Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Bragantino, Sport Belém, Izabelense e Parauapebas a um passo da elite do futebol paraense

As semifinais da Segundinha do Parazão acontecem neste domingo (26/11). Quem passar garante o acesso para o Parazão 2018
Continua depois da publicidade
Por Fábio Relvas

A Segundinha do Parazão 2017 começou com 14 clubes na disputa e agora restam apenas quatro sonhando com a elite do futebol paraense. Bragantino, Sport Belém, Izabelense e Parauapebas, vão se enfrentar pelas semifinais da competição estadual e os vencedores dos duelos estarão de volta ao Parazão da primeira divisão se juntando com Paysandu, Remo, Independente Tucuruí, São Raimundo, Águia de Marabá, Castanhal, Cametá e Paragominas.

O Bragantino saiu da Chave A1 e segue invicto na competição e com a melhor campanha entre os semifinalistas. O Tubarão do Caeté, contando a fase classificatória e as quartas de final, somou 13 pontos, em cinco jogos, sendo quatro vitórias e um empate. A equipe tem o comando do experiente técnico Arthur Oliveira, o chamado “Rei Arthur”, que já conquistou título de campeão paraense pelo Clube do Remo como atleta e treinador. Arthur sabe que a força da torcida no estádio Diogão poderá fazer a diferença nessa reta final.

“É um jogo que precisamos está no nosso melhor, no nível de concentração altíssimo até porque vamos jogar contra um adversário que vai vir atrás de uma bola, um adversário que joga fechado atrás. Então vai ser um jogo de paciência e nós estamos trabalhando a semana toda pensando nisso, nessa situação de jogo para que a gente possa conseguir o nosso objetivo que é passar para a elite. Eu espero que a gente possa contar com o nosso torcedor, a cobrança e o apoio que nós estamos no dia a dia e todo mundo tá falando que vai vir no jogo no domingo e vamos precisar muito deles. É o 12º jogador, todo jogo é pensamento positivo. Aqueles que não puderem vir estarão ali na rádio ligados com pensamento positivo para que possamos conseguir a vitória”, disse Arthur Oliveira.

Já o Sport Belém é a grata surpresa da Segundinha. Com poucos recursos financeiros, o Dragão da Maracangalha da capital Belém, também saiu da Chave A1 e chegou até a semifinal com três vitórias, um empate e uma derrota, somando 10 pontos, na fase classificatória e quartas de final. O time treinado pelo experiente Zé Carlos improvisou trabalhos em um campo de um clube particular da capital, com treinos de sete contra sete, já que o espaço não permite o tradicional 11 contra 11. O Sport Belém conta com o meio-campo Fininho, destaque da equipe e que marcou três gols no jogo das quartas de final diante do Tapajós, na vitória por 4 a 2. O time de Belém não disputa a elite desde 2003.

“Nós precisamos nos superar mais uma vez, jogando fora de casa com uma equipe muito forte a do Bragantino. Já jogamos um jogo lá sabemos que é uma equipe que vem para cima, que a torcida apoia muito, mas nós também estamos preparados para fazer uma grande partida. Falta apenas um jogo para o tão sonhado acesso então que a gente possa está em uma tarde feliz no domingo e que eu possa fazer mais uma grande partida e que a gente saia de lá classificado”, afirmou Fininho.

O Izabelense estava na Chave A2 da competição estadual. O Frangão da Estrada somou 10 pontos com três vitórias, um empate e uma derrota, atuando na fase classificatória e quartas de final. A equipe de Santa Izabel do Pará não disputa a elite do Parazão desde 1993 e quer mudar o rumo da história. Para isso conta com o técnico Fran Costa, conhecido como O “rei do acesso”, já que em 11 campeonatos em que comandou uma equipe, conseguiu nove acessos.

“Eu sempre venho falando para os meus jogadores que nós estamos a 90 minutos e a um  gol do acesso. Se fizermos um gol e não tomar nenhum, estaremos na fase principal do Parazão. Esse é o objetivo de todos nós. Vai ser um jogo difícil com uma equipe de qualidade que é a do Parauapebas e estamos consciente disso. Mas já estamos todos concentrados e esperamos contar com o apoio da torcida para buscar esse sonhado acesso”, falou Fran Costa.

Em relação ao Parauapebas Futebol Clube, o time da Capital do Minério, assim como o Bragantino, também segue invicto na competição. Em cinco jogos somando fase classificatória e quartas de final, o Gigante de Aço chegou aos nove pontos, sendo duas vitórias e três empates. Atuando fora de casa, o time do PFC venceu uma e empatou outra, justamente diante do Izabelense, seu adversário na semifinal da Segundinha. Na ocasião, o duelo terminou em 2 a 2. A delegação viajou na tarde de sexta-feira (24/11) rumo a Santa Izabel do Pará. O time se preparou para o que der e vir e pênaltis também foi treinado, já que o PFC conseguiu eliminar a Tuna Luso nos tiros livres da marca da cal.

“A gente sabe das dificuldades que vamos enfrentar lá em Santa Izabel. Já jogamos contra a equipe deles e sabemos que eles se reforçaram, estão com um elenco muito bom, mas agente tem que fazer o fator nosso, do nosso elenco que tem uma qualidade incontestável e fazer a diferença. Trabalhamos durante a semana firme e forte para chegar lá não correr riscos e conseguir esse acesso. Tivemos um propósito de tentar ganhar da Tuna, infelizmente a vitória não veio e foi para os pênaltis e saímos coroados. A bola não entrou, foi um jogo muito truncado e agora lá sabemos também que vai ser um jogo truncado e a gente tem que se preparar para conseguir o resultado. Se por acaso não vir estamos preparados para as penalidades também”, afirmou Cleriston, goleiro do PFC.

A Comissão de Arbitragem da Federação Paraense de Futebol (FPF) sorteou nesta quinta-feira (23/11), na sede da instituição, que fica localizada na capital Belém, o quarteto de arbitragem para os duelos das semifinais da Segundinha do Parazão 2017.

Bragantino e Sport Belém se enfrentam neste domingo (26/11), às 15h30, no estádio São Benedito, o Diogão, em Bragança. O árbitro da partida será Wasley do Couto Leão, que será auxiliado por Rafael Bastos Cardoso e Bárbara Roberta Costa Loiola. A quarta-árbitra fica por conta de Ruth Helena de Araújo Soares.

Izabelense e Parauapebas duelam neste domingo (26/11), às 15h30, no estádio Edilson Abreu, o Abreuzão, em Santa Izabel do Pará. O árbitro central será Gustavo Ramos Melo, tendo como assistentes Rafael Ferreira Vieira e Dimmi Yuri Cardoso. Elaine da Silva Melo fica como a quarta-árbitra.

Deixe uma resposta