Água Azul e Bannach inauguram prestação de contas do 3º bimestre

Gestão dos dois pacatos municípios dá exemplo em preocupação com controle externo. Água Azul é destaque no Brasil por já ter também publicado balanço no portal de transparência local
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Os governos de Água Azul do Norte e Bannach largaram na frente na prestação de contas do 3º bimestre de 2021, correspondente à execução orçamentária consolidada nos meses de maio e junho. A Prefeitura de Água Azul remeteu seu Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) ao Tesouro Nacional no último dia 9, enquanto a Prefeitura de Bannach o fez ontem (13). O RREO fornece informações valiosas acerca de arrecadação e gastos dos municípios em determinado período do ano.

As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu e mostram que a receita de ambos os municípios aumentou no comparativo com os anos anteriores. Bannach, que é o município menos populoso do Pará, com aproximadamente 3.300 habitantes, reportou R$ 3,796 milhões nos meses de maio e junho e, na primeira metade de 2021, movimentou R$ 11,525 milhões.

O Blog apurou que a expectativa da administração de Bannach é ajuntar este ano R$ 26,541 milhões, mas, se mantiver o pique atual de arrecadação, a receita será encerrada em R$ 23 milhões. Em 2020, a receita corrente apurada pela prefeitura local foi de R$ 22,201 milhões e em 2019 a arrecadação totalizou R$ 21,649 milhões.

Água Azul dá exemplo

Além de ser o município mais adiantado do bimestre na prestação de contas, de Água Azul do Norte vem outro bom exemplo para as prefeituras do Pará e do Brasil: transparência. O governo local não apenas mandou o RREO do 3º bimestre ao Tesouro Nacional, como também já o publicou no portal de transparência — ação que não raramente é omitida até mesmo por prefeituras ricas e famosas.

Em termos de arrecadação, Água Azul previu ingresso de R$ 87,593 milhões em receitas ao longo deste ano e arrecadou R$ 32,962 milhões na primeira metade de 2021, entre os quais 11,374 milhões nos meses de maio e julho. Em 12 meses corridos, a Prefeitura de Água Azul ostenta faturamento de R$ 71,11 milhões.

CONFIRA O FATURAMENTO DA PREFEITURA DE ÁGUA AZUL DO NORTE EM 12 MESES

  • Julho de 2020: R$ 7,181 milhões
  • Agosto de 2020: R$ 6,942 milhões
  • Setembro de 2020: R$ 6,121 milhões
  • Outubro de 2020: R$ 5,535 milhões
  • Novembro de 2020: R$ 5,301 milhões
  • Dezembro de 2020: R$ 7,068 milhões
  • Janeiro de 2021: R$ 5,876 milhões
  • Fevereiro de 2021: R$ 5,468 milhões
  • Março de 2021: R$ 5,572 milhões
  • Abril de 2021: R$ 4,672 milhões
  • Maio de 2021: R$ 4,626 milhões
  • Junho de 2021: R$ 6,748 milhões

A maior das despesas da Prefeitura de Água Azul do Norte é com pessoal, que consumiu R$ 17,163 milhões de janeiro a junho deste ano. Em termos de saúde, o município de 28 mil habitantes gastou R$ 8,298 milhões com saúde, R$ 6,998 milhões com educação e R$ 5,505 milhões com urbanismo. A administração água-azulense também encerrou o semestre fazendo jus ao nome, com tudo no “azul”, já que reportou superávit fiscal de R$ 3,955 milhões. O superávit é uma espécie de lucro, entre a arrecadação e os gastos do período. Na prática, implica dizer que a gestão municipal gastou menos que o que arrecadou.