Author Archives: Zé Dudu

Parauapebas: Pílula do dia seguinte antiaids disponível na rede municipal de saúde

IMG-20150730-WA0010Você já ouviu falar na “pílula do dia seguinte antiaids”? Ela existe e é ofertada gratuitamente na rede pública de saúde. Em Parauapebas, o medicamento está disponível desde 2014. A profilaxia pós-exposição, como o tratamento é chamado, pode ser encontrada no Centro Testagem e Aconselhamento (CTA).  O medicamento tem como objetivo combater a infecção recente do HIV. Se a pessoa se expôs de forma sexual ou sanguínea ao vírus da Aids, a pílula evita a contaminação, criando uma barreira no sistema imunológico. Ela pode ser utilizada tanto para médicos e enfermeiros que tiveram contato com sangue de paciente, quanto para vítimas de violência sexual ou pessoas que tiveram relação sexual desprotegida com alguém infectado.

No último dia 23, o Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União o novo protocolo de diretrizes terapêuticas. Com as novas normas, todas as pessoas que tiverem enfrentado uma situação de risco para o vírus HIV passam a ter acesso aos medicamentos antiaids em qualquer serviço especializado. O coordenador do CTA, Allan Miranda, explica como o tratamento funciona: “O protocolo estabelece quais critérios e os perfis das pessoas que são indicadas, mas só quem pode determinar o uso da pílula é o médico. É uma consulta clínica onde a pessoa vai ser avaliada pelo médico e será avaliado o grau de risco a que ela se expôs. A consulta clínica é uma nova norma do protocolo”, relata o coordenador.

Para o medicamento ter eficácia, ele deve ser consumido em duas horas ou, no máximo, até 72 horas após a exposição ao vírus, e deve ser utilizado ao longo de 28 dias.  “Geralmente, a pílula é administrada inicialmente na emergência do Hospital Municipal de Parauapebas, onde há médico 24 horas. Lá também temos a dose de ataque, que é a medicação dos primeiros três dias. As primeiras doses são tomadas no hospital e as demais acompanhadas pelo CTA”, destaca Allan Miranda. 

A partir do momento em que pessoa inicia o esquema de medicamento é preciso se cadastrar, porque o remédio é registrado com base no número do CPF do paciente durante os 28 dias e o CTA é o órgão responsável por esse controle no município. “Não basta só tomar o remédio. Existe um protocolo que liga a pessoa ao serviço e faz o monitoramento de três a seis meses, como testes para verificar se o medicamento deu resultado ou não”.

Atualmente, de três a cinco pessoas fazem o uso do medicamento por mês no CTA, a maioria vítima de estupro e violência sexual. Houve um aumento na procura da pílula desde divulgação do protocolo pelo Ministério da Saúde. “As pessoas acham que só porque transaram sem camisa podem receber a pílula, não é assim. Tem critério, o exame clínico é bem rigoroso, o medicamento tem efeito colateral  forte e pode causar alterações biológicas no organismo”, finaliza o coordenador do CTA.

O CTA está localizado na Rua P, Nº 38, Bairro União. Telefone 3346-1682.

Vale produz 59,1 milhões de toneladas de minério de ferro no Pará no primeiro semestre de 2015

A Vale atingiu 159,8 milhões de toneladas (Mt) na produção de minério no primeiro semestre de 2015, o que representa um novo recorde, ficando 9,3 Mt acima do primeiro semestre de 2014. Carajás produziu 59,1 milhões de toneladas no primeiro semestre, o que equivale a 36% da produção total da Vale e um aumento de 12% comparado ao mesmo período de 2014. A empresa segue determinada em oferecer um produto de melhor qualidade e diferenciado, garantindo, desta forma, a competitividade brasileira no mercado de mineração.

