Author Archives: Zé Dudu

Municípios do sudeste paraense receberão ações de cidadania da Polícia Civil

A Assessoria de Relações Interinstitucionais (Arin) da Polícia Civil participou de audiências públicas e reuniões nos municípios de Marabá, Canaã dos Carajás e Parauapebas, sudeste do Estado. Nesses encontros, a equipe da assessoria conversou com lideranças comunitárias e empresários para acolher as principais demandas de cada uma dessas localidades. Encerradas as reuniões, no último dia 2, foi estabelecido um cronograma de ações de cidadania para emissão de carteiras de identidade e prestação de serviços de orientação a jovens e idosos, que serão realizadas ao longo dos próximos meses.

De acordo com o titular da Arin, Luiz Monteiro Junior, serão realizados mutirões para expedição dos documentos, com duração de dois dias em cada cidade, restando ainda definir em qual mês esses serviços serão ofertados. As ações fazem parte do projeto de interiorização da Arin, unidade da Polícia Civil voltada à promoção de atividades que aproximem a comunidade do órgão estadual.

Em Marabá, a equipe da Arin reuniu-se com os delegados Marcelo Delgado, superintendente da Polícia Civil; Simone Felinto, diretora da Seccional de Marabá; e Ana Paula Matta, diretora da Delegacia da Mulher no município. No atendimento às demandas da comunidade, a assessoria ouviu lideranças dos bairros Morada Nova e São Félix, além de dirigentes do Clube de Diretores Lojistas. Em Parauapebas, a audiência reuniu representantes da Polícia Civil, da Secretaria de Segurança Pública, diretores do Clube de Dirigentes Lojistas, Prefeitura Municipal, Poder Judiciário e comunidade, na sede do CDL.

Nova UIPP

Em Canaã dos Carajás, a equipe da Arin visitou as novas instalações da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), que será inaugurada em breve. Lideranças comunitárias, dirigentes sindicais, representantes de escolas, vereadores e membros da Associação Comercial e Industrial do município foram convocados a participar do encontro, onde foram prestados esclarecimentos e orientações sobre o funcionamento da nova unidade policial, que integrará os serviços das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros, além da rede de proteção social do Estado.

Ainda no município, a Assessoria de Relações Interinstitucionais participou de uma reunião na sede da Associação Comercial, Industrial e Agropastoril com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará e da Câmara Municipal.

Agricultura familiar muda a realidade de produtores rurais da Palmares I

Aumentar a renda, esse é o sonho de todo produtor rural que acorda cedo todos os dias para trabalhar. Em Parauapebas, os agricultores já vivem essa realidade. O programa de incentivo do Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror), proporciona aos produtores uma mudança de vida completa.

IMG_3688llll

Raimundo Vieira, 51 anos, tem uma propriedade na área da Palmares I. O produtor que chegou a Parauapebas há 3 anos, sempre trabalhou com agricultura familiar, mas nunca teve incentivo nos negócios. “Aqui é diferente, a prefeitura nos apoia. Já recebi muitos benefícios: adubo, sementes e os técnicos da Sempror sempre estão à disposição para nos auxiliar”, comenta.

Ele trabalha com o plantio de melancia, maracujá, goiaba, milho, cheiro verde, abóbora e cebola. Para o agricultor, o conhecimento e a assistência técnica qualificada fizeram a diferença na sua plantação. Atualmente, ele consegue fazer a colheita de melancia, por exemplo, duas vezes ao ano.

A segunda colheita de melancia foi realizada na última quinta-feira (2), com a presença do secretário de Produção Rural, Horácio Martins, equipe da Sempror, e alguns produtores da região da Palmares I, que conheceram a propriedade, a plantação dos frutos e ainda as técnicas utilizadas pelo agricultor.

“Antes eu fazia o trabalho com a inchada e isso levava muitos dias. Agora é feito com as máquinas custeadas pela prefeitura, o que facilita demais nosso trabalho. A prefeitura também me concedeu o transporte da mercadoria até a cidade. Minha renda aumentou, então, estou muito feliz com esses incentivos e hoje mais ainda pela presença do secretário na minha propriedade”, completa.

