Vereador Adelson Fernandes (PDT) se defende da acusação de posse de carro clonado em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Está no Blog do radialista Laércio de Castro:

Este blogger, antecipou como carro clonado um problema de um veículo do vereador de Parauapebas, onde observa-se que, de acordo com as informações mais recentes, a placa do veículo é que seria o fator do problema. Onde todos os caracteres estão conforme documento original, porém no lugar de Peixoto de Azevedo-MS, está Parauapebas-PA.

Em entrevista à rádio Arara Azul, o vereador Adelson Fernandes, nega as acusações e aponta os agentes do Detran, destacando o agente Diógenes Samaritano, como autor de tentativa de suborno, onde segundo o vereador, foi pedido 8.000 tijolos que convertidos dariam 3.200 reais.

Adelson Fernandes alega que por diversas vezes procurou a sede do Detran em Parauapebas para regularizar a situação do veículo, que está em nome do ex-proprietário e emplacado na cidade de Peixoto de Azevedo, Mato Grosso do Sul, e aí estaria o motivo para o recolhimento do veículo que encontra-se neste momento no pátio do Detran, é que a placa estão com todos os caracteres (letras e números) conforme o documento original, porém a targeta que identifica a cidade de origem do emplacamento está Parauapebas, no lugar de Peixoto de Azevedo.

O vereador citou ainda que todos conhecem as extorsões que os agentes impetram no município. Adelson informa ainda que o recibo do veículo foi extraviado, conforme relato em um boletim de ocorrência da Depol de Parauapebas, datado em 10 de Julho de 2008. O vereador disponibiliza dados do veículo para sanar quais dúvidas sobre o episódio:

PLACA JZR-3654 – PEIXOTO DE AZEVEDO-MS, CHASSI 9BFLF47GX2B078546.

Adelson Fernandes, afirmou ainda durante a entrevista, que não teria motivo para ter como propriedade um veículo irregular como estão querendo afirmar.Que tudo isso não passa de uma reação desesperada por parte do agente supracitado preocupado com o desenrolar deste episódio, pois Adelson irá denunciar ao ministério público e a direção estadual do DETRAN os supostos abusos dos agentes.

A celeuma montada deve dar pano para as mangas, já que processos devem ser os próximos passos.Os agentes por sua vez entraram com pedido de provas das acusações feitas pelo vereador.

[ad code=3 align=center]

Publicidade