Remo e Independente ficam no empate sem gols no Estádio Baenão em jogo com expulsões

Apesar de dois jogadores a mais, o Leão não conseguiu furar a retranca do Galo
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Clube do Remo e Independente Tucuruí não saíram do empate sem gols, em partida realizada na tarde deste sábado (14/03), no Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém, e válida pela 8ª rodada do Campeonato Paraense 2020. O resultado deixou o Leão Azul bem perto da vaga, podendo classificar ainda nesta rodada, dependendo de outros resultados. Os azulinos chegaram aos 17 pontos. Já o Independente segue fora do G4, mas pode comemorar esse empate pelo fato de atuar com nove jogadores desde os 30 minutos do 2° tempo, quando dois atletas foram expulsos: Wellington Cabeça e Ezequias. O Galo Elétrico foi aos 10 pontos.

O jogo: Tudo igual no Baenão

A partida começou debaixo de chuva e com gramado encharcado do Estádio Baenão. O Remo chegou primeiro, quando Eduardo Ramos cruzou da esquerda para o atacante Jackson, que tentou duas vezes, mas parou na defesa em dois tempos do goleiro Evandro Gigante. Novamente o Leão chegou com perigo, depois que Djalma lançou para Eduardo Ramos, o meia cruzou para Robinho, que dominou e fuzilou para o gol, o goleiro Evandro Gigante defendeu e mandou para escanteio.

O Independente conseguiu chegar, depois que o atacante Evair recebeu na área e passou pelo goleiro Vinícius. O atleta do Galo Elétrico caiu e pediu pênalti, mas o árbitro Joelson Nazareno Ferreira Cardoso, mandou seguir. Os azulinos chegaram com Lukinha, que disparou para o gol, a bola bateu na zaga e sobrou para o atacante Giovane, o atleta remista sozinho e na pequena área conseguiu o mais difícil, cabecear por cima da meta de Evandro Gigante.

O Remo colocou pressão nos minutos finais do primeiro tempo. Em uma tabela rápida, Eduardo Ramos tocou para Robinho, o meia cruzou para o chute de primeira de Giovane, mas a bola foi em cima do goleiro Evandro Gigante. Na terceira chance seguida, Eduardo Ramos carregou bem pelo meio e tocou para Giovane, o atacante remista entrou de frente e chutou errado para fora.

No segundo tempo, o meia Dudu do Independente entrou sozinho e chutou, o goleiro Vinícius mandou para escanteio. Aos 19 minutos, o meia Wellington Cabeça parou um contra-ataque do Remo, levou o segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho, sendo expulso de campo. Não demorou muito e o zagueiro Ezequias também levou cartão vermelho, após acertar um adversário sem bola. Sendo assim, o Galo Elétrico ficou com dois jogadores a menos, isso com aos 30 minutos da etapa derradeira.

Com dois jogadores a mais, o Remo encurralou o Independente nos minutos finais. O zagueiro Rafael Jansen mandou um chutaço rasteiro, o goleiro Evandro Gigante fez uma grande defesa e mandou para escanteio. Na cobrança do escanteio, Djalma levantou na área e o zagueiro Fredson cabeceou, a bola passou raspando a trave do time de Tucuruí. O meia Robinho chutou de fora da área, o goleiro Evandro Gigante soltou nos pés de Gelson, que conseguiu chutar para fora. Na última chance, Wallace fez grande jogada individual e chutou, a bola foi desviada pela zaga e o Leão não conseguiu marcar. Placar final: Remo 0 x 0 Independente.

Por Fábio Relvas / Foto: Akira Onuma

Publicidade