IMG_3617mmm

Com uma plantação de 5 mil pés de quiabo, cheiro verde, cebolinha, feijão, pimenta de cheiro e mamão, o então produtor Leandro Batista, 35 anos, mudou sua vida quando decidiu voltar a trabalhar como agricultor. Leandro conta que atuava como assalariado na cidade e há 7 anos decidiu investir em uma propriedade na zona rural.

“Agora tenho meu próprio negócio, duas vezes por semana levo os produtos para vender na cidade. Essa é minha única fonte de renda e já tenho uma pessoa que trabalha comigo. Minha vida mudou muito com a agricultura familiar”, afirma o produtor, que já plantou mais 3 mil pés de quiabo para aumentar sua produção.

De acordo com o coordenador da região da Palmares I, Alcides de Sousa, mais de 300 produtores recebem incentivos do Governo Municipal, através da Sempror, com mecanização, distribuição de mudas, adubo, ureia, assistência técnica e construção de tanques de piscicultura.

O titular da Sempror, Horácio Martins, falou para os agricultores sobre o potencial de produção que o município possui e o trabalho que vem sendo realizado para aumentar a produtividade. “Fico feliz em constatar o sucesso de nossos agricultores. Já aumentamos a produtividade de milho e diversos produtos, e vamos continuar. Saímos de 3 % de produtos da agricultura familiar que fornecíamos para a merenda escolar, atualmente, estamos com 33% de fornecimento. O nosso município tem potencial de produção, não vamos precisar vender frutos vindo de outras regiões. Nós vamos produzir melancia suficiente para atender o nosso município e comercializar para outros também, assim como quiabo, couve, cebola, entre outros produtos”, ressalta o secretário.

Nota de esclarecimento sobre a demissão de médicos

Com relação à demissão dos médicos, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), esclarece que:

A exemplo do que ocorre em toda a Prefeitura de Parauapebas, a Semsa também deve reduzir custos por conta da queda acentuada na receita do município. Diante desse desafio, a gestão da pasta avaliou minuciosamente a real necessidade de permanência de alguns profissionais na rede pública de saúde e o respectivo impacto de seus desligamentos no que diz respeito ao atendimento.

A gestão da Semsa chegou à conclusão de que seria possível reduzir o número de profissionais sem gerar grande impacto no atendimento à população, por isso, efetivou o desligamento de 14 médicos. A lista dos profissionais demitidos foi definida criteriosamente.

Um exemplo de que a redução do número de médicos não vai impactar tanto é a continuidade da oferta de atendimento em 17 especialidades médicas: neurologia; urologia; otorrinolaringologia; cardiologia; pneumologia; ortopedia; mastologia; gastroenterologia; nefrologia; endocrinologia; cirurgia geral; psiquiatria ambulatorial; dermatologia; angiologia; reumatologia; fonoaudiologia; psicologia infantil.

Além dos médicos, outros profissionais também estão sendo desligados da rede pública em função da redução de custos ou por conta da convocação dos novos concursados para vagas de enfermeiro, técnico de enfermagem e auxiliar administrativo. Importante ressaltar que todo esse processo ocorre gradativamente e de forma planejada para gerar o menor impacto possível no atendimento à população.

Assessoria de Comunicação.

Mais um acusado de desvios na Câmara Municipal de Parauapebas está atrás das grades

IMG-20150701-WA0037A defesa de Herberth Herland Gomes, ex-diretor administrativo da Câmara Municipal de Parauapebas na gestão Josineto Feitosa, o apresentou hoje (03) no Ministério Público, em Belém. Herbert, um dos acusados de desvio de dinheiro público na Câmara de Parauapebas teve sua prisão preventiva decretada pelo juiz Libio Araújo Moura, titular da Vara Penal da Comarca de Parauapebas, no último dia 02, mas não foi encontrado no município pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado – GAECO. A prisão de Herberth faz parte da segunda fase da “Operação Filisteu”, do Ministério Público Estadual.

