Redenção

Temporal causa transtornos nas zonas urbana e rural de Redenção

Na cidade, uma cratera se abriu na Avenida Brasil, um bueiro foi arrasado pelas águas e casas de vários bairros ficaram alagadas. Na zona rural, diversas estradas ficaram intrafegáveis

A forte chuva que caiu em Redenção na madrugada de ontem, domingo (3), causou alagamentos em vários pontos da cidade, pelo transbordamento de vários igarapés que corta o município. A chuva iniciou por volta das 23h30 de último sábado (2) e passou por volta das 10h30 da madrugada de domingo (3). Com o temporal, muitas casas ficaram completamente alagas.

Poliana da Silva, moradora do Setor Jardim primavera, disse à Reportagem do Blog que sua residência foi uma das afetadas. “Molhou tudo dentro de casa: cama, colchão, fogão, sofá. Passei a noite acordada tirando a água de dentro da minha casa. Toda vez que chove nós, moradores, ficamos prejudicados, precisamos de ajuda”, apelou a dona de casa.

Moradores do Setor Jardim Primavera também encontraram dificuldades para atravessar na Avenida Bahia. “As autoridades, tinham que, no mínimo, fazer a limpeza deste canal. Quando chove ficamos com nossas casas alagadas e impossibilitados de sair devido à enchente”, contou o motorista José Guimarães.           

No conjunto de chácaras no Setor Vila Maria moradores ficaram ilhados. Um deles, Raimundo Dias da Silva disse que a única maneira de atravessar o córrego, para chegar até, seus familiares que ficam no Setor Frigorifico, era tentar se arriscar a passar segurando em uma corda. “A água que caiu na noite passada foi de deixar tudo alagado. A única ponte que dá acesso para cá aqui ficou completamente alagada”, lamentou ele.

Com o volume da água, houve estragos no centro da cidade, uma cratera abriu na Avenida Brasil, no trecho em que está sendo construído o canal da Suprema. Com a correnteza, o bueiro foi arrancado e parte do asfalto também foi levada pela água.

De acordo com a Secretaria de Obras, a prefeitura já está tomando medidas emergenciais, para fazer os reparos. Já na vicinal que da dá acesso ao vilarejo Pebas ficou interditada por mais cinco horas, devido a Ponte dos Gagos ter ficado coberta pela água. Somente na tarde de domingo o transito voltou o normal.

Deixe seu comentário