Em maio de 2015, foi concedida a licença operacional para a extensão da mina de N5S, que garantirá a melhoria na qualidade média do produto e reduzirá custo de produção devido à menor relação estéril-minério e às menores distâncias médias de transporte. Já por meio da mina de N4WS, que teve licença expedida ano passado, a Vale produziu 9,8 Mt com 65,1% de teor de minério de ferro e baixo nível de fósforo no segundo trimestre de 2015.

S11D

S11D (incluindo mina, usina e logística associada – CLN S11D) está avançando de acordo com o planejado e alcançou 53% de avanço físico consolidado no segundo trimestre de 2015, composto por 67% de avanço físico na mina e 41% na logística. O transporte dos módulos para a área de planta de beneficiamento alcançou 61% de avanço físico e a montagem dos eletrocentros da subestação da mina está em andamento. O ramal ferroviário alcançou 62% de avanço físico e as obras civis de fundação na expansão do porto alcançaram 75% de avanço físico.

Níquel

A produção de níquel alcançou 67,1 mil toneladas no segundo trimestre de 2015, ficando 8,7% acima mesmo período de 2014. Onça Puma produziu 5,9 mil toneladas, em linha com o trimestre anterior e 14,1% acima do segundo trimestre de 2014.

Cobre

A produção de cobre no segundo trimestre de 2015 na mina de Sossego totalizou 29 mil toneladas de cobre contido, sendo 7,0% e 9,6% acima do primeiro trimestre de 2015 e segundo trimestre de 2014, respectivamente. No semestre, Sossego totalizou a produção de 56,2 mil  toneladas, 6,4% a mais que no ano passado. A produção de cobre de Salobo no segundo trimestre de 2015 totalizou 38 mil.

Fonte: Assessoria de Imprensa Vale

Rodoviária de Parauapebas registra pouca movimentação e venda cai em 60% no mês de julho

Guichês quase vazios e pouca fila. Esse foi o cenário durante todo o mês de julho na rodoviária de Parauapebas. Para os associados das cooperativas de vans que realizam viagens intermunicipais todos os dias, a crise afetou o setor desde inicio do ano, mas o mês de julho, tradicionalmente período de maior movimento, foi o que mais decepcionou os trabalhadores.

WP_20150730_10_48_19_Pro

O associado da Coopasul, Valtei Rosa, lembra que  as vans saiam todas lotadas da rodoviária quando chegava o mês de julho, mas hoje o cenário é bem diferente: “ Nossas vendas caíram 60%, a situação está mais complicada a cada dia. Temos 82 associados que precisam desse trabalho, mas não sentimos que a situação pode melhorar”, lamenta o rodoviário.

Para as grandes empresas de ônibus que prestam serviço em Parauapebas, a situação é preocupante. Para quem está atuando na cidade há mais de 20 anos, como é o caso da Viação Açailândia, o ano de 2015 está sendo frustrante em relação às vendas. A representante da empresa, Aglaudene Tomé, conta que a expectativa era de melhorias no mês de julho, porém as vendas também caíram em 60%, se comparadas ao mesmo período de 2014.

WP_20150730_10_50_21_Pro

‘’Acreditávamos no mês das férias. Fizemos um planejamento diferente, planejamento que não conseguimos cumprir devido à baixa venda de passagens. Antes colocávamos cerca de 15 ônibus extras para Belém, um dos destinos mais procurados,  esse ano foram somente 5 veículos. Em dias próximos aos finais de semana, a empresa vendia cerca de 300 passagens diariamente, hoje são cerca 70 vendas por dia, uma redução significativa nos lucros’’, destaca.

Do outro lado, os veranistas também acreditam que a crise chegou a todos os setores e viajar com a família ficou cada dia mais difícil. A vendedora Carla Pereira, que costumava viajar durante todo o mês de julho, esse ano precisou optar por apenas um final de semana. “Sempre viajava o mês todo pra curtir as férias, esse ano não tive como, a grana está curta e tudo muito caro”, disse a vendedora.
15 empresas possuem guichês na rodoviária de Parauapebas, com linhas para os mais variados destinos estaduais e interestaduais.  A rodoviária funciona 24 horas por dia, com horários de vendas de passagens estabelecidos pelas empresas e  cooperativas.

