Resgatados 33 mineiros soterrados em mina da Vale no Canadá. Seis ainda aguardam socorro

Nesta terça-feira (28/9), 19 dos 39 funcionários já haviam sido resgatados
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Complexo da mina de Totten, localizada na cidade de Sudbury, em Toronto (Canadá)

Continua depois da publicidade

Brasília – Foram resgatados ao longo desta terça-feira (28), trinta e três mineiros que estavam soterrados na mina de Totten, localizada na cidade de Sudbury, norte de Toronto, que pertence a mineradora Vale naquele país. Seis ainda aguardam as equipes de resgate chegarem num dos túneis onde ficaram abrigados desde a tarde do último domingo (26), quando aconteceu um acidente no local que tem uma profundidade de 1.200 metros.

“Os 39 mineiros que estavam presos no subsolo no norte de Ontário desde domingo voltaram em segurança à superfície”, disse num comunicado, o sindicato dos trabalhadores nesta tarde, enquanto ocorria a operação de resgate.

Nenhum dos seis mineiros que ainda não foram resgatados estão feridos, estão sendo alimentados e tem acesso à medicamentos caso precisem.

A United Steelworkers, que representa os trabalhadores presos na mina Totten perto de Sudbury, Ontário, disse estar satisfeita com o progresso da operação, que exigiu que os mineiros escalassem uma série de escadas para subir.

A Vale, empresa dona da mina, disse que espera que todos saiam do local ainda nesta terça-feira, mas não arriscou um horário.

Henry Bertrand, um dos primeiros mineiros a chegar à superfície, disse a repórteres locais que esteve com um pequeno grupo que trabalhava a cerca de 650 metros abaixo do solo. Demorou pouco mais de duas horas para fazer a escalada.

“Estou feliz por ter saído, com certeza”, disse ele, explicando que teve que subir dois conjuntos de escadas, descansar em um patamar e continuar subindo. “É uma caminhada. É difícil para os braços.”

Havia um grupo maior de mineiros a cerca de 960 metros abaixo da superfície, disse Bertrand.

“Alguns homens lá embaixo têm problemas de saúde e outras coisas, então eles vão precisar de ajuda para subir”, disse ele.

Bertrand acrescentou, no entanto, que não estava muito preocupado e demorou a descer.

“Não foi um desmoronamento ou algo parecido, ninguém estava em perigo”, disse ele, observando que os trabalhadores podiam telefonar para seus entes queridos e receber sanduíches e outros lanches para comer.

“Nós permanecemos positivos e contamos piadas e coisas assim.”

Os funcionários ficaram presos na mina no domingo, quando uma caçamba enviada para o subsolo se soltou e bloqueou o poço da mina, revelou a Vale em nota.

Como resultado, ele disse que o “sistema de transporte” para levar os trabalhadores dos túneis para a superfície tornou-se indisponível.

O sindicato, que representa 30 dos 39 funcionários que ficaram presos na mina, disse que uma equipe de médicos está verificando os trabalhadores.

De acordo com o sindicato, “ninguém ficou fisicamente ferido no incidente ou na evacuação”.

A Vale disse que os mineiros presos têm permanecido em “estações de refúgio” subterrâneas, cerca de 900 a 1.200 metros abaixo da superfície, como parte dos procedimentos padrão da empresa.

Os trabalhadores começaram a sair na segunda-feira (27) à noite através do que a empresa chamou de “um sistema de escada de saída secundária.”

“Agradecemos aos funcionários afetados por sua paciência e perseverança e às equipes de resgate de minas por sua dedicação e apoio incansáveis”, disse Gord Gilpin, chefe de mineração das operações da Vale em Ontário. “Este tem sido um esforço de equipe incrível.”

A empresa disse que os mineiros presos tinham acesso a alimentos, água e medicamentos.

“Quando um incidente como esse infelizmente acontece, todos se reúnem”, disse Nick Larochelle, presidente do USW Local 6500.

“Os mineiros apoiam uns aos outros, as equipes de resgate de minas altamente treinadas se reúnem e toda a comunidade espera pacientemente orando pelo retorno seguro de cada um dos 39 mineiros à superfície.”

Complexo da mina Totten perto de Sudbury, Ontário, Canadá, que pertence à Vale

Totten Mine foi inaugurada em 2014, em Worthington, Ont., E produz cobre, níquel e metais preciosos. Emprega cerca de 200 pessoas.

O Ministério do Trabalho, Treinamento e Desenvolvimento de Competências da província disse que uma equipe de inspeção investigará o incidente assim que a operação de resgate for concluída.

Fonte: Agência Canadian Press

Reportagem: Val-André Mutran – Correspondente do Blog do Zé Dudu em Brasília.