Tião Miranda garante cronograma de pagamentos dos salários da gestão passada em até trinta dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O prefeito Tião Miranda recebeu nesta terça-feira, 7, uma comissão de vereadores, que intermediaram um diálogo com ex-servidores da Prefeitura de Marabá, os quais não receberam salários de alguns meses do ano de 2016, da gestão anterior. A reunião com Tião foi antecedida de outra, realizada na Câmara, da qual participaram os secretários municipais Karam El Hajjar (Planejamento) e Nilton Medeiros (Administração). O governo reconhece que a pauta é justa e legítima e que vem trabalhando para tentar resolver o impasse. Para ele, a dívida é do município e tem que ser paga, e isso ninguém discute.

O secretário de planejamento falou da realidade financeira que Marabá atravessa, lembrando que a dívida chega perto de R$ 192 milhões. Karam expôs, ainda, que surgiram alguns problemas graves para a prefeitura: INSS, e PASEP e caso não fossem resolvidos, o FPM ( Fundo de Participação dos municípios) continuaria bloqueado, inviabilizando qualquer tipo de negociação.  Informou também que a dívida anterior com IPASEMAR e PRECATÓRIOS estão em fase de negociação, o que acarretaria também em bloqueio das contas da prefeitura. Esses problemas travam o município e têm de ser resolvidos.

No encontro, o prefeito Tião Miranda confirmou, mais uma vez, que a situação da prefeitura é complexa do ponto de vista financeiro, e que é preciso uma solução para equilibrar as contas e sanear as finanças. “Tenho responsabilidade e compromisso com essa cidade e com seus servidores também”, enfatizou o prefeito.

Tião  garantiu que em até 30 dias vai apresentar um cronograma de pagamento dos salários atrasados. Por fim, ficou definido que no dia 17 de abril haverá uma nova reunião entre a Prefeitura, Câmara e os representantes dos ex-servidores para apresentação da forma e do cronograma de pagamento.

Publicidade