Remo pressiona o Vila Nova (GO) no Estádio do OBA, mas é derrotado pela 29ª rodada da Série B

O Leão Azul atuou com um jogador a mais desde os 42 minutos do primeiro tempo, mas não conseguiu empatar
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Remo pressionou o Vila Nova, mas saiu derrotado do Estádio do OBA (Foto: Samara Miranda/Ascom Remo)

Continua depois da publicidade

O Clube do Remo entrou em campo na noite desta sexta-feira (8), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Leão Azul encarou o Vila Nova (GO) no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o OBA, em Goiânia, e acabou derrotado por 1 a 0. Apesar do revés, o time azulino segue na décima posição da tabela de classificação da competição nacional, somando 38 pontos.

O único gol do jogo foi marcado ainda no primeiro tempo. Arthur Rezende fez passe para o atacante Alesson, que ganhou da marcação e chutou na saída do goleiro Thiago Coelho, aos 12 minutos. O lateral-esquerdo Bruno Collaço, ex-Paysandu, cometeu uma falta mais forte em Arthur, do Remo, aos 42 minutos da primeira etapa, e acabou expulso de campo por já ter recebido um cartão amarelo. O Leão Azul pressionou o adversário, mas não conseguiu o gol de empate.

O Clube do Remo volta a campo diante do Brusque (SC), na próxima sexta-feira (15), às 16h, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque. O duelo será válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

O jogo: Leão pressionou, mas saiu derrotado!

O Remo deu o primeiro chute do jogo, quando Marcos Júnior experimentou de longe, a bola desviou na defesa e chegou fácil para o goleiro Georgemy. O Vila Nova respondeu: após cobrança de escanteio, o zagueiro Rafael Donato subiu de cabeça e mandou para fora. Novamente, o Tigre tentou com Clayton, que recebeu passe dentro da área e finalizou rasteiro para a defesa do goleiro Thiago Coelho. 

Não demorou e o Vila Nova abriu o placar: Arthur Rezende deu passe para o atacante Alesson, que ganhou do seu marcador e chutou na saída do goleiro Thiago Coelho, aos 12 minutos, 1 a 0. O Leão tentou o empate, após cobrança de escanteio de Matheus Oliveira, com a bola sobrando para Raimar, que finalizou para fora. Em outra tentativa azulina, Felipe Gedoz cobrou falta e o goleiro Georgemy fez a defesa.

O lateral-esquerdo Bruno Collaço, ex-Paysandu, cometeu falta mais forte em Arthur, e como já tinha cartão amarelo, recebeu o vermelho e “foi para o chuveiro mais cedo”, deixando o Vila Nova com um jogador a menos, aos 42 minutos. No segundo tempo, o Remo cresceu na partida. Felipe Gedoz arriscou de fora da área e o goleiro Georgemy salvou o Vila Nova colocando para escanteio. 

O Leão jogou bola na área e Matheus Oliveira cabeceou perto da trave do goleiro Georgemy. Só dava Remo. Neto Pessoa dominou, girou e finalizou por cima da meta do Vila Nova. Em mais uma tentativa de Neto Pessoa, o atacante azulino bateu colocado e o goleiro Georgemy salvou o Tigre do empate com uma linda defesa. O time paraense buscava o empate. Depois de um contra-ataque, Victor Andrade chutou muito mal, e a bola foi parar na bandeira de escanteio.

Após uma saída errada da equipe remista, Alesson recebeu passe e tentou marcar de letra, o zagueiro Kevem salvou a pátria. O Remo respondeu com Victor Andrade, que recebeu passe e, na marca do pênalti, conseguiu finalizar para fora. Em mais uma chance clara do Leão, Jefferson também finalizou para fora perto da trave do goleiro Georgemy. O jogo ficou emocionante na reta final do espetáculo.

O Remo teve outra chance real, quando Lucas Tocantins fez boa jogada individual e cruzou para a cabeçada de Victor Andrade – o goleiro Georgemy, em noite inspirada, salvou outra vez o Tigre. Pedro Bambu arriscou um chute forte e o goleiro Thiago Coelho fez milagre, evitando o segundo gol dos donos da casa. Placar final: Vila Nova 1 x 0 Remo.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA: Georgemy; Moacir, Renato Silveira, Rafael Donato e Bruno Collaço; Deivid (Pedro Bambu), Dudu e Arthur Rezende (Pedro Júnior); Kelvin (Diego Tavares), Clayton (Xandão) e Alesson (André Krobel). Técnico: Higo Magalhães 

REMO: Thiago Coelho; Thiago Ennes (Pingo), Kevem, Rafael Jansen (Ronald) e Raimar; Arthur (Lucas Tocantins), Lucas Siqueira (Neto Pessoa) e Marcos Júnior; Matheus Oliveira, Felipe Gedoz (Jefferson) e Victor Andrade. Técnico: Felipe Conceição

  • Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa/SP)
  • Assistente 1: Marcelo Van Gasse (Fifa/SP)
  • Assistente 2: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
  • Árbitro de Vídeo (VAR): Adriano de Assis Miranda (SP)
  • Cartões amarelos: Bruno Collaço, Calyton, Dudu e Georgemy (Vila Nova); Marcos Júnior (Remo)
  • Cartão vermelho: Bruno Collaço (Vila Nova)
  • Gol: Alesson, aos 12 minutos do primeiro tempo para o Vila Nova
  • Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o OBA, em Goiânia

Por Fábio Relvas