Herberth; outros três funcionários da CMP; os vereadores Josineto Feitosa, Odilon Sanção, Major da Mactra, José Arenes,  Devanir Martins e Luzinete Batista; dois filhos do vereador Odilon e o comerciante Edmar Cavalcante, dono do Supermercado Baratão, foram denunciados pelo MP por Formação de Quadrilha, Peculato, Corrupção passiva , Corrupção ativa e por Crimes contra a Lei de Licitações.

Anteriormente já haviam sido presos os vereadores Odilon Rocha e José Arenes. Ontem (02) o ex-presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, Josineto Feitosa foi preso em sua residência pelo Gaeco. Josineto foi transferido ontem mesmo para a capital do  Estado.

Logo ao ser recebido no MP, em Belém, Herberth prestou depoimento e, por ser funcionário público concursado da Câmara Municipal de Santa Luzia – Maranhão – deverá ficar preso no Centro de Recuperação Coronel Anastásio Neves (CRECN), junto com os vereadores parauapebenses.

Segundo informações, não há mais mandados de prisões aguardando para serem cumpridos, como se especulou hoje em Parauapebas. Novos mandados poderão ser expedidos conforme os desdobramentos das investigações e a apuração do conjunto de provas recolhidas de posse do segundo grau. Se não houver novas informações oriundas de Belém não haverá mudanças no processo.

Todos os acusados já foram intimados do processo e a justiça aguarda as defesas para marcar as audiências de instrução e julgamento, previstas para ocorrer até o final do mês de setembro.

Leia o inteiro teor do Mandado de prisão contra Herbert Gomes:

MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA

O Exmo. Sr. Libio Araújo Moura, Juiz de Direito Titular da Vara Criminal da Comarca de Parauapebas, Estado do Pará, na forma da Lei, etc…

MANDA as autoridades policiais desta Comarca, ou a quem este for apresentado, indo pelo M.M Juiz assinado, e em seu cumprimento prenda o nacional HERBETH HERLAND MATIAS DE GOMES, CPF 474.690.483-91, brasileiro, servidor público da Câmara, (Ex-Diretor Administrativo), residente na Trav. Dom Pedro II, 88, zona urbana, centro, CEP 65390000, Santa Luzia – Maranhão, em virtude de ter sido decretada sua PRISÃO PREVENTIVA em representação formulada Promotor de Justiça Hélio Rubens Pinho Pereira, Titular da 4ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE PARAUAPEBAS DE COMBATE À IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E AOS CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO PÚBICO, conforme decisão com cópia em anexo.

CUMPRA –SE

Parauapebas, 29 de junho de 2015.

Eu, R.C.D, Auxiliar Judiciário, fiz e subscrevo.

LIBIO ARAUJO MOURA
Juiz de Direito

Águia de Marabá realizou coletivo e João Galvão praticamente definiu o time titular

Por Fábio Relvas

O técnico João Galvão movimentou o elenco do Águia realizando um coletivo apronto no estádio Zinho Oliveira, em Marabá. O treinador praticamente definiu a onzena titular que vai encarar o ASA-AL, no próximo domingo (5), às 16h, dentro de casa.

Coletivo do Águia

Na movimentação, o zagueiro Charles entrou no lugar de Negretti, que sentiu a musculatura da perna. O experiente Charles agradou o técnico no coletivo. “Com certeza podemos iniciar com o Charles ou tirar um zagueiro e ficar mais ofensivo dentro de casa. Vamos ver ai à possibilidade e ver o que nós vamos fazer”, afirmou João Galvão.

O zagueiro Charles ainda não começou como titular neste Campeonato Brasileiro da Série C, mas vem se esforçando ao máximo nos treinamentos e tem experiência suficiente para corresponder às expectativas do treinador e dos torcedores do Azulão. “A gente vem trabalhando, esperando a oportunidade. Tenho certeza que se o Galvão optar por nós a gente vai procurar fazer o melhor. É o que nós estamos fazendo no dia a dia de treinamentos dentro daquilo que ele vem pedindo para gente para que no domingo possamos fazer o melhor e sair com a primeira vitória”, declarou Charles.

