Torre da antiga Telemar

Continua depois da publicidade

Comentário de um leitor do blog indignado com o má aplicação da quadra da operadora de telefonia OI no bairro União:

Fico impressionado quando vejo um espaço como o da torre da OI (antiga Telemar) entre as ruas H e J, rua 10 e 11, que são dois quarteirões, somente com uma torre super antiga que poderia ser substituída por uma de modelo atual que ocupa somente um lote e neste local poderia ser um espaço para uma praça de eventos com estacionamentos e sem os transtornos de engarrafamento e fechamento da PA-275. Acho que sempre faltou interesse político!

Qual a sua opinião?  Alguém da Prefeitura Municipal de Parauapebas poderia responder?

9 comentários em “Torre da antiga Telemar

  1. Anônimo Responder

    Olá Zé Dudu! bacana a dica do leitor.
    Que tal se naquele espaço fosse construido um teatro ou até mesmo um Cineteatro? Seria muito bom! CHEGA DE EXCLUSÃO CULTURAL!!!!

  2. Joao Responder

    Local para praça de eventos? Se fosse uma desculpa que a torre esta atrapalhando o desenvolvimento de uma região ate que poderia conseguir… Até……
    Mas calculando os moradores que moram ao redor da quadra da telemar, não chega a soma dos moradores das cidades vizinhas que seriam prejudicados pela “falha” no sistema para a mudança.

    Nem tudo que agente quer… Pode.

    Obrigado Zé pelo espaço… Mas o povo de Parauapebas só pensa em Evento. Se fosse pelo menos um Hospital novo…

  3. Joao Responder

    Pode quando a área não é utlizada para fins de comunicação. E estamos falando da Oi, maior empresa de Telecom do Brasil, aquela torre é utilizada para interligar varios municipios vizinhos, uma torre alto-portante como o rapaz citou não atingiria os 120m da torre atual, somente torre estaiada que eh o modelo atual atinge essa altura. e para mudar isso tudo geraria um Caos para a Oi, continuo afirmando que o governo não tem poder para isso.

  4. Zé Dudu Autor do postResponder

    As terras compradas pelo município para o Complexo Industrial próximo ao Cedere I também eram privadas. O governo municipal pode desapropriar quando quiser, bastando para isso provar que precisa da área.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: