Você é contra ou a favor da reeleição para o executivo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Há uma forte tendência do Congresso Nacional, com a reforma política que ai vem, acabar com o direito a reeleição para o executivo. O Blogger vem ouvindo alguns parauapebenses de diversas classes sociais e setores da economia local para saber a opinião deles sobre o assunto e publicará, no decorrer da semana, várias opiniões colhidas. Publico hoje mais dois posicionamentos de ilustres moradores de nossa cidade que responderam à seguinte questão formulada pelo Blogger:

Você é contra ou a favor da reeleição para o executivo?

Adalnor Pereira da Silva (Jacó) –  Aposentado, 75 anos, casado, há 28 em Parauapebas, natural de Araçuaí – Minas Gerais.

Contra ! “A atual legislação eleitoral permite que políticos usem a máquina administrativa em favor próprio. Além disso, 8 anos de mandato não refletem 8 anos de trabalho efetivo em favor do povo. No mais, se um prefeito, governador ou presidente administrar bem durante um só mandato, de cinco anos como era antigamente, ele terá grandes chances de eleger seu sucessor. O que também não impede, no entanto, que venha a usar a máquina a favor deste. É importante que o Congresso apresente a população um conjunto de regras onde se torne mais difícil ações de desvios de dinheiro e formação de Caixa Dois.

==============================

Wanderley Silva Lima –  Ator e pesquisador de artes cênicas, casado, natural de Bom Jardim – Maranhão, 36 anos de idade, 17 desses residindo em Parauapebas.                      

A favor – “Porque o povo, a formação política do povo, está se dando, está acontecendo e o povo só vai reeleger o gestor, se esse gestor fizer por merecer. Do contrario, o próprio povo pode decidir e cassar esse mandato depois desses quatro anos, nas urnas, com o voto! Então eu sou a favor da reeleição, sou a favor que o eleitor decida pela continuidade ou não”.

 

Você, leitor, também pode emitir a sua opinião sobre o assunto usando a caixinha de comentários. As melhores respostas, devidamente assinadas, serão elevadas à condição de postagens.

Publicidade