Polícia

Técnico de Enfermagem assassinado a facadas em Parauapebas

A Polícia Civil, em Parauapebas começou a investigar, na manhã desta sexta-feira (31), o assassinato do técnico de Enfermagem Francisco Pinheiro de Castro. Ele foi eliminado a golpes de arma branca, provavelmente faca, na noite de ontem, quinta-feira, 30, no imóvel em que morava com o amigo Anderson Lopes de Oliveira, na Rua A9 do Bairro Jardim Tropical. As informações sobre o crime ainda são poucas.

Andersom, que trabalha à noite, conta que Francisco estava de folga do Hospital Municipal, onde trabalhava. Relata quem quando sai, o amigo ficou em casa sozinho.

Lembra que às 17h25 falou com Francisco pela última vez, quando este lhe contou que havia ido até o comércio vizinho comprar alguns mantimentos e frutas. Por volta das 20 horas, ainda segundo Anderson, ele tentou falar com o amigo pelo WhatsApp, mas o perfil de Francisco havia desaparecido do aplicativo.

Pela manhã quando chegou em casa, Anderson se deparou com o amigo debruçado na cama, ensanguentado e morto. Ele não passou da porta, ligou para a polícia imediatamente a agora aguarda o desenrolar das investigações. O rapaz lembra ainda que quem matou Francisco levou o celular dele.

No local do crime, a vizinhança está consternada, pois Francisco de Castro era pessoa muito querida naquela área. No IML, onde ele trabalhou por três anos, antigos colegas lamentaram a morte do técnico de Enfermagem, assim como no HGP, último emprego dele.

Por Eleuterio Gomes – de Marabá

Deixe seu comentário