Justiça libera retomada de obras na Estrada de Ferro Carajás pela Vale

A Vale obteve autorização da Justiça após apresentar recurso para retomar obras de ampliação da Estrada de Ferro Carajás, empreendimento importante para os planos de expansão da produção de minério de ferro da companhia, informou a mineradora nesta quarta-feira.

As obras estavam suspensas em um trecho desde 9 de julho, por decisão da 8ª Vara Federal do Maranhão, que acatou pedido de interrupção feito pelo Ministério Público Federal do Estado. Em ação civil pública, o MPF defendeu que as obras estavam gerando impactos a um povo indígena da região.

O trecho em questão fica próximo à terra indígena Caru, do povo Awá-Guajá, entre os quilômetros 274 e 326 da ferrovia, em Alto Alegre do Pindaré (MA), de acordo com a Vale.

Na ação, o MPF defendeu que o Ibama emitiu a licença para a obra mesmo observando os impactos ao povo indígena e sem a fase de consulta livre e informada ao povo impactado. Acusou também a Funai de não ter realizado adequadamente consulta prévia aos índios.

Em nota enviada por e-mail nesta quarta-feira, a mineradora frisou que a obra objeto do licenciamento é uma ampliação da ferrovia já existente, cujo traçado acompanha o original e cujas obras de instalação estão dentro da faixa de domínio.

Destacou ainda que a construção fica fora da terra de Caru, havendo um rio que separa as obras da Terra Indígena.

“A empresa esclarece que a obra está devidamente licenciada pelo Ibama, de acordo com os procedimentos estabelecidos na legislação em vigor, e que as comunidades indígenas foram esclarecidas, ouvidas e participaram desse processo, tanto que a Funai autorizou as obras naquele local”, segundo a mineradora. (Reuters)

Justiça Federal suspende prazos em processos do INSS em Marabá, no PA

Medida não afetará audiências marcadas de 22 de julho a 2 de agosto. Procuradoria interrompeu trabalho após Defesa Civil interditar prédio do INSS

A Justiça Federal em Marabá, no sudeste do Pará, suspendeu temporariamente, até o próximo dia 2 de agosto, os prazos processuais que estão em curso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com a Justiça, a medida não prejudicará a realização das audiências previamente marcadas no período de 22 de julho a 2 de agosto.

Durante esse período, as duas varas em funcionamento na Subseção Judiciária, assim como os juizados especiais adjuntos – que apreciam causas no valor de até 60 salários mínimos – deixarão de remeter novas intimações e remessa de autos à Procuradoria Federal Especializada do INSS no município.

A suspensão foi determinada através de portaria assinada pelos juízes federais da 1ª e 2ª Varas, Marcelo Honorato e Heitor Moura Gomes, porque a Procuradoria em Marabá precisou interromper suas atividades depois que a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil interditou o prédio do INSS.

Em ofício encaminhado à Justiça Federal, a Procuradoria do INSS anexou laudos da Defesa Civil que comprovaram a necessidade de interdição em função da contaminação decorrente da presença de ratos no local. Além disso, foi detectado que o prédio não dispõe de saída de emergência e apresenta “colapso de sua estrutura, tais como rachaduras e fissuras provenientes das infiltrações que comprometem toda a base de sustentação da caixa d’água localizada na parte superior do edifício”. (G1-PA)

Parauapebas garante participação na etapa final dos Jogos Abertos do Pará

Os atletas de Parauapebas novamente fizeram boa participação em campeonato regional. Nos Jogos Abertos do Pará (Joapa), que ocorreu de 22 a 26 de julho em Marabá, nossas seleções foram campeãs no vôlei masculino, futsal feminino e tênis de mesa.  Os vencedores de cada modalidade se classificaram automaticamente para a etapa final da competição que ocorrerá em Belém, no mês de outubro.

