Author Archives: Zé Dudu

Órgãos de segurança pública lançam na próxima terça-feira em Parauapebas Gabinetes de Gestão Integrada (GGI-M)

GGI-MCom o objetivo reunir órgãos ligados à segurança e juntos traçar metas e estratégias para diminuir o índice de violência em Parauapebas, será lançado na próxima terça-feira (4), às 8 horas, no Auditório I do Centro Administrativo da Prefeitura, o serviço Gabinetes de Gestão Integrada no Município, conhecido pelas letras GGI-M.

A criação dos GGI-Ms é uma diretriz estratégica do Ministério da Justiça, com ações apoiadas pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) voltadas para construção de uma cultura de paz, através de trabalhos focados na segurança cidadã, com a participação efetiva dos agentes de segurança e da sociedade civil organizada.

Os GGI-Ms são um fórum executivo e deliberativo que tem como missão integrar sistematicamente os órgãos e instituições federais, estaduais e municipais, priorizando planejamento e execução de ações integradas de prevenção e enfrentamento da violência e criminalidade.

O lançamento dos Gabinetes de Gestão Integrada no Município deve contar com as presenças de representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; Defensoria Pública, polícias Civil e Militar; Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Defesa da Criança e Adolescente, entre outros representantes de entidades da sociedade organizada.

Serviço: Lançamento do programa Gabinetes de Gestão Integrada

Local: Auditório I do Centro Administrativo da Prefeitura – Data: 4 de novembro – Horário: 8 horas

Empresa desmente vereadores

Na semana passada os vereadores Bruno Soares (PP) e Pavão (SDD) concederam entrevista ao radialista Laércio de Castro sobre as ações da Comissão Especial de Inquérito – CEI – criada na Câmara Municipal de Parauapebas para investigar a compra dos contraceptivos Implanon e Essure por parte da Secretaria Municipal de Saúde.

Durante a entrevista, os vereadores alegaram que preliminarmente haveria indícios de irregularidades na compra e que a empresa Commed, que efetuou a venda, sequer existia. O vereador Bruno chegou a afirmar que logo após a venda, entrega e recebimento a Commed havia fechado as portas. A entrevista foi ao ar durante o Programa Conexão Carajás, capitaneado por Demerval Moreno na Rádio Liderança FM.

Para dirimir qualquer dúvida sobre a aquisição dos contraceptivos e ainda sobre a idoneidade da fornecedora, a empresa Commed encaminhou à Câmara Municipal de Parauapebas o ofício abaixo. Nele a empresa desmente todas as informações prestadas pelos vereadores ao radialista Laércio de Castro e faz outros esclarecimentos sobre a licitação para aquisição dos contraceptivos. Confira:

DECLARAÇÃO

A COMERCIAL COMMED PRODUTOS HOSPITALARES LTDA., devidamente licenciada pelos órgãos competentes e inscrita no CNPJ sob o número 02.643.718/0001-21, vem esclarecer a quem possa interessar que é uma empresa estabelecida no mercado ha 34 anos, está funcionando em plena atividade e é totalmente independente de qualquer tendência política, ideológica ou fisiológica de terceiros.

A empresa é líder no seu segmento de atuação e trabalha com grandes parceiros nacionais e multinacionais, estando apta para a distribuição de produtos para o mercado médico hospitalar em todo o mercado nacional, para órgãos públicos e privados.

No Caso do município de Parauapebas, participamos recentemente de um processo de licitação obedecendo rigorosamente todas as exigências e fornecendo toda a documentação solicitada pelo órgão responsável.

Recentemente fomos citados em alguns meios de comunicação da região que alegaram que nossa empresa teria encerrado suas atividades, o que não corresponde a verdade.

Outra alegação é de que houve uma demora para que se iniciasse a utilização dos produtos fornecidos. Ressaltamos que o que ocorreu foi que estávamos trabalhando juntamente com o município para cumprir a lei, uma vez que as mais de mil pessoas que estavam na fila de espera do planejamento familiar, teriam que passar por um processo de validação que dura no mínimo 60 dias.

Caso algum produto fornecido por nossa empresa tenha a data de validade vencida antes de sua utilização, nossa empresa se compromete a trocá-los.

