Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Promotor pede urgência em transferência de paciente para Marabá

Portadora de transtornos neurológicos está internada há mais de uma semana no Hospital de Itupiranga e precisa de UTI
Continua depois da publicidade

Devido à urgência de transferência para o Hospital Regional do Sudeste do Pará, em Marabá, ou outro estabelecimento de saúde particular, o promotor de Justiça da comarca de Itupiranga, Arlindo Jorge Cabral Júnior, ajuizou Ação Civil Pública com pedido de tutela provisória para que a paciente Sonaria Sodré Silva seja transferida em caráter de urgência e liberado um leito para sua internação imediata.

Maria Alice Sodré procurou o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) nesta quinta-feira para informar que sua filha, Sonaria Sodré Silva, portadora de transtornos neurológicos, está internada há mais de uma semana no Hospital Municipal de Itupiranga. Segundo laudo médico, a paciente está com risco de morte, encontra-se com comatosa, taquipneica, cianótica, hipocorada e necessitando de suporte ventilatório, não disponível na unidade hospitalar do município.

Ocorre que, segundo o promotor, o Hospital Regional alega ausência de leito, sem prestar qualquer justificativa. Desse modo, considerando a doença grave da paciente, o MPPA interveio com a ação que requer a transferência da paciente para hospital da rede particular do município de Marabá, no caso o Hospital Unimed, para assegurar a vida e a saúde da paciente Sonaria Sodré.

Veja também:  MP investiga gastos excessivos com combustíveis na Câmara de Jacundá

A Promotoria de Justiça de Itupiranga demanda que a concessão da Tutela Antecipada de Urgência seja feita no prazo de 24 horas depois da ciência da decisão com a transferência da paciente para o hospital da rede particular ou, caso haja leito até o momento do cumprimento da liminar, seja a paciente transferida para o Hospital Regional do Sudeste. Em caso de não obediência da medida, o MPPA pede que seja estipulada multa diária de R$ 10 mil.

Deixe uma resposta