Vôlei campeão

Para o coordenador de Esportes da Semel, Jonathan Kenzo, os atletas de Parauapebas apresentaram bom desempenho nos jogos e, mesmo com adversários de alto nível técnico, o município conseguiu ficar entre os três melhores da competição. “Todas as equipes deram o máximo de si e os resultados não poderiam ser diferentes. Conquistamos 11 troféus e alcançamos a marca de delegação com o maior número de troféus na competição”, destacou. O município participou da fase regional em Marabá com representantes de seis modalidades: vôlei (masculino e feminino), handebol (masculino e feminino), futebol de areia (masculino e feminino), futsal (masculino e feminino), tênis de mesa (masculino e feminino) e basquete (masculino).

Romário, primeiro lugar do tênis de mesaAlém dos campeões no vôlei, tênis de mesa e futsal, Parauapebas ficou com o terceiro lugar no tênis de mesa; a equipe feminina do futebol de areia conquistou o segundo lugar, e a masculina, o terceiro; no futsal, a  equipe masculina conquistou o terceiro lugar; no basquete, a equipe masculina conquistou o segundo lugar;  no handebol, as equipes feminina e masculina ficaram na segunda colocação; no vôlei, a equipe feminina ficou em segundo lugar.

Os vencedores da etapa sul e sudeste agora se juntarão aos campões das fases regionais realizadas em Barcarena (fase Baixo Tocantins) e Santarém (fase Amazonas). Na etapa final, que será realizada em Belém, todos os gastos das equipes (de hotel até alimentação dos atletas) serão custeados pelo Estado.

Futsal campeão

Além de Parauapebas, estiveram na competição os atletas de Marabá, Abel Figueiredo, Anapu, Bom Jesus do Tocantins, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Goianésia, São Domingos do Araguaia e Nova Ipixuna.  O Joapa está em sua nona edição, é realizado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), e tem o objetivo de incentivar a prática esportiva em todo o território paraense.

Parauapebas: Clima seco e queimadas colaboram para aumento de problemas respiratórios

Queimadas preocupam em Parauapebas - Foto Bariloche Silva

O clima seco e a baixa umidade do ar contribuem para o avanço das queimadas urbanas e geram, dentre outras situações, o aumento de problemas respiratórios. Em algumas áreas da cidade, como em loteamentos, por exemplo, as queimadas já são visíveis e preocupam especialistas por causa dos danos que elas podem provocar à saúde.

20150724_165923O coordenador do Pronto Socorro do Hospital Municipal de Parauapebas, o médico João Felipe Borges observa que as queimadas favorecem o aumento das sinusites e rinites, quadros de asma e até pneumonias. “Por conta da fumaça e da diminuição da umidade do ar, as vias aéreas tendem a ficar mais secas e há casos em que o paciente também apresenta sangramento. Todas essas patologias podem aparecer por conta desse período e, por isso, faz-se necessária a prevenção”, alerta.

Alguns cuidados simples dentro de casa são fundamentais para enfrentar o clima seco e manter uma boa saúde. Receitas caseiras – como colocar uma bacia de água no quarto – podem deixar o ambiente mais úmido e melhorar a qualidade do ar. João Felipe recomenda que as janelas devem ser abertas durante a manhã, para que o ambiente possa ficar arejado, e fechadas à tarde, por causa da fumaça. “Para quem não possui umidificador de ar, uma toalha molhada na cabeceira da cama também ajuda”, sugere.

Sobre pacientes com quadro alérgico, o médico explica que a poeira é também uma implicação negativa. “Manter a casa limpa e arejada, evitando a proliferação de fungos e ácaros é muito importante”, diz, acrescentando que é fundamental beber muito líquido, lubrificar olhos e narinas para evitar que eles fiquem ressecados, cuidar da pele com o uso de protetor solar e manter uma boa alimentação (se possível, comendo a cada três horas).