Sempre fornecemos treinamento e capacitação para os profissionais envolvidos com a utilização dos produtos que distribuímos e sempre cumprimos com nossos deveres.

Foi mencionado também que o valor da venda para o município de Parauapebas foi de 11 milhões de reais, sendo este mais um equívoco, O valor da ata foi registrada neste valor, mas o valor contratado foi de R$ 7.614.500,00.

Toda a documentação deste processo foi encaminhada para o órgão competente quando solicitado.

Mais informações sobre nossa empresa estão disponíveis para acesso irrestrito através do site www.commed.com.br .

 

Repórter da Band vai do Rio Grande do Sul ao Pará na boleia de caminhão

-------band-estradasPara mostrar as condições das estradas brasileiras, pavimento, pinturas, faixa laterais, placas de limites de velocidade e visibilidade da sinalização, o repórter Luciano Nagel, da Band RS, vai viajar mais de 5 mil quilômetros na boleia de um caminhão de carga. O percurso, que começou na quarta-feira, 29, vai do Rio Grande do Sul ao Pará.

Segundo a Band, o objetivo da reportagem é fazer um Raio-X da malha rodoviária nacional e registrar histórias de profissionais que vivem o dia a dia de viagens longas. O material produzido vai apresentar relatos de caminhoneiros que enfrentam perigos do trânsito e a responsabilidade de transportar mercadorias e produtos de alto valor.

Ao vivo, Nagel vai fazer boletins diários na programação das rádios Bandeirantes AM (640) e Bandnews FM (99,3). O retorno do jornalista está previsto para a última semana de novembro, data em que ele deve produzir uma série de reportagens para a TV.

Cresce proteção previdenciária dos trabalhadores no Brasil. Pará é o Estado com menor índice de cobertura, aponta pesquisa

São cerca de 64 milhões de brasileiros vinculados ao sistema de seguridade social e regimes próprios de previdência

Seguridade SocialEstudo do Ministério da Previdência Social, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2013, traz informações sobre o crescimento da proteção social no Brasil.

O crescimento é avaliado considerando-se a população ocupada, pessoas com idade entre 16 e 59 anos, que correspondiam a 88,2 milhões de pessoas em 2013.

Os números apontam que 72,5% da população ocupada do País contava com proteção previdenciária em 2013, contra 71,5% em 2012.

Considerando a série histórica desde 1992, para o Brasil (sem área rural do Norte) houve um crescimento de 61,7%, em 2002, para 72,5% em 2013. Tanto de 2012 para 2013, quanto na comparação de 2002 para 2013, houve incremento da cobertura tanto para homens quanto para mulheres. (Confira o estudo completo).

São cerca de 64 milhões de brasileiros vinculados ao sistema de seguridade social e regimes próprios de previdência (a que estão vinculados os servidores públicos).

Para o secretário de Políticas de Previdência Social, Benedito Brunca, “as medidas de inclusão previdenciária como o Empreendedor Individual e o programa das donas de casa de baixa renda, tem grande participação neste resultado positivo”, destaca.

Outra boa notícia da comparação entre as Pnad 2012 e 2013 é que o aumento da população protegida ocorreu simultaneamente ao crescimento da população ocupada, de 86,6 para 88,2 milhões de pessoas.

Ou seja, trata-se de um indício de que o mercado de trabalho formal cresceu o suficiente para absorver os novos integrantes e, adicionalmente, reduzir a exclusão social.

Perfil da proteção

Dos 88,2 milhões da população ocupada, 50 milhões são homens e 38,2 milhões mulheres. A unidade da federação com maior cobertura social é Santa Catarina, com 85,3% da população ocupada socialmente protegida.

A que possui o menor índice de cobertura social é o Pará, com 56%, abaixo da média nacional que é de 72,5%. Das 27 unidades da federação, 17 ainda estão abaixo desta média, todos das regiões Norte e Nordeste, mais Mato Grosso do Sul e Goiás, no Centro-Oeste.

