Remo será diante do Salgueiro-PE, na segunda-feira (6), às 21h15, no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro. A partida será válida pela 17ª rodada. O time pernambucano é o lanterna, com 17 pontos, e em caso de derrota, poderá ser rebaixado já nesta próxima rodada.

O jogo: Leão 1 x 0 Elefante – Remo fora da zona de rebaixamento!

O ABC chegou primeiro em uma falta cobrada por Higor Leite, em uma bola que passou assustando a meta remista. O time potiguar chegou com perigo novamente: após cobrança de escanteio, a bola foi desviada passando por cima da meta do goleiro Vinícius. A equipe de Natal chegava nas bolas paradas e, em outra cobrança de falta, o goleiro Vinícius saiu mal e o Elefante da Frasqueira quase abriu o placar.

Finalmente, o Clube do Remo chegou. Em uma jogada confusa, os azulinos pediram toque de mão de um defensor abcedista dentro da área e o árbitro mandou seguir o lance. Minutos depois, o Leão Azul chegou a marcar com o volante Vacaria, mas a arbitragem assinalou impedimento. Mais uma vez, o time paraense chegou com o meia Rodriguinho, que disparou para a boa defesa do goleiro Edson.

A torcida azulina começou a empurrar mais o time nas arquibancadas. Em uma jogada do Leão pela direita, a bola foi cruzada rasteira na área, o zagueiro Mimica acabou se chocando com o goleiro Edson, que sentiu e ficou no chão. O volante Vacaria tentou abrir o placar e mandou para o gol, mas Edson defendeu novamente. Pressão azulina, Gabriel Lima é lançado e na hora de finalizar foi travado pela zaga adversária.

O lateral-direito Nininho entrou pelo meio com a bola dominada e disparou por cima da meta de Edson. Outro que tentou marcar foi Fernandes, que disparou para fora, quase abrindo o marcador. O ABC voltou a atacar com Leandrão, que chutou parando na defesa de Vinícius. O Remo jogou bola na área e a zaga do Elefante conseguiu se livrar. O atacante Gabriel Lima disparou em direção ao gol, a bola bateu na zaga e voltou para Dudu, que não aproveitou a última chance do time paraense no primeiro tempo.

Na etapa final, o Leão teve tudo para abrir o marcador logo no início com o volante Dedeco que, de frente, parou na defesa do goleiro Edson. O Remo era só pressão. Em outra bola na área, o atacante Gabriel Lima cabeceou para a grande defesa de Edson; em mais uma chance dos azulinos, o volante Vacaria também tentou de cabeça, mas a bola foi para fora. Leandro Cearense cortou a marcação e cruzou na área remista, a bola passou perigando para fora.

Aos 41 minutos, o Mangueirão explodiu. Rodriguinho cruzou da direita, o zagueiro Bruno Maia desviou de cabeça para a segunda trave e o volante Dedeco dominou e chutou, vencendo o goleiro Edson: Leão Azul 1 a 0, festa do Fenômeno Azul. A felicidade quase terminou quando, em uma bola alçada na área, o atacante Leandro Cearense cabeceou, o goleiro Vinícius defendeu e a bola explodiu no travessão; na sobra, o time potiguar acabou perdendo a chance do empate. Placar final: Remo 1 x 0 ABC.

FICHA TÉCNICA

REMO: Vinicius; Nininho, Mimica, Bruno Maia e Fernandes; Vacaria (Geandro), Dudu (Elielton), Dedeco e Rodriguinho; Gabriel Lima (Isac) e Eliandro.
Técnico: João Nasser Neto

ABC: Edson; Arêz, Vinícius, Henrique e Igor; Anderson Pedra, Marcos Júnior (Erivelton), Felipe Guedes e Higor Leite; Leandrão (Leandro Cearense) e Matheus Carvalho (Leomir).
Técnico: Ranielle Ribeiro

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG
Assistentes: Guilherme Dias Camilo – MG e Sidmar dos Santos Meurer – MG
Quarto-árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso – PA

Cartões amarelos: Vacaria e Gabriel Lima (Remo); Felipe Guedes e Vinícius (ABC)
Gol: Dedeco, aos 41 minutos do 2° tempo para o Remo

Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém
Renda: R$ 206.885,00
Público pagante: 10.328
Público total: 12.791

Deixe seu comentário