No Pronto Socorro do HMP, segundo o médico, o mês de junho teve o maior registro de casos de pacientes com problemas respiratórios do ano. “Os diagnósticos de asma aumentaram, assim como os de pneumonias e sinusopatias. Os casos de insuficiência respiratória no mês de junho foram bem maiores que os registrados neste mês”, avalia. Segundo o médico, as pneumonias são mais frequentes em idosos e crianças. A asma é mais comum na população jovem e acima de 30 anos, mas também ocorre em crianças. Ácaros, poeira e clima favorecem a ocorrência desse tipo de doença.

A automedicação é sempre uma situação que pode complicar o quadro do paciente. “A população é pouco esclarecida sobre o que se deve tomar ou não. Na dúvida, procure uma unidade de saúde”, recomenda o médico.

Após quatro jogos sem vencer, Paysandu derrota América-MG e sobe duas posições na tabela da Série B

Por Fábio Relvas – Da Redação

A Fiel Bicolor voltou a sorrir na noite desta terça-feira (28). O Paysandu derrotou o América-MG, por 2 a 0, no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém, e subiu duas posições na tabela do Campeonato Brasileiro da Série B. O Papão saiu da sétima para a quinta colocação com 26 pontos. Os dois gols bicolores foram marcados pelo atacante Wellington Junior. A partida foi válida pela 15ª rodada do Brasileirão.

O jogo: Papão voltou a vencer!

Após quatro jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B, o Paysandu entrou em campo pressionado. Mas quem chegou primeiro foi o América. Após cruzamento na área, Marcelo Toscano tentou um desvio de cabeça e a bola passou direto ficando com a defesa bicolor. O Papão respondeu com Wellington Junior, que em jogada individual deu passe para Fahel , o meia chutou e a bola foi para fora. Robertinho tentou surpreender de longe para o Coelho de Minas Gerais.

psc-america3

O lance polêmico ocorreu aos seis minutos, quando o atacante Leandro Cearense entrou na área, driblou o goleiro João Ricardo e foi derrubado. A torcida e os jogadores do Paysandu pediram pênalti, mas a arbitragem mandou seguir o lance. O América que não tinha nada a ver com isso foi para cima. Marcelo Toscano cruzou e Richarlison tentou marcar de cabeça, mas o impedimento foi marcado do ataque do Coelho.

O Papão quase marcou depois que Yago Pikachu cruzou e a bola passou por todo o ataque bicolor. Mas no lance seguinte, não teve jeito.  Aos 12 minutos, João Lucas cruzou rasteiro da esquerda para Misael que furou, mas a bola sobrou para o chute rasteiro de Wellington Junior que acertou dentro da meta adversária, 1 a 0, Paysandu. O gol incendiou o time da casa que quase ampliou depois que Wellington Junior fez grande jogada individual e rolou para Leandro Cearense, o atacante perdeu um gol incrível dentro da pequena área.

O América não se intimidou e também atacou. Felipe Amorim foi derrubado por Ricardo Capanema pertinho da grande área. Marcelo Toscano cobrou e a bola passou tirando a tinta do travessão de Emerson. Leandro Cearense recebeu lançamento de Ricardo Capanema , deu um toque por cima do goleiro e a zaga afastou em cima da linha. O Coelho respondeu e quase empatou o jogo. Marcelo Toscano mandou um chutaço, Emerson defendeu e a bola sobrou para Robertinho que cruzou no segundo pau para a cabeçada de Wesley, mas foi para fora.

Carlos Alberto tentou marcar de longe, o goleiro João Ricardo defendeu bem para o América. O Coelho teve outra falta quando Tony foi derrubado. Marcelo Toscano cobrou e o goleiro Emerson defendeu em dois tempos.  O Paysandu começou a segunda etapa como a galera gosta, marcando. Logo aos dois minutos, Leandro Cearense lançou na medida para Wellington Junior que entrou sozinho e chutou, a bola tocou na trave e voltou para os pés do atacante bicolor que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol, 2 a 0, para o delírio da Fiel Bicolor.