Entre os socialmente protegidos, estão 50,1 milhões de contribuintes do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), 6,2 milhões de trabalhadores rurais – os segurados especiais – e os servidores públicos vinculados aos regimes próprios de previdência social – 6,7 milhões de pessoas. Também estão socialmente protegidos 919 mil pessoas que não contribuíram para a Previdência, mas recebem algum tipo de auxílio.

Olhando para a posição na ocupação verifica-se que os trabalhadores empregados são a maioria da população ocupada, 82,9% em 2013, número que se mantém estável nos três últimos anos.

Chama a atenção o crescimento da participação dos domésticos na população ocupada: de 41,1% em 2012 para 44,4% no último ano.

Desprotegidos

Apesar da crescente expansão da proteção previdenciária, 24,2 milhões de brasileiros ainda estão socialmente desprotegidos. O que corresponde a 27,5% do total da população ocupada. Ao analisar a população socialmente desprotegida verifica-se que 13,6 milhões são homens e 10,6 milhões mulheres

Do total de desprotegidos em 2013, 13,3 milhões possuíam capacidade contributiva, com renda igual ou maior que o salário mínimo. Desse total, 3,7 milhões estavam na faixa dos 30 a 39 anos, 7 milhões ganhavam entre um e dois salários mínimos, sendo a maior parte deles de trabalhadores domésticos e empregados sem carteira e trabalhadores por conta-própria.

Do total de desprotegidos, outros 10 milhões possuíam rendimento inferior ao valor do salário mínimo e, portanto, teriam dificuldade para contribuir para a Previdência.

Além de possuírem taxa de proteção social mais baixa, as mulheres são maioria entre os desprotegidos sem capacidade contributiva (5,9 milhões) e minoria entre os desprotegidos com capacidade contributiva (4,4 milhões).

Fonte: Ministério da Previdência Social

Em Parauapebas, festa do servidor será realizada nesta sexta-feira e sábado

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad) e Coordenadoria de Treinamentos e Recursos Humanos (CTRH), realiza nesta sexta-feira (31 de outubro) e sábado (1º de novembro), a partir das 21 horas, a Festa do Servidor, com shows artísticos, no ginásio poliesportivo do Bairro Beira Rio I.

Nesta sexta-feira, o servidor vai poder conferir a apresentação das bandas Cruzeiro do Sul, Tropa Louca e Léo Bruno. Já no sábado, será a vez das cantoras gospel Mylla Karvalho e Cleiane Gomes se apresentarem ao público.

Na oportunidade, todos os atletas vencedores dos jogos intersetoriais vão receber premiação no evento. Os jogos foram realizados nos meses de setembro e outubro, e fazem parte da programação da 10ª Mostra de Artes dos Servidores Públicos de Parauapebas (Maspp).

Caso o servidor não tenha recebido o convite da festa, a Semad informa que o acesso ocorrerá, também, por meio da apresentação do crachá ou do contracheque. A festa é aberta ao servidor, sua família, amigos e convidados.

Música de Cebolão e campanha de vacinação contra febre aftosa são os destaques do Conexão Rural deste domingo

f7O programa Conexão Rural apresenta neste domingo a partir das 9hs na RBATV, Band, canal 30, em Parauapebas (PA), e no mesmo horário no SBT, canal 5, de Canaã dos Carajás (PA), uma reportagem especial sobre a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, que começa dia 1º e vai até 30 de novembro. A primeira ocorreu em maio deste ano.

Em outra reportagem, serão apresentados detalhes do mutirão do Plano Safra 2014/15 promovido pela Prefeitura Municipal de Parauapebas, por intermédio da Secretaria de Produção Rural, realizado em Palmares Sul, com a presença do prefeito Valmir Mariano, do secretário Horácio Martins e de produtores rurais daquela região.

O programa traz ainda uma entrevista com o músico Cebolão, que toca a verdadeira música sertaneja raiz. A entrevista foi gravada em sua fazenda no município de Canaã dos Carajás. É muita moda de viola para alegria de quem gosta da verdadeira música sertaneja.

O Conexão Rural tem produção e apresentação do jornalista Lima Rodrigues e imagens e edição do João Pezão Filho. O programa está imperdível.

