Reforma de ala do Hospital Geral de Parauapebas reforçará atendimento de casos da Covid-19

Requalificação da ala, que ampliará a capacidade de atendimento do hospital, integra pacote de ajuda humanitária da Vale para combate à pandemia no país
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um total de 28 leitos críticos para atendimento à Covid-19 serão criados no Hospital Geral de Parauapebas (HGP) a partir da reforma realizada pela Vale. Com investimento de R$ 2,5 milhões, as obras de requalificação de uma ala do hospital, de aproximadamente 540 m², devem ser concluídas até a primeira quinzena de abril deste ano.

A reforma contempla a construção de sete enfermarias, todas com ambientes climatizados, salas de apoio e banheiros internos completos, além de posto de enfermagem, farmácia e salas de prescrição, preparação de nutricional, paramentação e desparamentação.

De acordo com o gerente de Relações Institucionais da Vale no Pará, Luiz Veloso, a empresa tem buscado contribuir de forma ativa no reforço das ações de saúde pública no combate à Covid-19. “Para isso, mantemos um diálogo com os municípios onde atuamos, para entender as principais necessidades e como podemos apoiá-los. A ampliação da capacidade de atendimento do hospital beneficia não apenas Parauapebas, como também a população da região”, pontua.

Desde janeiro deste ano, a Vale renovou convênio com o Instituto Acqua para a contratação de profissionais de saúde que estão atuando nos 40 leitos para atendimento de pacientes com sintomas do novo coronavírus, sendo 15 leitos críticos e 25 de enfermaria, no HGP. O espaço, que foi reformado e ampliado pela Vale em 2020, atendeu até o momento, mais de 130 pacientes. Com o término da reforma da ala do HGP, o município contará com 28 leitos críticos e 40 leitos de enfermaria para atendimento de Covid-19.

Apoio ao Estado e municípios

No mês passado, a Vale realizou novas doações ao Governo do Estado e municípios do Pará para o enfrentamento da pandemia do coronavírus. Trinta respiradores foram entregues aos hospitais da rede pública de Canaã dos Carajás, Ourilândia do Norte, Parauapebas e Marabá. A empresa está doando 36 mil metros cúbicos de oxigênio ao governo do Pará e 8 monitores multiparâmetros, 16 bombas de infusão e 20 camas hospitalares para Marabá.

Desde o início da pandemia, em março do ano passado, a Vale vem oferecendo ajuda humanitária para o combate à Covid-19.  Entre as ações destinadas aos Pará, a empresa doou máscaras, 5,4 milhões de EPIs e mais de 139 mil testes rápidos. Também, em Parauapebas, foi assegurado o suporte financeiro para aplicação de 100 mil testes padrão de identificação do coronavírus (Testes PCR) de forma gratuita no município.


Foram entregues ainda mais de 5 mil equipamentos e mobiliários para hospitais de oito municípios (Parauapebas, Tucumã, Ourilândia do Norte, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Água Azul do Norte, Bom Jesus do Tocantins e São Félix do Xingu) e ao Governo Estadual. Entre os equipamentos, respiradores, monitores multiparâmetros, aparelhos de pressão, bombas de infusão, carrinhos de emergência, oxímetros de pulso, entre outros.