No meio de campo Mael e Esdras estão na proteção da defesa e João Galvão ainda tem Diogo como opção para o meio. Lineker foi testado na lateral esquerda no lugar de Edinaldo. Todos os jogadores estão cientes da responsabilidade que o Águia tem para conquistar a primeira vitória na Série C diante do ASA, de Arapiraca-AL. “A gente sabe que estamos devendo aqui dentro de casa. Não estamos usando o fator campo que é vencer. Esperamos fazer um grande jogo no domingo e conquistar a primeira vitória que vai nos ajudar bastante”, disse o volante Mael.

No coletivo João Galvão formou o time com: Paulo Rafael, Fred, Bernardo e Negretti (Charles); Ari, Mael, Esdras, Flamel, Lineker e Edinaldo; Lauro César.

“Tem que se impor mais dentro de casa. Eram dois jogos para a gente poder tá brigando lá em cima pela classificação e infelizmente empatamos um. Agora é força, é pensar positivo. Estamos treinando bem durante a semana para, no domingo, dar sequência naquilo que a gente queria. Acho que vencer primeiro na competição é importante até para a gente dar sequência naquilo que a gente quer”, explicou o atacante Wando.

Encontro de Cordelistas e Festival Jeca Tatu são os destaques do Conexão Rural deste domingo (05)

Chocopeba_089O Programa Conexão Rural deste domingo traz uma reportagem de Lima Rodrigues sobre o III Encontro Nordestino de Cordelistas, realizado em Brasília, e promovido pela Associação dos Cantadores Repentistas e Escritores Populares do Distrito Federal e Entorno (Acrespo), em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), do Ministério da Cultura, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Durante três dias e três noites – 19, 20 e 21 de maio – poetas e artistas de vários estados se dedicaram à Literatura de Cordel e ao Repente com o propósito de manter viva e efervescente a arte da poesia do Nordeste. Será apresentada a música de Xangai, de Paulo Matricó, de repentistas e do grupo Bule e Bule, da Bahia.

O programa revela ainda os bastidores do Festival Jeca Tatu realizado de 24 a 28 de maio na Praça de Eventos, em Parauapebas, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura. Serão apresentadas entrevistas com a secretária de Cultura, Rose Valente, o presidente da Liajup, Bil, músicos e ambulantes, além de muito forró, xote e baião.

O Programa Conexão Rural é veiculado todo domingo às 9hs na RBATV, Band, canal 30. A produção e apresentação é do jornalista Lima Rodrigues. Imagens e edição: João Pezão Filho. Neste domingo, o programa conta com a participação de Ivan Oliveira, como repórter especial.

Parauapebas recebe quatro certificações pela qualidade na educação

Em cerimônia do Sistema de Reconhecimento do Pacto pela Educação do Pará, realizada no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, nesta quarta-feira (1), Parauapebas foi reconhecida pela qualidade na educação com quatro certificações.

2R4A1139

O município está em primeiro lugar na categoria “Resultados”, referente aos resultados de proficiência em Língua Portuguesa dos alunos do quinto ano do Ensino Fundamental, e em segundo lugar no bom desempenho da aprendizagem dos alunos do nono ano, também do Ensino Fundamental.

“Nós elegemos a Educação como um dos pilares do nosso governo. E esse reconhecimento, a nível estadual, é o resultado de todo o esforço que a Prefeitura de Parauapebas tem desenvolvido, por meio da equipe da Educação. Temos investido em construções, reformas e ampliações das escolas, em novos ônibus escolares, e também na qualificação dos nossos educadores, diretores e coordenadores pedagógicos que recebem capacitações a cada 15 dias”, disse o prefeito Valmir Mariano.

Já na categoria “Cobertura”, alusiva ao maior percentual de alunos avaliados, foram certificadas as escolas E. M. E. F. Jorge Amado (zona rural da Apa do Gelado) e a E. M. E. F. Monteiro Lobato, da vila Paulo Fonteles.