Eleições 2014 – Calendário Eleitoral : 31 DE OUTUBRO

20147

(5 dias após o segundo turno)

Último dia em que os feitos eleitorais terão prioridade para a participação do Ministério Público e dos Juízes de todas as justiças e instâncias, ressalvados os processos de habeas corpus e mandado de segurança (Lei nº 9.504/97, art. 94, caput).

Último dia para o encerramento dos trabalhos de apuração do segundo turno pelas Juntas Eleitorais.

Último dia para os Tribunais Regionais Eleitorais divulgarem o resultado da eleição para governador e vice-governador de estado e do Distrito Federal, na hipótese de segundo turno.

Último dia para o Tribunal Superior Eleitoral divulgar o resultado da eleição para presidente e vice-presidente da República, na hipótese de segundo turno.

Nota de falecimento

É com pesar que comunicamos o falecimento da Senhora Maria Pereira da Silva, mãe do Empresário e Presidente da CDL Parauapebas Daniel Lopes.

Nossos sentimentos e expressões de conforto à família e aos amigos.

Parauapebas, 30 de Outubro de 2014.

Assessoria de Comunicação
CDL Parauapebas

Projeto Cozinha Brasil – Etapa Parauapebas

Projeto Cozinha BrasilParceria entre uma Fundação e o SESI levará à cidade de Parauapebas  o projeto “Cozinha Brasil Educação Alimentar”.  Este projeto oferece cursos de curta e média duração gratuitos à população para o ensino da prática de uma alimentação nutritiva e saudável, de baixo custo e que respeita as diferenças regionais e das estações.

A finalidade do evento é estimular mudanças no padrão de consumo alimentar por meio do ensino de receitas de preparo fácil, rápido e que estimulem o aproveitamento integral dos alimentos, gerando uma melhor qualidade de vida e saúde à população.

Os cursos acontecem entre os dias 4 e 6 de novembro no Complexo de Abastecimento da Cidade de Parauapebas – CAP – localizado na Avenida Faruk Salmen, de 14 às 17 horas e das 18 às 21 horas, e terão a duração de 10 horas por curso , sendo destinado à homens e mulheres com idade superior a 16 anos.  As inscrições podem ser feitas na Secretaria da Mulher de Parauapebas.

Justiça Federal dá 15 dias para Funai retomar demarcação de Terra Indígena no Pará

Por Marcelo Brandão – Agência Brasil

A Justiça Federal deu à Fundação Nacional do Índio (Funai) prazo de 15 dias para dar sequência ao processo de demarcação da Terra Indígena Sawré Muybu, dos índios mundurukus, em Itaituba, oeste do Pará. De acordo com a Justiça Federal, o procedimento de demarcação já ocorre há 13 anos, e foi paralisado “inexplicavelmente” no ano passado.

indiosgaranikaiowa_thumb

A Terra Indígena Sawré Muybu está localizada na região onde o governo pretende construir a Usina Hidrelétrica de São Luiz do Tapajós. Com a construção da usina, explica a Justiça Federal, aldeias, florestas e cemitérios da terra indígena serão alagados. Antes de decidir sobre a demarcação, o juiz Rafael Leite Paulo, da Vara Federal de Itaituba, questionou a Funai, e a fundação informou que o Relatório Circunstanciado de Identificação e Delimitação da Terra Indígena já está pronto, dependendo de apreciação e publicação.

A área tem pouco mais de 178 mil hectares, e o processo de demarcação teve início em 2001. O relatório da terra indígena está pronto desde 13 de setembro de 2013. O passo seguinte do processo, a publicação do relatório no Diário Oficial da União, necessário para homologação e registro da demarcação, não ocorreu, e o processo parou. Procurada pela reportagem, a assessoria da Funai não foi encontrada para comentar o caso.

Segundo a Justiça Federal, a fundação argumentou que não havia prazo definido para concluir o procedimento demarcatório, e “estava priorizando demarcações nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste do Brasil”. Em sua decisão, Paulo diz que “o processo está parado, sem um fundamento válido, mas tão somente invocando uma genérica e vazia alegação de priorização das regiões [mencionadas], e assim os direitos dos indígenas seriam perpetuamente postergados, uma vez que as prioridades estabelecidas não abarcaram o processo demarcatório da Terra Indígena Sawré Muybu”.