Brasil

Senador Zequinha Marinho será o relator da receita do Orçamento 2020

O senador Zequinha Marinho (PSC-PA) foi designado relator da receita do Orçamento 2020. Membro da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), o parlamentar paraense assume esta importante função já em seu primeiro ano de mandato no Senado Federal. O relator da receita é quem faz o exame da conjuntura macroeconômica e do endividamento, bem como o seu impacto sobre as finanças públicas.

De acordo com o senador Zequinha Marinho, no atual cenário em que o governo prevê uma meta fiscal com déficit primário, pelo sétimo ano seguido, de R$ 124 bilhões, é grande a responsabilidade assumida pelo relator da receita. “Já estamos trabalhando com a consultoria técnica da área do orçamento para que, assim que o orçamento chegar à Casa, possamos apresentar nosso parecer e, se possível, alternativas que possibilitem a retomada do crescimento econômico do nosso país. Esse é o nosso desafio”, ressaltou o parlamentar.

Até dia 31 de agosto, o governo deverá encaminhar ao Congresso Nacional o projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2020. Primeiramente, é apresentado o relatório da receita, que baliza os pareceres dos 16 relatores setoriais (Transporte; Saúde; Educação e Cultura; Integração Nacional; Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Agrário; Desenvolvimento Urbano; Turismo; Ciência e Tecnologia e Comunicações; Minas e Energia; Esporte; Meio Ambiente; Fazenda e Planejamento; Indústria, Comércio e Micro e Pequenas Empresas; Trabalho, Previdência e Assistência Social; Defesa e Justiça; e Presidência, Poder Legislativo, Poder Judiciário, MPU, DPU e Relações Exteriores) e o parecer preliminar, que é apresentado pelo relator-geral, que neste ano será o deputado Domingos Neto (PSD-CE).

A expectativa é de que os valores votados para o orçamento de 2019, tanto das receitas quanto das despesas, sejam reajustados no PLOA 2020. No orçamento do ano passado, o Congresso estipulou as receitas em R$ 3,381 trilhões e fixou as despesas em igual valor.

Quem é Zequinha Marinho?

Embora esteja em seu primeiro mandato como senador da República, Zequinha Marinho (PSC-PA) é uma liderança política de expressão nacional. Preside a legenda no Estado do Pará, quando reorganizou do zero o partido, até então com desempenho nanico. Hoje o Partido Social Cristão é uma das forças políticas no Estado, organizado, enxuto e eficiente.

Antes, Marinho exerceu por duas legislaturas, o mandato de deputado estadual, três mandatos como deputado federal e foi o vice-governador do Estado de 2014 a 2018.

Pedagogo e pastor evangélico, tem como suporte a capilaridade da Igreja Assembleia de Deus, onde professa sua fé. É casado com a ex-deputada federal, Júlia Marinho, com quem teve três filhas.

O senador é um dos poucos políticos que tem votos em todas as seções de todos os colégios eleitorais dos 144 município do Pará, fenômeno até então só alcançado pelo também senador e ex-Governador Jader Barbalho (PMDB-PA), seu companheiro de chapa nas últimas eleições. Seu eleitorado é um dos mais heterogêneos daquele Estado. Eleitores de todas as classes sociais votam há anos em Zequinha Marinho.

No trato pessoal, seus amigos afirmam que se trata de uma das pessoas mais agradáveis que existe para se conviver. Sempre de bom humor, sorridente, o parlamentar é daquelas pessoas que nunca reclamam por nada. Ao contrário, dono de uma energia contagiante, como poucos consegue acompanhar o ritmo alucinante de trabalho que se impõe. 

Experiência, preparo e equilíbrio, o fazem um dos melhores parlamentares da Bancada do Pará no Congresso Nacional.  

Por Val-André Mutran – Correspondente do Blog do Zé Dudu em Brasília(Com reportagem da Ascom do Gabinete do Senador Zequinha Marinho (PSC-PA) e texto final do repórter Val-André Mutran)

Deixe seu comentário