Parauapebas

Caminhonete roubada em Parauapebas é recuperada horas depois na zona rural

Em média, mil veículos são roubados em todo o Estado do Pará todo mês, o que representa 33 veículos por dia, totalizando 12 mil ocorrências ao ano, segundo a Delegacia de Repressão de Roubos e de Furtos de Veículos Automotores (DRRFVA). A conta inclui veículos leves, pesados e motocicletas. A média de recuperação desses produtos roubados oscila entre 35% e 40%.

Ainda de acordo com a DRRFVA, aos finais de semana, feriados e épocas de mais movimento nas cidades é quando as ocorrências aumentam, detalhando que os veículos mais roubados continuam sendo os populares e os modelos variam de acordo com a época.

Um desses casos aconteceu em Parauapebas, na manhã de ontem, domingo, 27, quando foi tomada à mão armada uma caminhonete tipo Hilux de cor branca, placas QEM 1787. A ação foi no bairro Jardim Canadá, próximo a 20ª Seccional de Polícia Civil. O roubo logo foi denunciado pelo proprietário do veículo Cleber Eduardo Pereira da Rocha.

De imediato, guarnições da Polícia Militar começaram as diligências, vindo a encontrar a caminhonete a uma distância de 30 km do centro urbano, próximo da Vila Santa Cruz, zona rural de Parauapebas. Não houve prisão, pois o acusado adentrou na mata fechada e não foi localizado; o veículo foi entregue ao proprietário.

Destino dos veículos roubados

Os veículos roubados e furtados são utilizados de várias formas. Uma delas é para realizar outros assaltos. Em outra modalidade, os sinais identificadores (chassis) são adulterados e os documentos são vendidos em sites de compra e venda de veículos.

Existem casos em que o veículo roubado é adulterado e levado para o Detran e sai de lá com um documento “verdadeiro”. Por isso, recomenda-se cuidado redobrado na hora de comprar um veículo usado, pois se a pessoa comprar um veículo “esquentado” vai ter prejuízo porque cedo ou tarde será descoberta a fraude. E o bem terá de ser devolvido para o verdadeiro dono. Outra parte dos veículos roubados pode ser desmanchada e as peças revendidas separadamente.

Deixe seu comentário