O atacante Wellington Junior sentiu fortes dores e caiu no centro do gramado. O autor dos gols do bicola no jogo foi substituído por Léo Melo e saiu ovacionado pela torcida que foi ao Mangueirão. Misael arrancou em alta velocidade, driblou o marcador para o meio e chutou por cima da meta do Coelho. Yago Pkachu também sentiu o tornozelo esquerdo e caiu no gramado, mas pediu para continuar em campo.

O América continuou tentando diminuir o placar. Felipe Amorim cruzou para o chute de sem pulo de Marcelo Toscano, Emerson se esticou todo e salvou o Papão. O Paysandu quase ampliou depois que Yago Pikachu cruzou uma bola venenosa que chegou a cobrir o goleiro João Ricardo, mas tocou na rede pelo lado de fora. Placar final: Paysandu 2 x 0 América-MG.

FICHA TÉCNICA

  • PAYSANDU: Emerson; Yago Pikachu, Fernando Lombardi, Gualberto e João Lucas; Fahel, Ricardo Capanema, Carlos Alberto (Jhonnatan) e Welinton Júnior (Léo Melo); Misael e Leandro Cearense (Augusto Recife). Técnico: Dado Cavalcanti
  • AMÉRICA-MG: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Alison e Raul (Guilherme Xavier); Leandro Guerreiro, Thiago Santos, Felipe Amorim e Tony; Marcelo Toscano e Richarlison (Henrique Santos). Técnico: Givanildo Oliveira

Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP)

Assistentes: Vitor Carmona Metestaine (SP) e Marcos Santos Vieira (AM)

Cartão amarelo: Raul (América-MG)

Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém

Renda: R$ 137.000,00 – Pagantes: 11.761 – Não pagantes: 2.037- Total: 13.798

Receita Federal: Siscomex Importação permitirá registro de Declaração de Importação com pagamento de multa administrativa

Nova versão estará disponível a partir do dia 5 de agosto.

Com o objetivo de aprimorar os sistemas de Comércio Exterior e agilizar o processo de importação, uma nova versão do Siscomex Importação será disponibilizada no dia 5 de agosto, possibilitando o pagamento de multa administrativa no momento do registro da Declaração de Importação (DI).

Tal multa refere-se aos valores cobrados pelo embarque de mercadorias em data anterior ao deferimento da Licença de Importação, já de conhecimento prévio do importador e que, a partir da nova versão do sistema, poderá ser recolhida diretamente no registro da Declaração de Importação.

O objetivo desta alteração é tornar o processo mais célere e eficiente, possibilitando o desembaraço da declaração e a entrega das mercadorias sem que haja a necessidade de conferência manual deste recolhimento, caso o pagamento tenha sido efetuado no momento do registro da Declaração de Importação.

“Estes aprimoramentos certamente trarão ganhos nos tempos de importação e fluidez do comércio exterior, já que os registros direto no Siscomex eliminam etapas no curso do despacho de importação que eram de conferência manual e influenciavam nos referidos indicadores. Fazem parte do conjunto de implementações que visam modernizar e automatizar cada vez mais o processo via Siscomex Web”, destaca o chefe da Divisão de Administração Aduaneira da Receita Federal na 2ª Região Fiscal, Osmar de Queiroz Holanda Neto.

Outra facilidade implementada nesta nova versão é a visualização dos cálculos referentes à CIDE combustíveis e o seu valor devido nas operações em que haja a incidência dessa contribuição. Com isso, o usuário tem muito mais segurança ao realizar o preenchimento de uma declaração, tornando o processo mais fácil, transparente e ágil.

