Avante confirma Marcelo Catalão para a Prefeitura de Parauapebas

Chapa “Mudança de Verdade” tem Meire Vaz, do PMB, como candidata a vice
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Foi realizada, nesta quarta-feira (16), em Parauapebas, a convenção partidária do AVANTE, em conjunto com o Partido da Mulher Brasileira (PMB). O evento marcou o lançamento oficial de Marcelo Catalão para prefeito e Meire Vaz como vice, formando a chapa “Mudança de Verdade”, que irá disputar o Executivo municipal no pleito de 2020. Além do anúncio da chapa, também foram apresentados os candidatos à Câmara Municipal de ambos os partidos. 

“Parauapebas é uma cidade milionária e graças a Deus foi abençoada por floresta, minério e biodiversidade, mas nossa maior riqueza é vocês. É de vocês que nós queremos cuidar,” disse Marcelo Catalão, emocionado com a presença da comunidade.

O candidato descreveu a garantia dos direitos básicos à população como o objetivo da chapa. “Queremos que todas as donas de casa tenham água nas suas torneiras; que as crianças tenham acesso à educação de qualidade, escolas em tempo integral; que os jovens e adultos tenham oportunidade de crescimento profissional com escolas técnicas, empregos; que os hospitais funcionem de verdade,” discursou.

Meire Vaz já ocupou o cargo pleiteado em duas ocasiões, 1993 e 2000. Em 2005,  foi encarregada de dirigir a Secretaria de Assistência Social. Há 16 anos afastada da política, a pastora explicou em seu discurso um dos principais projetos da chapa: o desenvolvimento socioeconômico do município. 

“Você já parou para pensar daqui 20, 30 anos, como vai ser essa cidade no dia que essa mineração parar? Como vamos nos sustentar quando não tiver mais minério?”, questionou. “Precisamos pensar em mais formas de gerar emprego e renda nas mais diversas áreas de atuação, para garantir que nossa cidade seja um lugar de oportunidade e qualidade de vida para todos”.

Em sua segunda investida à prefeitura, Catalão acredita que sua experiência e 34 anos no município lhe garantem a credibilidade de que será um bom gestor. “Eu tenho honra e honestidade na minha história, sempre trabalhei duro para sustentar minha família. Cresci com dignidade e é com essa experiência que eu cheguei até aqui, cheio de vontade, para ajudar essa gente que vive ignorada pelas políticas públicas,” disse. E completou: “Parauapebas precisa de gente que respeite gente, não de gente que governa de costas para o povo, como já experimentamos nos últimos anos”.