Rio Parauapebas vai ganhar ponte de 120 metros e R$ 2,3 milhões em área rural

Prefeitura de Canaã dos Carajás vê obra como fundamental para a circulação de pessoas pela vicinal VS-80 e, principalmente, para o escoamento da produção de commodities agrícolas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Prefeitura de Canaã dos Carajás vê obra como fundamental para a circulação de pessoas pela vicinal VS-80 e, principalmente, para o escoamento da produção de commodities agrícolas.

O Rio Parauapebas vai assistir à maior e mais cara ponte, por enquanto, já erguida sobre suas águas. É que a administração de Jeová Andrade vai começar a tocar uma passagem de concreto de 120 metros no valor de R$ 2.320.377,40 na estrada vicinal VS-80, zona rural de Canaã dos Carajás. Os recursos para a construção são oriundos dos royalties de mineração. A informação foi publicada esta semana no Diário Oficial da União (DOU). E já tem empresa contratada para a empreitada milionária.

Segundo a prefeitura, a obra é de extrema importância para o município porque a vicinal é caminho para a população e para o escoamento da produção agrícola. O Blog do Zé Dudu foi às contas e apurou que, anualmente, trafegam pelas vicinais rurais de Canaã dos Carajás cerca de R$ 32,9 milhões em commodities agrícolas, principalmente banana (R$ 15,8 milhões) e mandioca (R$ 4,3 milhões).

A ganhadora do megacontrato é a empresa RGS Engenharia. O contrato, aliás, foi assinado exatamente há um mês. Por meio dele, a construtora se compromete a fazer a ponte em 120 dias, muito embora a vigência do documento se estique até fevereiro do ano que vem. A Secretaria Municipal de Obras Públicas vai fiscalizar o contrato celebrado entre a construtora e a oitava prefeitura mais rica do Pará.

Publicidade