O Siscomex Importação está em constante evolução para melhor atender aos diversos usuários que o utilizam. A versão Web do sistema, mais moderna e amigável, tem apresentado mudanças significativas que visam aprimorar todo o fluxo de Comércio Exterior.

Fonte: Assessoria de Comunicação Superintendência da RF 2ª Região Fiscal

Pessoas aproveitam a tranquilidade das férias para manter a forma nas academias

Por Fábio Relvas – Da Redação

“Cuidar da saúde é fundamental para superar os desafios da vida”. É este lema que uma academia de ginástica em Parauapebas passa para os seus alunos e frequentadores. A galera que gosta de manter o corpo em forma aproveita para malhar firme e suar as camisas. “O nosso objetivo é fazer com que o aluno que ingressa na academia tenha a consciência da importância na mudança do seu comportamento, ou seja, ele vai entrar na academia entendendo que vai ingressar em um novo estilo de vida”, afirma um professor da academia.

20150724_121338Descuidar da alimentação e não ter acompanhamento profissional são fatores prejudiciais à saúde e ao rendimento nos treinos. Todas as pessoas que entram para os exercícios físicos nas academias devem ser acompanhadas de perto por profissionais. Esse estilo de vida tem que corresponder a mudança na dieta, a mudança na alimentação e incrementar no seu dia a dia a atividade física. “A gente prescreve os exercícios para o aluno, faz a avaliação quando inicia na academia. Nessa avaliação nós temos um diagnóstico da composição corporal e outro diagnóstico para saber se ele têm alguma patologia, algum problema articular. Detectada alguma coisa desse tipo a gente começa o trabalho, prescreve o exercício. Nosso papel é acompanhar o caminho que ele vai seguir até a conquista do objetivo”, declarou o professor.

Existe o professor e o personal trainer que são os avaliadores do condicionamento físico. O professor é aquele que orienta todos os alunos da academia, já o personal trainer, que tem a tradução do inglês para o português de treinador pessoal, é aquele que orienta os alunos de maneira particular, exclusiva, por um determinado tempo ou período. “Eu já faço atividade física desde que eu me conheço, 17 e 18 anos, desde a época do quartel e para mim graças a Deus tem sido um estilo de vida e uma terapia também, porque malhação não é você ter somente um corpo perfeito, é você ter uma saúde boa também e a atividade física regular ela é muito importante nessa manutenção da saúde”, disse Fábio José, que é dono de uma academia.

20150724_114233E quem ficou na cidade no período de férias de julho aproveita o momento de tranquilidade para se manter em forma nas academias e praticar vários exercícios físicos. “Para manter a minha forma eu venho todas as manhãs, a partir das 10h, aqui para a academia. Porque a academia é o melhor lugar do mundo para a sua saúde. Além disso, combate o colesterol, problemas cardíacos e estresse”, avaliou Simone Silva, gerente administrativa de uma academia.

Segundo os entendedores do assunto, emagrecer rápido é a combinação dos exercícios aeróbicos com os exercícios de musculação, que devem ser realizados na academia com a supervisão de um profissional. Jairzinho Viana malha três dias na semana e diz que nos dois anos praticando os exercícios já conseguiu obter grandes resultados. “Quando eu vim pra cá eu estava com 68 kg e vestia número 44. Com seis meses passei a usar número 38, meu percentual de gordura caiu para 15%, o meu normal é 18 devido a idade, tenho 43 anos e foi uma das melhores coisas que eu fiz na vida. Levantar peso é ótimo, porque tonifica o músculo, ganha mais disposição, tem mais energia nas tarefas do dia a dia, o estresse acaba e  a gordura desaparece”, finalizou Jairzinho, prestador de serviços.

Segundo dados da Associação Brasileira das Academias de Ginástica, O Brasil é o segundo país com maior número de academias do mundo. Em Parauapebas ó número de academias vem aumentando dia após dias, o que sugere uma melhora no condicionamento físico da população.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com