“O governo municipal trabalhou muito; fez todo um trabalho de  planejamento e logística. É um reconhecimento que nos emociona e nos incentiva a fazer cada vez mais e melhor pela educação de Parauapebas”, ressalta a secretária de Educação, Juliana de Souza.

2R4A1030

O evento Sistema de Reconhecimento SisPAE 2014 é uma iniciativa do Grupo de Parceiros Estratégicos do Pacto pela Educação do Pará (GPEP), coordenado pelo Instituto Synergos, em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc).

Na ocasião, foram entregues mais de 400 certificações para alunos, professores, coordenadores pedagógicos e turmas das séries avaliadas pelo Sistema Paraense de Avaliação (Sispae) no ano de 2014, em 141 municípios paraenses, atingindo 583.823 estudantes.

As premiações foram entregues pelo governador Simão Jatene, pelo secretário Helenilson Pontes e por Wanda Engel, do Instituto Synergos.

Para Simão Jatene, educação se faz com determinação. “O que eu vi aqui, hoje, foi um grupo de pessoas, cada uma com sua história, credos e lugares diferentes, mas unidas por uma causa. O Pacto é a compreensão de que qualidade na educação é um desafio de todos”, afirmou.

O evento contemplou, ainda, sorteios de smartphones, tablets, duas bolsas de intercâmbio com um ano de estudo em Londres, com tudo pago, e participação em uma jornada pedagógica em Nova Iorque com todas as despesas pagas.

Fonte: ASCOM PMP

Produtos do laticínio Estação APA do Gelado chegam aos supermercados

Ação beneficia mais de 52 famílias de produtores de leite

Queijo muçarela, leite pasteurizado e manteiga com a marca Estação já chegaram às prateleiras dos supermercados de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Ourilândia do Norte. Os produtos trazem como principal ingrediente o trabalho de mais de 50 famílias de produtores daqui da região,  beneficiados com a inauguração de laticínio na Estação Conhecimento APA do Gelado, ocorrida em fevereiro deste ano.

O laticínio é uma Iniciativa da Fundação Vale, apoiada pela Vale e Prefeitura Municipal de Parauapebas, com o objetivo de colaborar com a geração de emprego e o aumento da renda familiar dos produtores da região. O funcionamento da unidade garante toda a cadeia produtiva do leite: produção, coleta, beneficiamento, embalagem e a comercialização com a qualidade e o Selo de Inspeção Estadual (SIE).

O projeto emprega 20 pessoas. Por dia, são processados mais de  2.000 litros de leite, industrializados como leite integral pasteurizado, queijo muçarela e manteiga de primeira qualidade. Os Supermercados Hipersenna I e Hipersenna II, Atacadão Macre em Parauapebas, Canaã dos Carajás e Ourilândia do Norte foram os primeiros a apoiar a comercialização da produção local. 

Produtos Estação geram emprego e renda para produtores locais

A Estação Conhecimento APA do Igarapé Gelado

Localizada em uma Área de Proteção Ambiental (APA), a Estação Conhecimento da APA do Igarapé Gelado foi inaugurada em 2010. Suas atividades estão voltadas, em sua maioria, à geração de renda para 120 famílias locais, por meio da bovinocultura leiteira, avicultura, fruticultura, olericultura e piscicultura. No total, em 2014, 1.100 pessoas foram beneficiadas diretamente com as atividades regulares da Estação.

Os produtores contam com o apoio de profissionais como engenheiro agrônomo, zootecnista, médico veterinário e técnicos agrícolas no aprimoramento das técnicas de manejo. A Estação Conhecimento também apoia os produtores com mecanização agrícola.

Estações Conhecimento

As Estações Conhecimento (ECs) são centros promotores e irradiadores de vivências e práticas de educação, geração de trabalho e renda, esporte, cultura, convivência e cidadania, idealizadas pela Fundação Vale.

As ECs têm como objetivo promover a inclusão social e contribuir com a melhoria da qualidade de vida de crianças, jovens e adultos das comunidades onde estão presentes. Suas atividades são realizadas em quatro estados: Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais e Pará.

