Parauapebas

Asfaltamento da estrada de acesso à Carimã vai demorar mais um pouco

Escolha de empresa para realização da obra estava prevista para depois de amanhã (20), mas a data foi prorrogada para 18 de abril. Execução dos serviços tem custo estimado em R$ 20,5 milhões.

Escolha de empresa para realização da obra estava prevista para depois de amanhã (20), mas a data foi prorrogada para 18 de abril. Execução dos serviços tem custo estimado em R$ 20,5 milhões.

Foi mudada para o dia 18 de abril — de hoje a um mês, portanto — a licitação de R$ 20,5 milhões para escolha da empresa que vai realizar os serviços de asfaltamento de 35 quilômetros da estrada entre o Projeto de Assentamento Carajás e a vila Carimã, na zona rural do município. A informação da mudança foi publicada na edição desta segunda-feira (18) do Diário Oficial da União (DOU) e pode ser conferida aqui.

O Blog do Zé Dudu tinha dado a notícia do asfaltamento da importante estrada rural em primeira mão no dia 20 de fevereiro (veja aqui). A data inicial prevista para a licitação era 20 de março, ou seja, depois de amanhã, quarta-feira.

Vale lembrar que o asfaltamento é esperado há anos porque a estrada interliga 37 assentamentos à cidade de Parauapebas, sendo que as vilas Nova Jerusalém, com 150 famílias, e Carimã, com 600, são as mais populosas. De acordo com a Semob, do Km 1 ao Km 22, a via pertence ao município de Parauapebas; do Km 23 até o Km 35, é de responsabilidade da administração do município de Marabá.

No entanto, as principais vilas localizam-se mais próximas à cidade de Parauapebas — a distância da Carimã para a cidade de Marabá, por exemplo, é de cerca de 150 quilômetros — e, por isso, mesmo que centenas de pessoas residam em território marabaense, recorrem a serviços e equipamentos públicos parauapebenses, uma das razões pelas quais a administração do prefeito Darci Lermen se preocupa em atender aquelas comunidades.

Deixe seu comentário