Canaã: Obras das casas populares já estão 70% concluídas

DSC_0256

A construção de mais de 900 unidades habitacionais que vão atender famílias de baixa renda em Canaã dos Carajás já está com 70% das obras concluídas. A previsão de entrega das moradias, construídas por meio do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do governo federal é no mês de agosto, com inauguração em outubro, em comemoração ao aniversário de 21 anos de emancipação política do município. O bairro já conta com asfaltamento em todas as ruas e praça com quadra poliesportiva.

Cabe ao município entrar com a contrapartida da infraestrutura no local: água, esgotamento sanitário e o asfaltamento do acesso. No entanto, além disso, a administração já está construindo uma nova avenida, com duas pistas, ligando o novo bairro à Avenida Weyne Cavalcante.

DSC_0221O secretário de Habitação de Canaã dos Carajás, Marcos Paulo Assis, destaca que foram seguidas todas as exigências em relação ao convênio com o governo federal, reiterando que o Plano de Habitação de Interesse Social elaborado pelo município já foi aprovado pelo Conselho de Habitação e protocolado no Ministério das Cidades.

Marcos Paulo também reforça a “credibilidade no cadastro dos beneficiados”. “O cadastro foi feito presencialmente, depois foi feita uma visita técnica para comprovar as informações e temos um cruzamento de dados constante com o sistema da prefeitura”, diz.

O secretário também lembra que está aberto um canal de denúncia para o cidadão que constate o caso de algum beneficiado que não atenda aos critérios para as habitações.

Companhias norte-americanas investem US$ 15 milhões em shopping no Pará e não veem obra sair do papel

Aporte foi direcionado à Urbia Properties, em 2011, para construção do empreendimento em Marabá. A empresa foi a responsável pela construção do Partage Shopping Parauapebas.

Em 2010, as empresas estrangeiras Stellar Insurance e Whitehall Investments LP foram convidadas pela Urbia Properties, empresa nacional especializada em shoppings e centros comerciais, a entrar em uma sociedade para a construção de um shopping center com 200 lojas na cidade de Marabá (PA), região Norte do País. Seduzidas pelo projeto apresentado, que ainda contemplava seis redes âncora e salas de cinema 3D, as empresas decidiram injetar US$ 15 milhões na empreitada. A construção do Unique Shopping Marabá, que deveria ter sido iniciada há três anos em parceria com a Premium Engenharia e Mutran & Mutran Consultoria, acabou nunca saindo do papel.

Maquete do Unique Shopping Marabá

Alguns meses após a assinatura dos acordos de empréstimo, Stellar e Whitehall descobriram que havia uma ação judicial no Pará movida por terceiros que contestavam a propriedade do terreno de 88 mil m2 onde o shopping seria construído.

“Embora houvesse uma ação ajuizada apenas contra uma empresa, temos razões para acreditar que a Urbia estava perfeitamente ciente disso quando negociou os contratos de empréstimo conosco”, explica Shawn Stephenson, CEO da Rising Tide Foundation e assessor dos sócios americanos.

Por causa desse imbróglio, o Banco da Amazônia (Basa), maior financiador de uma obra estimada em R$ 200 milhões, recusou-se a liberar o dinheiro para a construção do shopping.Com o freio nos investimentos, a obra acabou não se viabilizando e as companhias ficaram sem receber seus US$ 15 milhões de volta.

No momento, as investidoras estrangeiras e a Urbia estão envolvidas em litígio no qual se discute a forma de devolução do investimento, mas o processo é confidencial.

“Buscamos por diversas vezes o diálogo e o entendimento com Tim Weiss, acionista principal da Urbia, mas nunca fomos atendidos. Estamos recorrendo à justiça com um procedimento arbitral para reaver os investimentos”, conta Shawn.

“Entendemos que o Brasil vive hoje grande pressão internacional, pela dificuldade de atrair aportes e investimentos internacionais. O que aconteceu com a nossa empresa é um alerta para o mundo inteiro sobre os riscos a que todos estão sujeitos ao se investir no Brasil”, completa.

Fonte: Ricardo Morato – Portal Nacional de Seguros

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com